5 DIAS EM SÃO FRANCISCO

EMOLDURADA PELA BAÍA QUE LHE DÁ NOME, SAN FRANCISCO ALIA BELEZA NATURAL E UMA CULTURA ÍMPAR

1 º dia

Mapa da sua rota

A baía de San Francisco e a ponte Golden Gate

– A Lombard Street é uma das mais inusitadas atrações de São Francisco: em seu trecho mais íngreme, a rua ganha a forma de um ziguezague com canteiros floridos. Carros repletos de turistas sempre passam por lá, então tente fazer dessa a primeira atração do dia para evitar filas.

– A baía fica pertinho dali e o bairro Marina, onde está a Lombard Street, que tem uma coleção de belas casas vitorianas e mansões. Mas se você quiser economizar tempo pegue o ônibus 30 na esquina da Chesnut Street com a Van Ness e siga até o Palace of Fine Arts. Inspirado em construções neoclássicas, o palácio foi construído para a Exposição de 1915 Panamá-Pacífico.

– Uma curta caminhada leva até Presidio, um dos bairros mais arborizados da cidade — e também onde o diretor de “Guerra nas Estrelas”, George Lucas, tem o seu estúdio. Uma das atrações do bairro é o singelo museu Walt Disney, a 20 minutos do Palace of Fine Arts.

– Presidio também tem uma das mais belas vistas da ponte Golden Gate. Em dias ensolarados e quentes, há gente mergulhando na baía. O passeio mais comum é alugar uma bicicleta para cruzar a ponte de quase 3km.

– De carro ou bicicleta, cruze a ponte até Sausalito. A cidadezinha repleta de restaurantes, galerias de arte e lojas de suvenir ganhou fama pela incrível vista que se tem de São Francisco e de sua mais famosa ponte.

* Todos os roteiros indicados foram visitados pela equipe de reportagem do Rota de Férias.
2 º dia

Mapa da sua rota

Embarcadero e North Beach

– Comece o dia num dos símbolos de São Francisco, no Rincon Park: uma escultura monumental de um arco e flecha em amarelo e vermelho, “Cupid’s Span”, de Claes Oldenburg e Coosje van Bruggen. O parque é um bom lugar também para se tirar fotos com a segunda ponte mais famosa da região, a Bay Bridge.

– A cinco minutos de caminhada fica o histórico Ferry Building, original de 1890, reaberto em 2003 como um mercado gourmet com lojas e restaurantes. Os chocolates da Recchiutti Confections e os sorvetes da Humphry valem a pena as calorias.

– Gaste as calorias desvendando os mistérios da ciência no high-tech Exploratorium, um dos mais novos museus de San Francisco. O prédio fica no Píer 15, à beira da baía, a poucos minutos do Ferry Building.

– Encare a ladeira da Telegraph Hill até a Coit Tower, que compensa o esforço com uma bela vista da baía. Construída a pedido de um excêntrico milionário durante a recessão nos anos 1930, a torre é decorada com painéis que retratam trabalhadores.

– Desça até o boêmio bairro de North Beach, não à toa um enclave italiano em São Francisco. Antes de escolher um restaurante de massas, passe na livraria e editora City Lights, símbolo entre os beatniks Jack Kerouac, Allen Ginsberg e outros. Se quiser explorar mais o tópico, visite o pequeno mas simpático Beat Museum do outro lado da rua.

* Todos os roteiros indicados foram visitados pela equipe de reportagem do Rota de Férias.
3 º dia

Mapa da sua rota

Fisherman’s Wharf e Alcatraz

– Durante mais de 30 anos a ilha de Alcatraz hospedou a temida prisão homônima, de onde nenhum prisioneiro fugiu. Reserve ao menos três horas para conhecer o lugar onde Al Capone cumpriu pena. A balsa opera desde o Píer 33.

– Na volta, caminhe pela área conhecida como Fisherman’s Wharf, repleta de restaurantes vendendo a famosa sopa cremosa de moluscos na cidade, clam chowder, e uma ampla variedade de frutos do mar.

– Pare no Píer 39 para observar uma clássica e irresistível atração de São Francisco: os leões-marinhos. Não custa nada assistir aos bigodudos tomando sol nos deques.

– Se ainda tiver tempo, visite o Madame Tussaud’s ou o San Francisco Maritime National Historical Park, que guarda embarcações históricas.

– Termine o dia na Ghirardelli Square — praça que leva o nome da grife de chocolates local, repleta de lojinhas de design, restaurantes e bares.

* Todos os roteiros indicados foram visitados pela equipe de reportagem do Rota de Férias.
4 º dia

Mapa da sua rota

O lado hippie de San Francisco

– As casas vitorianas de Sab Francisco são quase tão marcantes quanto a ponte Golden Gate. Para descobrir um dos trechos mais bem preservados, pegue o ônibus 21 na Market Street em direção ao Golden Gate Park e pare na Alamo Square.

– Pegue a mesma linha de ônibus e siga para o Golden Gate Park, o maior parque da cidade. Há sempre festivais e eventos por lá. É possível explorá-lo de bicicleta ou a pé. Três atrações podem ocupar o seu dia inteiro por lá: o museu de Young de artes plásticas, a Academia de Ciências da Califórnia e o jardim botânico.

– Saia do parque pela Haight Street, paralela à Hayes Street por onde passa o ônibus 21, e descubra o enclave hippie de São Francisco. Estúdios de tatuagem, brechós, sebos e cafés ocupam casas vitorianas decoradas em cores berrantes, que dão o tom do bairro.

* Todos os roteiros indicados foram visitados pela equipe de reportagem do Rota de Férias.
5 º dia

Mapa da sua rota

Às compras no centro de São Francisco, Chinatown e Castro

– Inicie o dia explorando a maior Chinatown fora da Ásia e a mais antiga dos Estados Unidos. Casas de chá oferecem degustações, às vezes gratuitas, e é possível visitar fábricas de biscoitos da sorte.

– Não deixe São Francisco sem ir às compras. Desça a ladeira em direção à Union Square, onde fica a maior variedade de lojas da cidade. Há Macy’s, Best Buy, Forever 21, H&M, Uniqlo, etc.

– Continue as compras no shopping Westfield, onde é possível achar Abercrombie & Fitch, Foot Locker, Kipling, Michael Kors, entre outros. O shopping também tem uma boa praça de alimentação, com boas opções rápidas.

– Da Market Street, na altura da Union Square, pegue o bondinho 24 que percorre toda a rua até o final, onde fica o Castro. Ali, a bandeira do arco-íris ganha mais destaque do que a dos Estados Unidos. O lugar onde Harvey Milk — o primeiro político declaradamente gay a conquistar um cargo público nos anos 1970 — morou é colorido, repleto de lojas e restaurantes e tem um pequeno museu em homenagem a ele.

* Todos os roteiros indicados foram visitados pela equipe de reportagem do Rota de Férias.