4 DIAS EM SAN FRANCISCO E SAUSALITO


CIDADE QUE DEU VIDA À CULTURA HIPPIE É ALEGRE, COLORIDA E INSTIGANTE, ASSIM COMO A VIZINHA

1 º dia +

Mapa da sua rota

O que fazer em San Francisco e Sausalito

Fisherman’s Wharf, Píer 39 e Alcatraz

  • Inicie sua jornada na Ghirardelli Square, onde dá para se jogar em um gramadão, ver a Golden Gate e começar a entrar no clima de San Francisco. Lá tem uma fábrica de chocolate e o bondinho (linha Powell-Hyde) que segue para o topo da Lombard Street, a rua com formação mais em ziguezague do mundo.
  • Dali, siga a pé ou de bike pela orla até o Fisherman’s Wharf e o Píer 39. Tudo nesse pedaço faz o estilo pega-turista, mas é um dos cartões-postais da cidade, com leões-marinhos, lojas e restaurantes.
  • Se animar comer em algum restaurante por lá, deixem para ir depois das 21h30, quando eles estão mais vazios, quase fechando. Assim, fica mais fácil sentar em uma mesa bacana, com vista para a baía. O prato típico do pedaço é a Clam Chowder Soup, uma sopa de caranguejo no pão.
  • Bom mesmo é reservar a hora do almoço e o começo da tarde para ir ao Ferry Building, o mercado da cidade, que também fica na orla, alguns km depois do Píer 39. É o máximo, cheio de lojas de produtos orgânicos, cafés e algumas opções para almoçar.
  • Depois do almoço, siga para Alcatraz, a famosa ilha-presídio que se transformou em um museu. Tem gente que gosta, tem gente que acha uma porcaria. Mas já que você está lá, vale a pena conferir. O passeio parte do Píer 37, que fica entre o 39 e o Ferry Bulding.
* Todos os roteiros indicados foram visitados pela equipe de reportagem do Rota de Férias.
2 º dia +

Mapa da sua rota

O que fazer em San Francisco e Sausalito

Golden Gate Park, cultura hippie e Painted Ladies

  • Uma boa ideia é passear no Golden Gate Park. Dá para andar de bike, ir ao The San Francisco Museum of Modern Art (SFMOMA), visitar um belo Jardim Japonês. Enfim, não faltam coisas para fazer por lá. O lugar é enorme, dá até para se deslocar de carro lá dentro.
  • Por um dos portões do Golden Gate Park você sai no Haight-Ashbury, o bairro onde eclodiu o movimento hippie e servia de quintal para os beatniks. Janis Joplin, por exemplo, morou por ali. Reparem como é a galera dos anos 1960 que ainda está lá no esquema paz e amor.
  • Há vários ícones para visitar no pedaço, como o café Coffee for the People e a loja de discos Amoeda.
  • Um bom lugar para almoçar é o Cha Cha Cha (1801 Haight St). Olhando de fora, não dá vontade de entrar. Mas a comida é de estilo creóle, caribenho, muito boa. Lá também dá para experimentar algumas boas cervejas artesanais da região, como a Anchor.
  • De carro ou caminhando, você pode esticar o passeio até a Alamo Square, onde estão as Painted Ladies, um dos cartões-postais da cidade. Ou então para Castro, o bairro GLBT. O burburinho rola em torno do Twin Peaks, o primeiro bar gay envidraçado do pedaço. É muito divertido andar ali.
* Todos os roteiros indicados foram visitados pela equipe de reportagem do Rota de Férias.
3 º dia +

Mapa da sua rota

O que fazer em San Francisco e Sausalito

Golden Gate e Sausalito

  • Vão até a Golden Gate tirar altas fotos. Dá para atravessá-la a pé ou de bike.
  • Do outro lado da ponte fica Sausalito, uma cidade bem divertida, com altos barzinhos e restaurantes. Vale a pena almoçar por lá e curtir um fim de tarde.
  • É em Sausalito também que fica Muir Woods, um dos famosos parques californianos com sequoias, as árvores gigantes. Vale a pena conferir.
* Todos os roteiros indicados foram visitados pela equipe de reportagem do Rota de Férias.
4 º dia +

Mapa da sua rota

O que fazer em San Francisco e Sausalito

Centro de São Francisco

  • No centro da cidade, na Market Street, dá para fazer altas compras. Tem várias lojas famosas, shoppings e galerias.
  • Dê uma volta na Union Square, cercada de lojas de departamento, e em Chinatown, que é igual a qualquer bairro chinês de cidade norte-americana, com várias lojas de bugigangas e restaurantes pitorescos.
  • De lá é fácil chegar ao bairro italiano, onde fica a City Lights Books. Foi essa livraria/editora que publicou o primeiro poema de Allen Ginsberg, que deu impulso aos poetas beats. Em frente, tem um bar bem pé sujo, o Vesuvio, onde Ginsberg e Jack Kerouac costumavam encher a cara.
  • Nos arredores há boas sorveterias, praças, enfim. É um lugar para dar uma olhada com calma e se despedir de San Francisco.

