Tags

O ponto de partida do seu roteiro de viagem.

Notícias de Turismo

O que fazer em Viena – Roteiro com 21 atrações e dicas imperdíveis

Crédito: DepositPhotos

Por não receber tantos brasileiros como Paris, Londres ou Roma, entre outras metrópoles europeias, o que fazer em Viena é a primeira pergunta que vem a mente de quem pretende viajar para a capital austríaca.

A boa notícia é que não faltam atrações em Viena, que já foi apontado como o melhor lugar do mundo para viajar. São muitos pontos turísticos que podem ser visitados em um roteiro de até quatro dias, por exemplo. Neste artigo, você verá dicas imperdíveis, como:

  • Onde fica Viena
  • Como chegar a Viena
  • Transporte em Viena
  • Quando ir a Viena
  • O que fazer em Viena (roteiro e dicas de 21 atrações)
  • Viena com crianças
  • Onde comer em Viena
  • Onde ficar em Viena
  • Roteiro na Áustria (Salzburgo e Innsbruck)
  • Planeje sua viagem para Viena (seguro viagem e chip de internet)

Onde fica Viena

Viena é a capital da Áustria, país localizado na região central da Europa. A cidade fica no nordeste austríaco, a 80 km de Bratislava, capital da Eslováquia, e 242 km de Budapeste, na Hungria.

Clique aqui para receber as notícias do Rota de Férias por e-mail e ganhe um e-book exclusivo com dicas de viagem.

Como chegar a Viena

Paulo Basso Jr.
Gloriette, no Schönbrunn, o maior ponto turístico de Viena

Não há voos diretos do Brasil para Viena, mas o aeroporto local está conectado às principais capitais europeias, como Madri e Lisboa.

A extensa malha rodoviária do Velho Continente também facilita o acesso a região. É muito comum, por exemplo, combinar uma viagem entre Munique, a terra da Oktoberfest, na Alemanha, e a capital austríaica.

Transporte em Viena

Paulo Basso Jr.
Bonde em Viena

Uma vez na cidade, vale a pena se transportar de bonde e metrô. Viena também é muito plana, o que favorece caminhadas e passeios de bicicleta. Quem quiser viajar pela Áustria rumo a destinos como Salzburgo ou Innsbruck pode usar o trem ou alugar um carro, para tornar a viagem ainda mais cômoda e incluir paradas pelo caminho.

Quando ir a Viena

Divulgação.
Vale a pena incluir a Ópera na lista de o que fazer em Viena

As atrações de Viena se destacam em todos os meses do ano, mas é no período do verão que a capital da Áustria fica mais atraente aos turistas. O período é ideal para visitar as atrações do Ring, os parques e os museus locais. No entanto, nessa época, os espetáculos de ópera, por exemplo, sofrem uma pausa para que os artistas possam aproveitar as férias.

Por isso, setembro é o mês ideal para visitar a cidade. O clima de outono é agradável e recomeça a temporada na Staatsoper, que vai até o fim da primavera, em junho. O Réveillon vienense também é disputado por causa do Concerto de Ano-Novo.

Confira bastidores de viagem e dicas de turismo no Instagram @rotadeferias.

O que fazer em Viena

Paulo Basso Jr.
Hofburg

A lista de pontos turísticos em Viena inclui:

  1. Schönbrunn
  2. Ringstrasse
  3. Hofburg
  4. Stephansplatz
  5. Rathaus e parlamento
  6. Cafés vienenses
  7. Haus der Musik (Casa da Música)
  8. Mozarthaus
  9. Ópera de Viena
  10. Sala Dourada da Musikverein
  11. Albertina
  12. Museumsquartier
  13. Hundertwasserhaus
  14. Prater
  15. Stadtpark
  16. Volksgarten
  17. Naschmarkt
  18. Vinhedos de Döbling
  19. Bailes de Viena
  20. Compras em Viena
  21. Viena com crianças

Confira dicas imperdíveis das principais atrações de Viena. Se der para colocar todas no roteiro, melhor. Do contrário, adapte-se às que mais se encaixam no seu perfil de viajante.

Seguro viagem na Europa é obrigatório – Clique aqui para contratar o seu e ganhe 5% de desconto ao usar o cupom ROTADEFERIAS5.

