• Crédito: Shutterstock.com

    Coliseu

  • Crédito: Shutterstock.com

    Fontana di Trevi

  • Crédito: Shutterstock.com

    Fórum Romano

  • Crédito: Shutterstock.com

    Vaticano

ROTEIRO DE 4 DIAS EM ROMA


SAIBA O QUE VISITAR EM ROMA, COMO O COLISEU E A CAPELA SISTINA

1 º dia +

Mapa da sua rota

O que fazer em Roma (Itália)

Roma Antiga

  • Como no filme Para Roma, Com Amor, de Woody Allen, comece o roteiro por uma das principais atrações de Roma: o Monumento Vittorio Emanuele, localizado na Piazza Venezia, que mais parece um bolo de noiva.
  • Siga a pé para o Mercado e para as Colunas Traianas, onde você verá as primeiras ruínas da viagem, uma das melhores coisas para fazer na cidade.
  • Caminhe pela Via dei Fori Imperiali, da qual é possível avistar o Coliseu, uma das principais atrações de Roma. Antes de chegar nele, você verá, à direita, o Foro Romano, centro do antigo império. Entre, visite todas as ruínas e suba ao Monte Palatino para ter Roma Antiga aos seus pés.
  • Caminhe até o Coliseu e, quando parar de babar diante dele, espie o Arco de Constantino, que fica lá pertinho.
  • Entre no Coliseu e aproveite cada minuto lá dentro. Esse é, sem dúvida, um dos melhores lugares de Roma
  • Caminhe pela Via di San Gregorio para ver o Circo Maximo.
  • Caso tenha pique, encaixe no roteiro algumas das igrejas interessantes que ficam nos arredores, como a Basilica de Santa Maria in Cosmedin, onde encontra-se a Bocca della Verità, do outro lado do Circo Máximo; a Basilica di San Giovanni in Laterano, que é lindíssima; e, mais próxima ao Coliseu, a San Pietro in Vincoli, onde está o Moisés de Michelangelo.
  • Vai aí uma das grandes dicas de Roma: à noite, passeie em Trastevere, o bairro boêmio da cidade, onde há vários (e ótimos) bares e restaurantes.
* Todos os roteiros indicados foram visitados pela equipe de reportagem do Rota de Férias.
2 º dia +

Mapa da sua rota

O que fazer em Roma (Itália)

Pantheon e Fontana di Trevi

  • Entre os lugares para visitar em Roma se destaca o Pantheon, onde, sob uma escultura de Lorenzetto – a Madonna, de 1524 -, está enterrado o pintor Rafael.
  • Vá a pé até o Templo de Adriano, que ostenta grandes colunas na fachada.
  • Conhecer Roma também significa visitar as lojas da Via del Corso, onde fica a famosa Galeria Alberto Sordi,
  • Siga até a Fontana di Trevi e dedique um bom tempo para conseguir chegar à beira da fonte e tirar boas fotos, já que o lugar está sempre lotado.
  • Caminhe sem pressa pelas ruas ao lado da Fontana e aproveite para tomar um sorvete na Il Gelato di San Crispino (Via della Panetteria, 42), eternizada no livro Comer, Rezar, Amar, e dar de cara com o Palazzo del Quirinale, residência do presidente da república
  • Na hora de planejar o que visitar em Roma à noite, não deixe de incluir a Fontana di Trevi. Iluminada, ela fica ainda mais bonita. E dá para aproveitar para jantar nos arredores.
* Todos os roteiros indicados foram visitados pela equipe de reportagem do Rota de Férias.
3 º dia +

Mapa da sua rota

O que fazer em Roma (Itália)

Vaticano

  • Quanto mais cedo você chegar ao Vaticano, mais aproveitará. Por volta das 8h, a Basílica de São Pedro está relativamente vazia. Uma boa dica é usar trajes conservadores para não ter problemas na porta.
  • Passeie pela Praça de São Pedro e confira a simetria das colunas que a cercam.
  • Na basílica, veja a Pietà, de Michelangelo, logo após a entrada, à direita. Ande sem pressa conferindo cada detalhe da igreja, que reúne diversas obras de arte.
  • De elevador ou encarando os mais de 500 degraus da interminável escada, visite a cúpula. A vista é sensacional.
  • Vá à tumba dos papas.
  • Siga para os Museus do Vaticano. Olhando para a basílica a partir do centro da praça, ele fica na saída à direita. Siga os muros por cerca de 15 minutos.
  • Se você gosta de arte, passará no mínimo quatro horas por lá e achará pouco. E mesmo que não goste, levará cerca de duas horas para passar por todas as salas, conferir as principais obras e chegar à Capela Sistina, que fecha o circuito com chave de ouro.
  • Caso tenha pique (e tempo) ao sair do Vaticano, siga pela Via della Conciliazione até chegar ao Castelo Sant’Angelo. Dá para entrar nele, subir ao terraço e fazer fotos clássicas de Roma.
  • Apesar do cansaço, talvez seja irresistível voltar a Trastevere para mais uma noite. Aproveite para visitar a Basilica di Santa Maria Maggiore.
* Todos os roteiros indicados foram visitados pela equipe de reportagem do Rota de Férias.
4 º dia +

Mapa da sua rota

O que fazer em Roma (Itália)

Piazzas 

  • Tire o dia para visitar as fantásticas piazzas, grandes pontos de interesse de Roma.
  • Comece pela Navona, cuja forma se assemelha à dos antigos estádios de Roma. Aprecie os artistas pintando ao lado das fontes, sente nos cafés e faça fotos do belíssimo Palácio Pamphili, sede da Embaixada do Brasil na Itália.
  • Siga de táxi, ônibus ou mesmo a pé até a Piazza di Spagna, onde é possível passar horas em sua esplendorosa escadaria.
  • Para quem gosta de lojas de grife, um dos melhores lugares de Roma é a Piazza di Spagna e seus arredores, sobretudo nas vias dei Condotti e Bocca di Leone
  • Vá até a Piazza del Popolo, onde fica a igreja de Santa Maria del Popolo, que abriga obras de vários artistas, como Caravaggio.

