Crédito: Divulgação

Orlando: dicas para quem vai viajar com crianças

13 de abril de 2017

Por Maria Beatriz Vaccari

Quando chegam em Orlando, nos Estados Unidos, as crianças tendem a pirar com todas as atrações oferecidas pela cidade. É Mickey para cá, Harry Potter para lá e uma série de pais tentando controlar a animação dos baixinhos. O Rota de Férias separou algumas dicas para os adultos que querem aproveitar a viagem sem preocupações e curtir tanto quanto os pequenos.

Normalmente, os turistas que visitam Orlando saem do hotel pela manhã e só voltam no final do dia. Por isso, é importante que os pais carreguem uma mala com itens essenciais para as crianças, como protetor solar, papinhas, fraldas, mamadeira e chupeta. Dependendo da temperatura, também vale a pena levar casaquinhos e gorros.

LEIA MAIS: Voltando dos EUA? Saiba o que entra na cota dos US$ 500

Como funciona o aluguel de casas em Orlando

Ainda no hotel, coloque uma pulseira de identificação nos pequenos. O ideal é que ela tenha nome, telefone e endereço (do Brasil e dos Estados Unidos). Nos parques, é comum ver pais que colocam uma espécie de coleira peitoral nas crianças. Apesar de não ser nada bonita e de não ter caído no gosto dos brasileiros, pode ser uma opção válida se o pequeno for um verdadeiro pimentinha.

Durante o passeio

Os shoppings e parques de Orlando são bem grande, por isso, é preciso estar preparado para andar muito. Algumas crianças não gostam da ideia e acabam ficando irritadas durante o passeio. Para evitar complicações, alugue um carrinho ou compre um no mercado (dependendo do preço, sai mais em conta).

Vale a pena salientar que o aluguel de carrinhos em complexos de diversões é diário. Portanto, se o visitante da Disney sai do Magic Kingdom e vai para o Epcot, basta apresentar o recebido de pagamento para retirar outro item sem ter de pagar novamente.

Refeições

Os pais que levam mamadeiras e papinhas para os pequenos podem esquentar tudo nos restaurantes dos parques. Basta pedir a um dos funcionários do local.

Alguns pimpolhos chegam à cidade loucos para conhecer seus personagens favoritos. Com um agendamento prévio (que pode ser feito pela internet), parques da Disney, Universal e SeaWorld permitem que as famílias façam refeições na companhia de personalidades icônicas.

Pais também se divertem

Ir aos parques de Orlando com crianças pequenas não significa que os pais precisam optar apenas por brinquedos água com açúcar. Se bater aquela vontade de se aventurar em uma montanha-russa ou simulador mais radical, é só aproveitar o sistema rider switch. Faça o seguinte: a mãe entra no brinquedo enquanto o pai espera com os filhos. Depois que ela sair, ele consegue brincar sem a necessidade de entrar na fila novamente. É só avisar um funcionário do local para garantir a diversão.