Compras no exterior pela internet: entregar no hotel ou retirar na loja?

4 de julho de 2018

Por Maria Beatriz Vaccari

No Brasil, a loja oficial da Apple vende o Apple Watch Series 3 por R$ 2.599. Nos Estados Unidos, o mesmo modelo sai por US$ 329 – aproximadamente R$ 1.066. Por conta de diferenças de preços como essas, muitos viajantes aproveitam para fazer compras no exterior. As viagens também podem ser boas opções para adquirir itens que não são comercializados no mercado brasileiro.

LEIA MAIS: AS MELHORES RUAS DE COMPRAS AO REDOR DO MUNDO
AS MELHORES DATAS PARA FAZER COMPRAS NOS ESTADOS UNIDOS

Compras no exterior pela internet

Uma das formas mais práticas de fazer compras no exterior é realizar os pedidos pela internet. Dá para adquirir ou reservar os itens antes mesmo de sair do Brasil, deixando mais tempo livre para curtir a viagem. Normalmente, o processo é bem semelhante ao das e-commerces brasileiras. Entretanto, o cliente deve ter um cartão de crédito internacional para realizar a transação em moeda estrangeira.

Boa parte das grandes lojas internacionais, como as queridinhas Best Buy e Amazon, permite que o cliente pegue seus produtos pessoalmente em unidades ou pontos de retirada autorizados. Essa opção de compras no exterior é uma boa para quem já pretende passar perto desses endereços e quer economizar no valor do frete, além de otimizar o tempo do passeio. O método também é recomendado para os ansiosos, já que evita maiores preocupações em relação à entrega.

A galera que prefere receber as mercadorias via correio ou transportadora pode indicar o endereço do hotel como destino de entrega. Entretanto, é preciso ficar atento, pois alguns estabelecimentos cobram taxas pelo recebimento dos pacotes. O valor varia conforme o local e o destino, mas, normalmente, gira entre US$ 5 e US$ 20 dólares por pacote, podendo variar conforme o peso e o tamanho. Alguns hotéis adotam uma estratégia diferente: cobram uma taxa um pouco mais elevada e permitem que o hóspede receba quantos pacotes quiser. Antes de comprar, vale a pena consultar.

Quem opta pela entrega no hotel ao fazer compras no exterior também deve ficar de olho no tempo estimado para a entrega. Às vezes, é melhor fazer o pedido antes de sair do Brasil para garantir que ele chegue enquanto a pessoa estiver hospedada no local. Algumas e-commerces oferecem opções de entregas agendadas ou expressas. Apesar de serem mais caras do que as tradicionais, elas podem quebrar um baita galho e evitar que os produtos cheguem depois de o viajante ter retornado ao Brasil.