Schönbrunn

Paulo Basso Jr.
Schönbrunn

O Schönbrunn é o maior ponto turístico de Viena. Trata-se de um palácio grandioso, um pouco afastado do centro da cidade e projetado para ser tão opulento quanto Versalhes, na França.

É possível passar horas no palácio para admirar todas as suas atrações. Schönbrunn, que significa “fonte bela”, abriga um edifício com 1.400 salas, onde é possível fazer tours, além de 14 hectares de jardins e o maior zoológico particular da Europa.

Não deixe de caminhar até o Gloriette, monumento situado em um pequeno monte num dos extremos do jardim principal. Dele, tem-se a melhor vista do Schönbrunn e também de parte da capital austríaca.

Se sobrar tempo, não vá embora de lá sem provar um apfelstrudel (torta de maça) no café do palácio.

  • Endereço: Schönbrunner Schloßstraße 47
  • Horário de funcionamento: Diariamente, das 9h às 17h

Ringstrasse

Paulo Basso Jr.
As principais atrações de Viena ficam no Ring, como o Parlamento

Antes de se consolidar como a capital da Áustria, após a Segunda Guerra Mundial, Viena foi a região mais importante do Império Austro-Húngaro e, consequentemente, uma das maiores e mais relevantes cidades do mundo. Até hoje, quem a visita dá de cara com construções majestosas, que remetem ao período da realeza com muita sofisticação.

Assim como outras cidades medievais, Viena foi cercada por uma muralha durante muito tempo. Com o passar dos anos, ela começou a se expandir e a parede foi derrubada. Em seu lugar, surgiu a Ringstrasse, uma sequência de várias avenidas que forma uma espécie de anel (ring, em alemão) em torno da antiga região murada.

Boa parte dos pontos turísticos, cafés, museus e restaurantes badalados de Viena estão nesse perímetro. Ali, o glamour é uma regra, já que a região sempre foi habitada pela alta sociedade, que não economizou na hora de investir em construções e praças charmosas.

Hofburg

Paulo Basso Jr.
Vestido de noiva de SIssi

Uma das edificações mais famosas do Ringstrasse é o Hofburg, que atrai olhares graças à fachada trabalhada e repleta de obras esculpidas. Com uma área total de 240 mil m² e mais de 2,6 mil cômodos, o palácio é formado por 18 prédios construídos ao longo dos anos pela dinastia dos Habsburgo.

Lá, é possível conhecer um pouco mais da vida de uma das personalidades mais famosas de toda a Áustria, a imperatriz Isabel, mais conhecida como Sissi.

O Sissi Museum conta um pouco da história da mulher que revolucionou alguns hábitos da corte por ser independente e contrariar certos protocolos imperiais.

  • Endereço do Sissi Museum: Michaelerkuppel, 1010
  • Horário de funcionamento: Diariamente, das 10h às 17h

Stephansplatz

Stephansdom

Ainda no Ring, vale a pena ir à Stephansplatz para conhecer a bela catedral da praça, chamada Stephansdom. Erguida em estilo gótico e com uma torre com 137 metros de altura, a igreja pode ser vista de diversas partes da região central de Viena, com destaque para o seu famoso telhado formado por 250 mil azulejos. No interior, em algumas épocas do ano, rolam concertos e shows iluminados.

Depois, explore os calçadões de lojas que cercam as redondezas. Quem quiser comer na rua pode experimentar um dos hot-dogs clássicos do quiosque Bitzinger – a opção recheada com queijo é deliciosa.

Com um chip viagem internacional, você pode usar internet em qualquer lugar da Europa. Veja as ofertas da America Chip para Viena.

Rathaus e parlamento

Divulgação
Rathaus

A fachada de cinco torres, entre as quais se destaca uma central, tudo em estilo gótico, marca a prefeitura de Viena, chamada de Rathaus. Nos meses mais quentes do ano, é comum se deparar com eventos nos jardins que ficam à sua frente.

Dali, vale a pena caminhar até o prédio do Parlamento de Viena, uma das tantas edificações imponentes da cidade.

Cafés vienenses

Paulo Basso Jr.
Café Sacher

Durante a tarde, em meio a um passeio e outro, abra mão de qualquer coisa para visitar alguns dos cafés vienenses. Eles servem desde um simples cafezinho até lanches e bebidas alcoólicas, como vinho e cerveja.