Na hora de montar um roteiro em Roma, consulte também o site oficial de turismo da cidade.

ROTEIROS RELACIONADOS

* Todos os roteiros indicados foram visitados pela equipe de reportagem do Rota de Férias.

Serviços

Restaurantes+

La Trattoria de Gli Amici (http://www.trattoriadegliamici.org/)

Nesta simpática casa de Trastevere você pode provar uma deliciosa burrata de entrada antes de encarar as massas leves servidas "aos amigos".

Trattoria Da Lucia (https://www.google.com.br/maps/place/Trattoria+da+Lucia/@41.890415,12.46761,17z/data=!3m1!4b1!4m2!3m1!1s0x132f6047597f7715:0xa061090e6e354fc7)

Simpática cantina de Trastevere, onde é possível comer boas massas em um ambiente tipicamente romano.

Pizzeria Baffetto (https://www.google.com.br/maps/place/Pizzeria+Da+Baffetto/@41.898285,12.470308,17z/data=!3m1!4b1!4m2!3m1!1s0x132f6045227055b3:0xa8a865b132b31835)

Não dá para sair de Roma sem comer uma boa pizza. Nesta casa você encontra ótimas redondas. Só abre à noite e fica perto da Piazza Navona.

Galeassi (http://www.ristorantegaleassi.it/)

Dificilmente você encontrará uma lasanha mais saborosa do que a servida neste restaurante de Trastevere. Todas as massas servidas por lá, por sinal, são deliciosas.

Hosteria Cannavota (http://www.cannavota.it/)

Entre as especialidades, linguine alla reviglio (massa com molho de tomate e camarão) e peixes grelhados.

Fiaschetteria Beltrame (http://www.fiaschetteriabeltramme.info/)

Prove a alcachofra temperada com hortelã e o bucatini cacio e pepe (espécie de espaguete mais grosso, feito com creme de queijo e pimenta), além de carnes, peixes e vinhos biológicos.

Enoteca Buccone (http://www.enotecabuccone.com/)

Loja de vinhos onde são servidos, todos os dias, deliciosos almoços, e, às sextas e aos sábados, jantares típicos.

Il Gelato di San Crispino (http://www.ilgelatodisancrispino.com/?lang=it)

Esta é a famosa sorveteria do livro Comer Rezar Amar. Fica próxima à Fontana di Trevi.

Hotéis+

B&B Arco del Lauro (http://www.booking.com/hotel/it/arco-del-lauro-b-amp-b.en-gb.html)

Situado em Trastevere, onde rola a noite mais agitada de Roma, esta pousada tem quartos simples, porém confortáveis e com atendimento de primeira.

Al Centro di Roma (http://www.bbalcentrodiroma.com)

Simpático bed and breakfast situado entre o Pantheon e a Piazza Navona.

Hotel Locarno (http://www.booking.com/hotel/it/locarno.pt-br.html?aid=356986;label=gog235jc-hotel-XX-it-locarno-unspec-br-com-L%3Axb-O%3AwindowsS7-B%3Achrome-N%3AXX-S%3Abo-U%3AXX;sid=d582239a792827e915ee236b860c2943;dist=0&sb_price_type=total&type=total&)

Localizado a poucos passos da Piazza del Popolo, tem um belo jardim, onde é servido o café da manhã nos dias quentes do ano.

Portrait Suites (http://www.booking.com/hotel/it/portrait-suites.pt-br.html)

Este hotel é para quem procura luxo. Oferece tours exclusivos, como o itinerário de arte, em que o guia particular pode ser um arqueólogo ou um especialista em história da arte.

Dicas e curiosidades+

Quando ir

Os meses de julho e agosto, período em que as temperaturas superam facilmente os 40 ºC, podem ser evitados. O mais agradável é entre março e junho, durante a primavera, e de setembro ao início de dezembro, no outono europeu. O inverno é marcado por baixas temperaturas e chuvas, e a neve aparece só de vez em quando.

Roma Pass

Para visitar as atrações de Roma, é uma boa adquirir o Roma Pass, vendido pelo site www.romapass.it. Com ele, você terá entrada gratuita nos dois primeiros sítios arqueológicos ou museus que visitar, como o Coliseu e o Castelo e o Castel Sant'Angelo. Já nas atrações seguintes, pagará preço reduzido. O cartão também garante uso grátis de todo o sistema de transporte público e desconto em tours pela cidade. Custa € 36 por pessoa e é válido durante três dias consecutivos.

Castel Gandolfo

Se tiver tempo, visite Castel Gandolfo, onde fica a residência oficial do papa durante o verão tórrido de Roma. Distante 30 km ao sul da capital italiana, a cidadezinha tem o Lago Albano aos seus pés e, por isso, é perfeita para uma escapada das altas temperaturas de julho e agosto

Que roupa ir ao Vaticano

Para visitar a Basílica de São Pedro e não ser barrado na porta, é preciso estar convenientemente vestido: homens devem estar de calça comprida e camiseta, e mulheres de calça comprida ou saia longa e também camiseta ou algo que cubra os ombros.

Booking.com