Crédito: Divulgação/Mall at Millenia

Compras nos EUA: 10 dicas para se dar bem

11 de julho de 2018

Por Redação

Fazer compras nos EUA é uma das atividades favoritas de viajantes brasileiros que vão a cidades como Orlando, Miami e Nova York. Pesquisar preços, comprar pela internet, verificar a conversão de medidas e aproveitar promoções relacionadas a feriados norte-americanos podem ser boas pedidas para quem quer economizar. O Rota de Férias separou 10 dicas para você fazer bons negócios nos Estados Unidos.

LEIA MAIS: COMPRAS NO EXTERIOR PELA INTERNET: ENTREGAR NO HOTEL OU RETIRAR NA LOJA?
AS MELHORES DATAS PARA FAZER COMPRAS NOS ESTADOS UNIDOS

10 dicas para quem vai fazer compras nos EUA

  • Crédito: Divulgação
    Pesquisa - Pesquise bem antes de fazer compras nos EUA, sobretudo em cidades com muito comércio, como Nova York, Orlando, Miami e Las Vegas. A mesma rede pode oferecer preços bem diferentes em lojas de rua, de shopping ou outlets
  • Crédito: Paulo Basso Jr.
    Liquidações - Espie sempre as araras de roupas, sobretudo nas outlets, na hora de fazer compras nos EUA. É nelas que estão os produtos em liquidação. Além isso, veja as placas de desconto colocadas sobre os produtos. Geralmente, elas exibem algo como 25% Off, 50% Off, 75% Off e por aí vai. Quase sempre, o desconto é aplicado sobre o valor que aparece na parte inferior da etiqueta, mesmo que já esteja em promoção
  • Medidas – Viaje com uma tabela que contenha as conversões necessárias de roupas e calçados, pois as numerações são diferentes. As calças norte-americanas, por exemplo, são vendidas com duas medidas, como 32x36. Isso significa que a cintura mede 32 polegadas e o comprimento da perna mede 36 polegadas. Já os calçados 35 correspondem ao número 6. Cada meio ponto é um número a mais da medida brasileira (6,5 é 36, 7 é 37, e assim por diante). Veja mais em https://goo.gl/yabEmo
  • Desbloqueio de cartão - Caso pretenda usar cartão de crédito na hora de fazer compras, não se esqueça de desbloquear as operações internacionais em sua agência bancária antes de seguir viagem. Muitas vezes o sistema demora de um a dois dias pra confirmar o desbloqueio
  • Crédito: Divulgação/Mall at Millenia
    Trocas - Verifique sempre os seus produtos ao chegar ao hotel ou casa alugada, antes de voltar ao Brasil. Assim, caso haja algum problema, dá tempo de voltar à loja e trocar, processo que é feito, em geral, com bastante facilidade nos EUA. Basta se dirigir à loja com a etiqueta e solicitar a troca. O processo é semelhante nas lojas de roupas, perfumes, acessórios, eletrônicos e por aí vai
  • Crédito: Divulgação/Mall at Millenia
    Garantia – Tome cuidado, pois até mesmo algumas multinacionais que têm fábrica no Brasil não concedem garantia, a não ser que você envie o equipamento para verificação nos EUA. Por isso, o processo nem sempre é compensador
  • Crédito: Divulgação
    Impostos - Ao fazer compras nos EUA é preciso calcular o imposto cobrado sobre o valor da etiqueta, que varia de cidade para cidade. Em Orlando, por exemplo, calcule mais 6,5% de impostos que serão cobrados sobre o valor da etiqueta, como manda a lei local. Em Miami são 7%, em Nova York, 8,875% e, em Las Vegas, 8,1%
  • Crédito: Divulgação
    Tax free - Alguns produtos comprados nos EUA vêm classificados como tax free. O termo indica que parte dos impostos cobrados, já lançados no preço final, podem ser devolvidos aos consumidores que não residem naquele país. Em geral, para recuperar o dinheiro, o produto deve ser apresentado na embalagem original, sem uso, ao ser apresentado aos guardas aduaneiros no aeroporto norte-americano. Portanto, não o despache e apresente a nota fiscal original
  • Crédito: Divulgação/Mall at Millenia
    Roupas baratas - Caso viaje no verão dos EUA, é hora de comprar roupas baratas de inverno, já que elas são vendidas com descontos. As blusas, sobretudos e casacos mais grossos, costumam ficar bem em conta nesse período. Caso viaje na época mais fria do Hemisfério Norte, faça o contrário e invista em camisetas e sandálias. O melhor de tudo é que a estação brasileira é contrária à de lá, então você poderá chegar em casa e usar suas peças novinhas
  • Compras pela internet - Alguns dias antes de viajar, você pode encomendar alguns produtos via internet e indicar o hotel como endereço de entrega. Para evitar problemas, opte por fechar negócio com sites confiáveis. Peça para que a entrega seja feita um dia antes de você chegar ao hotel ou nos primeiros dias em que esteja por lá, para ter mais segurança