Entre os cafés mais tradicionais de Viena está o Demel (Kohlmarkt, 14), o favorito de Sissi. Sempre lotado – normalmente, é difícil conseguir uma mesa, mas a espera vale a pena – o local ostenta doces de dar água na boca, expostos em uma belíssima vitrine. Ali, também é possível provar a torta Sacher, uma das maiores tradições de Viena. A iguaria, que leva chocolate e geleia de damasco, também pode ser encontrada nos restaurantes do chiquérrimo hotel Sacher.

Outros cafés que merecem entrar em um roteiro em Viena são o Julius Meinl am Graben (Graben, 19) e o Cafe Central (Herrengasse 14). Este último, por exemplo, foi bastante visitado por Sigmund Freud, Gustav Klimt, Egon Schiele, Adolph Loss, Gustav Mahler e Leon Trotsky.

Museum Haus der Musik (Casa da Música)

Explorar a herança musical de Viena, que se mantém atual até hoje, é algo que dita o roteiro de muitos viajantes pela Áustria. O Museum Haus der Musik (Casa da Música), por exemplo, reúne exposições interativas que abordam desde a carreira de grandes compositores até a física por trás das canções.

O grande destaque do prédio é a escadaria que recria as teclas de um piano, soando notas diferentes a cada degrau.

  • Endereço: Seilerstätte 30
  • Horário de funcionamento: Diariamente, das 10h às 22h

Mozarthaus

Os fãs de música clássica também podem fazer uma visita à Mozarthaus, uma das 14 casas de Wolfgang Amadeus Mozart em Viena (ele se mudou muitas vezes por conta de instabilidades financeiras). Foi ali que ele compôs Le nozze di Figaro, um de seus maiores clássicos. Atualmente, o local reúne um acervo bastante completo a respeito do artista.

  • Endereço: Mozarthaus, Domgasse 5
  • Horário de funcionamento: De terça-feira a domingo, das 10h às 18h

Ópera de Viena

Paulo Basso Jr.
Ópera de Viena

Para entrar de vez na onda musical de Viena, faça uma reserva (com boa antecedência) para assistir a uma apresentação na sofisticada Ópera de Viena, a Wiener Staatsoper.

O prédio, construído entre os anos de 1861 e 1869 a pedido do imperador Francisco José, foi o primeiro erguido no atual Ring após a demolição das muralhas que protegiam o centro de Viena. A obra, em estilo neorrenascentista, foi bombardeada durante a Segunda Guerra Mundial e reconstruída ao longo de dez anos.

Os maiores espetáculos da ópera são realizados geralmente entre 18h e 20h, mas muito antes disso é comum ver uma grande fila se formar na lateral da Staatsoper. São os turistas e, principalmente, os cidadãos vienenses em busca de um dos sempre disputados ingressos que dão direito a assistir às maiores produções de ópera, opereta e balé do mundo por preços mais em conta.

Esses ingressos, que podem ser achados até por € 10, são vendidos apenas no dia da apresentação e dão acesso a um local em que todos ficam em pé. . A temporada costuma rolar de setembro a junho.

  • Endereço: Opernring 2

Sala Dourada da Musikverein

Sala Dourada da Musikverein

Outro programa divertido é ir a um show de música clássica na sala Golden Hall (Sala Dourada) do Musikverein. Adornado com detalhes dourados e pinturas no teto, o local é palco do tradicional concerto de Réveillon da orquestra filarmônica de Viena. A apresentação é tão famosa que ganha espaço em canais de televisão de todo o mundo, incluindo o Brasil.

  • Endereço: Musikvereinspl. 1

Albertina

Se a herança musical de Viena encanta, o mesmo pode ser dito das artes plásticas. Há muitos museus entre os pontos turísticos da capital austríaca.

Um que vale a visita é o Albertina, que conta com um excelente restaurante chamado DO & CO, exibe obras de grandes artistas, como Pablo Picasso, Edvard Munch, Marc Chagall e Albrecht Dürer.

  • Endereço: Albertinapl. 1
  • Horário de funcionamento: De quarta e sexta-feira, das 10 às 21h, e nos demais dias da semana e do fim de semana, das 10h às 18h

Museumsquartier

Paulo Basso Jr.
Museumsquartier

Na hora de listar o que fazer em Viena, não deixe de incluir no roteiro o Museumsquartier. Trata-se de um “quarteirão de museus” com 55 mil m², por onde se espalham salas de exposição que reúnem obras dos mais variados estilos.

