• Crédito: Divulgação

    Marienplatz

  • Crédito: Divulgação

    Frauenkirche

  • Crédito: Divulgação

    Desfile na Marienplatz

  • Crédito: Divulgação

    Oktoberfest

3 DIAS EM MUNIQUE


CIDADE ALEMÃ PALCO DA OKTOBERFEST TEM ATRAÇÕES (E CERVEJA) O ANO INTEIRO

1 º dia +

Mapa da sua rota

Centro histórico e Jardim Inglês

– Comece o passeio na Maximiliansplatz. De lá, caminhe até a Marienplatz e confira o comércio da capital da Bavária.

– No caminho, visite a Frauenkirche ou “Igreja de Nossa Senhora”, que tem duas torres bem altas. É possível subir até o topo por uma velha escadaria. Caso o dia esteja bonito, dá para enxergar até os Alpes no horizonte.

– Uma vez na Marienplatz, o coração da cidade, aviste o edifício que funciona como prefeitura (ou rathaus) e tem uma linda fachada em estilo neogótico. Este é o principal cartão-postal da cidade.

– No quinto andar do prédio fica o Glockenspiel, um singelo café de onde se tem uma bela vista da Marienplatz.

– Caso queira ver a praça do alto, com a prefeitura, suba a torre da igreja St. Peter’s Church (Alter Peter), uma das igrejas do centro da cidade cuja torre está aberta à visitação.

– Dali, siga para a Houfbräuhaus, a cervejaria mais famosa da Alemanha e onde o clima de Oktoberfest impera o ano inteiro.

– Passe o fim de tarde no Jardim Inglês, o coração verde de Munique. De lá, caso esteja calor, siga para um dos muitos biergartens (jardins da cerveja), espaços ao ar livre com mesas para beber cerveja e jogar conversa fora.

– Passe a noite no restaurante da Augustiner, outra cervejaria tradicional de Munique.

– Outra opção é curtir a noite nos arredores da Odeonplatz, onde há muitos bares e cafés.

* Todos os roteiros indicados foram visitados pela equipe de reportagem do Rota de Férias.
2 º dia +

Mapa da sua rota

Museus

– Tire o dia para visitar os principais museus de Munique. O principal deles é o Deutsches Museum, um dos melhores do mundo dedicados a ciência e tecnologia.

– De lá, siga para a Residenz, a residência oficial dos reis da Bavária, Belíssima, a edificação abriga um museu e um dos teatros mais bonitos da Europa.

– Termine o dia na Alte Pinakotech, que é repleta de obras famosas, com riquíssimo acervo de pintura dos séculos 14 a 18. Um dos destaques é a “Descida de Cristo da Cruz”, de Rembrandt.

– Para curtir a noite, siga para bairros como Glockenbachviertel e Schwabing, repletos de bares e baladas.

* Todos os roteiros indicados foram visitados pela equipe de reportagem do Rota de Férias.
3 º dia +

Mapa da sua rota

Castelo, Museu da BMW e esportes

– Pela manhã, siga para o Castelo de Nymphenburg, que tem belos jardins e um simpático restaurante, onde dá para tomar café.

– Dali, siga para o complexo Olympiapark, construído para as Olimpíadas de 1972. O lugar reúne belos estádios com cobertura que imita uma lona de circo. Suba na torre para ter uma visão espetacular de Munique.

– Passe no BMW Museum, lá pertinho, para conhecer a história e ver alguns automóveis da célebre montadora alemã.

– Siga então para o Allianz Arena, o estádio do Bayern de Munique, construído para a Copa de 2006. É possível fazer tours no local.

– Durante a noite, escolha mais um restaurante de cervejaria típica, como o da Löwenbräu, para se despedir desta fantástica cidade alemã.

* Todos os roteiros indicados foram visitados pela equipe de reportagem do Rota de Férias.

Serviços

Restaurantes+

Houfbräuhaus (http://www.hofbraeuhaus.de/en/index_en.html)

Esta cervejaria enorme tem muita história para contar. Uma bandinha mantém o clima de Oktoberfest o ano todo. Peça os pratos típicos alemães.

Augustiner (http://www.augustiner-restaurant.com/html/english.html)

A cerveja dita a regra aqui. É uma das mais antigas e saborosas de Munique. Peça pratos típicos para acompanhar, como salsichas (würsts) e joelho de porco (eisben).

Löwenbräu (http://www.loewenbraeukeller.com/en/)

Mais um local para entrar no clima da Bavária. As mesas de madeira são longas e, quando está cheio, todo mundo senta junto. No cardápio há pratos típicos alemães e a ótima cerveja da casa.

Hotéis+

Bayerischer Hof (http://www.booking.com/hotel/de/bayerischer-hof-munchen.de.html)

Fica no centro da cidade e oferece desde lareira para os dias frios até piscina na cobertura com uma linda vista de Munique.

Hotel Mirabell (http://www.booking.com/hotel/de/mirabell.de.html?aid=356980;label=gog235jc-hotel-XX-de-mirabell-unspec-br-com-L%3Ade-O%3AwindowsSnt-B%3Achrome-N%3AXX-S%3Abo-U%3AXX;sid=e6b66525375b0d26d62965199a08d4b2;dist=0&sb_price_type=total&type=total&)

Este hotel tem serviço simpático e ótima localização. É uma boa para quem vai curtir a Oktoberfest.

Eurostars Grand Central (http://www.booking.com/hotel/de/eurostars-grand-central.pt-br.html)

Próximo ao Centro Histórico da cidade, tem bom custo-benefício. Os quartos são confortáveis.

Hotel Europa (http://www.booking.com/hotel/de/europamu.pt-br.html)

Hotel confortável, situado próximo ao restaurante da Löwenbräu. Tem quartos confortáveis e serve um excelente café da manhã. Nos períodos de Oktoberfest, dá para tomar até cerveja de trigo logo pela manhã.

Dicas e curiosidades+

Oktoberefst

Apesar do nome, a Oktoberfest alemã é realizada quase que completamente em setembro, já que termina no primeiro fim de semana de outubro. A festa celebra o casamento do rei bávaro Luís 1 (Ludwig I) com Tereza da Saxônia, em 1810. A festa é realizada no parque de Theresienwiese, onde são montados diversos pavilhões de cervejas, lojas e um pequeno parque de diversão. As seis cervejarias que participam da festa são de Munique: Augustiner, Hacker Pschorr, Hofbräu, Löwenbräu, Paulaner e Spaten.

Passeios pelos arredores

Caso tenha mais alguns dias de viagem, vale a pena viajar até Füssen, onde fica o castelo de Neuschwanstein, no início da Rota Romântica. De tão maravilhosa, a edificação teria inspirado Walt Disney criar o castelo da Cinderela. Outro passeio legal é que o segue para Altöting, espécie de Aparecida do Norte alemã, que recebe milhares de peregrinos católicos todos os dias. Eles vão ver de perto o que chamam de Estátua Milagrosa, uma Virgem Maria negra encontrada em 1330 e exposta na igreja de Wallfahrtskapelle St. Maria, fundada em 750.

Booking.com