Na hora de montar um roteiro em San Francisco e Sausalito, consulte também o site oficial de turismo da cidade.

ROTEIROS RELACIONADOS
O que fazer em San Francisco: roteiro de 5 dias
O que fazer na Califórnia: roteiro de 10 dias
O que fazer em Los Angeles: roteiro de 5 dias
O que fazer em San Diego: roteiro de 3 dias

* Todos os roteiros indicados foram visitados pela equipe de reportagem do Rota de Férias.

Serviços

Restaurantes+

Historic John’s Grill (http://johnsgrill.com)

Restaurante tradicional de San Francisco, aberto em 1908, serve bons grelhados e frutos do mar. Fica no começo da Ellis Street (63).

Frances (http://www.frances-sf.com/)

Descolado, tem preços atraentes para um menu de alta gastronomia, o que se reflete também na carta de vinhos.

Rogue Ales Public House (https://www.google.com.br/maps/place/Rogue+Ales+Public+House/@37.8001198,-122.4106644,15z/data=!4m2!3m1!1s0x0:0xce092092bd963b2f?sa=X&ved=0ahUKEwik87TFzu3JAhWJGJAKHZ_BAyAQ_BIIZTAK)

Aqui você vai tomar uma das melhores cervejas norte-americanas, a Rogue, feita no Oregon, e ainda poderá provar deliciosos hambúrgueres num clima de festa.

Alioto’s (http://aliotos.com)

Esta casa está desde 1925 na região de Fisherman’s Wharf e serve o típico clam chowder in bread bowl. Oferece ainda uma ótima vista para o mar.

Hotéis+

Hotel Drisco (http://www.booking.com/hotel/us/drisco.pt-br.html?aid=356986;label=gog235jc-hotel-XX-us-drisco-unspec-br-com-L%3Axb-O%3AwindowsS7-B%3Achrome-N%3AXX-S%3Abo-U%3AXX;sid=d582239a792827e915ee236b860c2943;dist=0&sb_price_type=total&type=total&)

Construído entre as mansões de Pacific Heights, o prédio abriga 48 suítes espaçosas, grande parte delas com vista para o mar.

Inn on Castro (http://innoncastro.com/)

Este é o único hotel da Castro Street, rua que é sinônimo do bairro gay de San Francisco.

Hotel Bohème (http://www.booking.com/hotel/us/boheme.pt-br.html?aid=356986;label=gog235jc-hotel-XX-us-boheme-unspec-br-com-L%3Axb-O%3AwindowsS7-B%3Achrome-N%3AXX-S%3Abo-U%3AXX;sid=d582239a792827e915ee236b860c2943;dist=0&sb_price_type=total&type=total&)

Erguido em um antigo casarão com móveis retrô, tem paredes cor de terra e cortinas floridas, que tornam os quartos aconchegantes.

Metropolis Hotel (http://www.booking.com/hotel/us/metropolis.pt-br.html?aid=356986;label=gog235jc-hotel-XX-us-metropolis-unspec-br-com-L%3Axb-O%3AwindowsS7-B%3Achrome-N%3AXX-S%3Abo-U%3AXX;sid=d582239a792827e915ee236b860c2943;dist=0&sb_price_type=total&type=total&)

Fica na região turística de Union Square tem quartos com decoração colorida, que agradam muito às crianças.

Dicas e curiosidades+

Yosemite Park e Napa/Sonoma Valley

Nos arredores de San Francisco tem vários lugares imperdíveis. O Yosemite Park, por exemplo, merece ao menos um dia inteiro de visita. Também dá para esticar até os Napa/Sonoma Valley e passar uma ou duas noites por lá. Tem altas vinícolas, como a do Roberto Mondavi e a do Coppola, além de restaurantes bacanas. Todas as vinícolas oferecem degustação e coisas do tipo.

Booking.com