Um dos destaques do espaço é o Leopold Museum. Nele, é possível ter uma visão clara do que foi o movimento da Secessão, liderado por Gustav Klimt, para romper com as barreiras acadêmicas nas artes. O local também é palco de parte da coleção do artista Egon Schiele, cujas obras têm estilo inspirado em Klimt.

Quem atravessa o pátio central do Museumsquartier dá de cara com o Mumok, voltado para a arte moderna. Lá estão representados alguns dos principais nomes do segmento no mundo, como Andy Warhol, George Brecht e Marcel Duchamp.

Passagens aéreas mais baratas para a Áustria? – Pesquise aqui e encontre as melhores opções.

Belvedere

Paulo Basso Jr.
Belvedere

Para tornar a viagem ainda mais inesquecível, não deixe de visitar o Belvedere, um dos principais pontos turísticos de Viena. Trata-se de um palácio barroco que reúne algumas das principais obras da Áustria, como o famoso quadro O Beijo, de Gustav Klimt.

Vale a pena passear por suas lindas salas com calma, observar os detalhes da decoração sofisticada. Depois, ainda dá para relaxar no imenso e colorido jardim que envolve a propriedade, repleto de flores e fontes.

  • Endereço: Prinz Eugen-Straße 27
  • Horário de funcionamento: Diariamente, das 10h às 18h

Hundertwasserhaus

Hundertwasserhaus

O arquiteto Friedensreich Hundertwasser revolucionou a arquitetura moderna de Viena. Um de seus prédios mais conhecidos na cidade é o Hundertwasserhaus, um edifício popular com projeto ousado e erguido após grande polêmica com a prefeitura.

Quem vê de fora se depara com uma fachada repleta de curvas, sem padrão, com cores e plantas em destaque. O chão também não é linear, como pode ser visto na lojinha que funciona no térreo. Os apartamentos do Hundertwasserhaus são particulares e não estão abertos a visitação.

  • Endereço:  Kegelgasse 36-38

Prater

Paulo Basso Jr.
Prater

O Prater é um grande parque de diversões, que, como tudo em Viena, tem muita história para contar. A principal atração do local é a roda-gigante construída entre 1896 e 1897 e ainda na ativa, com vagões vermelhos.

Você não paga nada para entrar no parque, mas o acesso às atrações é cobrado à parte. Vale a pena ir lá, nem que for para provar um hot-dog nas barraquinhas.

  • Endereço: 1020 Vienna
  • Horário de funcionamento: Diariamente, das 11h às 23h

Stadtpark

Paulo Basso Jr.
Estátua de Strauss no Stadtpark

O parque mais visitado por turistas na região central de Viena é o Stadtpark. Localizado às margens do Ring, tem muito monumentos a artistas importantes que fizeram a história vienense, como a estátua dourada de Johann Strauss II tocando violino. Ela fica bem na entrada do parque e é uma parada obrigatória para fotos, pois se trata de uma das maiores atrações de Viena.

Volksgarten

A área verde pública mais antiga de Viena é o Volksgarten, ou Parque do Povo. Aberto em 1820, o espaço conta com jardins clássicos, com canteiros de rosas e uma fonte em homenagem à imperatriz Sissi.

Clique aqui para fazer reservas de tours, ingressos e transfers na Europa com a Get Your Guide.

Naschmarkt

Naschmarkt

O Naschmarkt é um mercado de rua onde é possível saborear iguarias típicas de Viena. De joelho de porco a frutas, azeitonas e doces, você encontra um pouco de tudo nas 120 barraquinhas montadas por lá.

De quebra, há bons restaurantes e cafés nos arredores. Vale a pena em qualquer hora do dia.

  • Endereço: Entre a Karlsplatz e a Kettenbrückengasse
  • Horário de funcionamento: De segunda a sexta-feira, das 6h às 21h, e de sábado, das 6h às 18h

Vinhedos de Döbling

Divulgação
Vinhedo nos arredores de Viena

Quem tiver um tempinho para explorar os bairros mais afastados de Viena pode programar uma visita ao 19º distrito da cidade, conhecido como Döbling. A região é famosa pela produção de vinhos – a capital austríaca é a única metrópole da Europa que fabrica a bebida fora da área rural.

Ali, dá para visitar vinícolas ou apenas ir a tabernas, no fim da tarde, para degustar bons rótulos. Em geral, os brancos locais são os mais pedidos.

Beethoven Museum

O Döbling também foi lar de um dos músicos mais ilustres de todos os tempos: Ludwig van Beethoven, que nasceu em Bonn, na Alemanha, mas tem sua história tão ligada a Viena que conta até com um roteiro repleto de atrações na cidade.

Um dos destaques é o Beethoven Museum, que reúne itens pessoais do artista em uma de suas antigas casas, é possível aprender mais sobre sua trajetória e ver como ele lidava com os problemas de audição.

Em determinados pontos do tour, o visitante observa artimanhas desenvolvidas pelo compositor, como uma redoma em volta do piano e um dispositivo que, quando posicionado em pontos determinados da cabeça, aumenta a audição por meio de vibrações.

  • Endereço: Probusgasse 6
  • Horário de funcionamento: De terça-feira a sabado, das 10h às 13h e das 14h às 18h

Bailes de Viena

Paulo Basso Jr.
Exterior da Ópera de Viena

A capital austríaca promove dezenas de bailes importantes todos os anos. Entre eles destaca-se o Baile da Filarmônica de Viena, realizado na Sala Dourada do Musikverein, famosa no mundo inteiro por servir de palco para o famoso concerto de Ano-Novo.

Outro que vale a pena ficar de olho é o Baile de Johann Strauss, no Kursalon, com seu grande terraço voltado para o parque da cidade, onde os irmãos Strauss ganharam prestígio

Por fim, há o Life Ball, o mais frequentado por celebridades e top models da cena europeia.

Compras em Viena

Paulo Basso Jr.
Calçadão no centro de Viena

Na hora de fazer compras em Viena, vale saber que o centro da cidade é cortado por uma artéria chamada Mariahilfer Strasse. Nesta avenida, há diversas lojas. muitas delas de grife.

Ainda na região, vale a pena dar um pulo nas ruas Kohlmarkt e Graben, que reúnem marcas como Burberry, Cartier, Giorgio Armani, Hermes e Tiffany & Co.

Ao lado, a área batizada de Goldenes Quartier abriga lojas de marcas como Bambini, Roberto Cavalli, Alexander McQueen, Miu Miu, Valentino e Prada. Esta última, por sinal, é enorme.

Viena com crianças

Paulo Basso Jr.
Labirinto do Schönbrunn

Muita gente se pergunta se vale a pena ir com crianças para Viena, e a resposta é: sim. Há muito o que fazer com os pequenos por lá.

Um roteiro com crianças em Viena pode incluir visitas a destinos como o Museu das Crianças do Schönbrunn (que também conta com um labirinto e um zoológico no jardim), o Zoom Kindermuseum, localizado no Hofburg, e o Museu de História Nacional (Naturhistorisches Museum), com seus fósseis de animais extintos, como pterodáctilos.

No inverno, a dica é se divertir na pista de patinação no gelo que é montada na Rathausplat, a praça que fica em frente à prefeitura. Nesta época do ano também rola o Mercado de Natal de Viena, um dos melhores da Europa.

É uma delícia conhecer o Velho Continente dirigindo – Confira aqui as melhores ofertas para alugar carro em Viena.

Onde comer em Viena

A gastronomia da Áustria é uma atração à parte. Os pratos típicos do país são o wienerschnitzel (escalope de porco ou vitela à vienense) e o tafelspitz (cozido de carne de vaca com batata e legumes). Na hora da sobremesa, peça a torta de maçã apfelstrudel ou uma sachertorte (torta de chocolate com geléia de damasco).

Confira algumas dicas de restaurantes em Viena:

Plachuttas Gasthaus zur Oper

Quem quer provar o melhor wiener schnitzel de Viena pode ir direto para o Plachuttas Gasthaus zur Oper. O local é muito procurado por turistas e locais e, por isso, vale a pena fazer reserva.

DO & CO Albertina

 

View this post on Instagram

 

A post shared by @docoalbertina

O restaurante do museu Albertina esbanja classe. O cardápio é bem variado, com clássicos da gastronomia local e receitas internacionais, incluindo sushi.

Vestibül

O Vestibül fica situado na entrada do Burgtheater, um dos locais que organiza bailes em Viena. A história da construção e a sofisticação de pratos como o caviar de truta, os escargots e a sopa de lagosta criam uma atmosfera única.

Motto am Fluss

 

View this post on Instagram

 

A post shared by Motto am Fluss (@mottoamfluss)

À primeira vista, o edifício do Motto am Fluss parece um barco sobre o canal do Rio Danúbio. Mas, pode acreditar: há um excelente restaurante no primeiro andar, com móveis venezianos da década de 1950 e pratos de alta gastronomia feitos com ingredientes orgânicos.

Onde ficar em Viena

Confira minhas dicas de hotéis em Viena:

Andaz Vienna Am Belvedere

O prédio do Andaz Vienna Am Belvedere chama atenção pelo visual, com janelas que se estendem do chão até o teto. O local oferece acomodações modernas e conta com um belíssimo bar panorâmico no último andar, chamado Aurora.

Faça aqui sua reserva no Andaz Vienna Am Belvedere

Hotel Sacher

 

View this post on Instagram

 

A post shared by Sacher (@sacherhotels)

Extremamente luxuoso, o Hotel Sacher é uma das opções de hospedagem mais elegantes de Viena. Vale a pena visitar o Grüne Bar, que serve menus degustação, pratos à la carte e a famosa torta Sacher.

Faça aqui sua reserva no Hotel Sacher

Hotel Nestroy

Os quartos são equipados com TV LCD e oferece acesso gratuito à internet wi-fi. O hotel tem ainda sauna seca e uma academia de ginástica e está próximo dos principais pontos turísticos da cidade. É uma boa opção para se hospedar com conforto sem pagar o preço de um cinco estrelas.

Faça aqui sua reserva no Hotel Nestroy

arte Hotel Wien Stadthalle

Para quem procura uma boa relação custo-benefício, este é um dos hotéis econômicos de maior qualidade de Viena. Tem estilo butique e fica bem localizado, perto de uma estação do metrô. Os quartos são pequenos, porém confortáveis.

Faça aqui sua reserva no arte Hotel Wien Stadthalle

Roteiro na Áustria

Viena costuma ser a porta de entrada para os brasileiros que vão à Áustria, mas vale a pena explorar outras cidades do país a partir da capital. Para isso, o mais recomendado é deslocar-se de trem. Um bom roteiro pela Áustria deve incluir visitas a pelo menos dois locais: Salzburgo e Innsbruck.

Salzburgo

Paulo Basso Jr.
Fortaleza Hohensalzburgo vista desde o Jardim Mirabel

Todos os anos, turistas de várias partes do mundo vão até Salzburgo, a quase 300 km de Viena, para conhecer tanto o apartamento onde Mozart nasceu, em 1756 na Getreidegasse, 9, quanto o que ele viveu dos 16 aos 22 anos, na Marketplatz, 8. Ambos viraram museus, sendo que o primeiro tem um estranho conceito modernista e o segundo é muito interessante, pois reúne instrumentos originais do compositor – entre eles seu célebre piano de martelo.

O passeio “musical” por Salzburgo tem, ainda, outras paradas obrigatórias. Entre elas, a estátua de Mozart, na praça homônima, erguida em 1842. Ali pertinho, se encontra o edifício conhecido como Nova Residência, onde um carrilhão toca melodias do filho ilustre da cidade três vezes por dia.

E no meio de tudo isso surge a Catedral de Salzburgo, cuja fachada insossa engana os visitantes. Por dentro, a igreja é linda. E lá está a fonte onde Mozart foi batizado e o imenso órgão que ele tocou na juventude, durante inúmeras missas.

A cidade oferece diversas outras atrações, sendo que a principal delas é a Fortaleza Hohensalzburgo, o maior e o mais bem conservado castelo da Europa Central. Outro ponto turístico é a Getreidegasse que, mais do que a rua onde Mozart nasceu, é um dos centros comerciais mais atraentes da Áustria.

Do outro lado do simpático riozinho que corta a cidade, próximo à estação de trem, fica o magnífico Jardim Mirabel. O palácio e as flores que o ornamentam fizeram parte da famosa cena do filme A Noviça Rebelde, de 1965, em que a personagem Maria e algumas crianças dançam e cantam a música Dó-Ré-Mi.

Innsbruck

Paulo Basso Jr.
Innsbruck fica nos Alpes

Além de Viena e de Salzburgo, uma viagem à Áustria precisa incluir a singela Innsbruck. Encravada entre a Itália e a Alemanha, em um vale no meio dos Alpes e a duas horas de trem de Salzburgo.

Innsbruck mais parece uma cidade de brinquedo. Os prédios baixos e coloridos, com telhados que poderiam ter sido desenhados por um pintor, compõem com perfeição a abençoada paisagem local, sempre marcada ao fundo pela presença das montanhas.

Entre as atrações turísticas da cidade estão uma imensa rampa de esqui, chamada Bergisel, o Goldenes Dachl, um telhado de ouro situado em uma das edificações no centro da cidade, a Stadtturm, torre construída por volta de 1440, a Heblinghaus, casa burguesa do século 15 que mistura estilos gótico e barroco, e o Hofburg, palácio imperial de decoração rococó que abriga salas imponentes e obras de arte.

Aproveite também para caminhar pela Maria-Theresien Strasse. Nesta rua, símbolos tradicionais da capital do Tirol, como o Triumphpforte, arco do triunfo feito em 1765 pelo imperador Leopoldo II, e a Anansäule, uma fonte com a imagem de Sant’Ana, convivem em harmonia com lojas de grife e galerias modernas.

PLANEJE SUA VIAGEM PARA VIENA

Paulo Basso Jr.
Viena é uma das cidades mais lindas do mundo

Quando planejamos nossas viagens para um ou mais países da Europa, como a Áustria, deixamos tudo pronto antes mesmo de sair do Brasil, a fim de evitarmos contratempos e problemas com outros idiomas e costumes. Com as ferramentas certas, que confiamos a ponto de torná-las nossas parceiras, compramos passagens aéreas mais baratas, alugamos carros com antecedência e reservamos hotéis. De quebra, organizamos todos os passeios, transfers e ingressos para eventos com mais segurança e pagando menos.

Para quem pensa sobre tudo o que fazer em Viena, vale lembrar ainda que é obrigatório fazer um seguro viagem e é uma excelente ideia comprar um chip de viagem internacional. Dessa forma, você viaja com tudo regularizado e, como se não bastasse, tem acesso à internet em todos os países da região, mesmo fora do hotel. Confira:

Seguro viagem Europa

Seguro viagem é obrigatório em quase todos os países da Europa, como a Áustria. Você precisa contratar o seu antes mesmo de sair do Brasil, para desembarcar no destino sem contratempos. A dica é consultar as principais operadoras no site Seguros Promo, que analisa de uma vez as melhores opções do mercado e retorna com os preços mais atraentes. Na hora de fechar o seguro viagem para a Viena, vai aqui uma dica e tanto para os leitores do Rota de Férias: use o cupom ROTADEFERIAS5 na caixa “Cupom de desconto” e ganhe 5% de desconto.

Clique aqui para fazer seu seguro viagem Europa.

Chip viagem Europa

Com um chip viagem internacional que permite acesso à internet e, muitas vezes, telefone, sua viagem para a Europa ficará muito melhor. No Velho Continente, gostamos de usar o chip da America Chip, que permite pular de um país para o outro numa boa, muitas vezes sem sequer precisar ajudar qualquer tipo de configuração. Já usamos em destinos como a Áustria, quando buscávamos o que fazer em Viena, e deu muito certo.

Clique aqui para comprar seu chip viagem para os países da Europa.

 

 

PLANEJE SUA VIAGEM

Chip viagem

Acesse internet e telefone de qualquer lugar do mundo

Confira aqui

AMERICA CHIP

Seguro viagem

Compare diversas empresas de uma só vez e compre com desconto

Contrate aqui

SEGUROS PROMO

Passagens aéreas

Os melhores preços para viajar no Brasil e no mundo

Compre aqui

SKYSCANNER

Reserva de hotéis

Encontre a melhor opção de hospedagem para você

Reserve aqui

BOOKING

Informativo

Cadastre-se e receba com exclusividade nossos conteúdos.