• Crédito: Shutterstock.com
    Coliseu
  • Crédito: Shutterstock.com
    Fontana di Trevi
  • Crédito: Shutterstock.com
    Fórum Romano
  • Crédito: Shutterstock.com
    Vaticano

4 DIAS EM ROMA

CONFIRA UM ROTEIRO COMPLETO PARA CURTIR OS LUGARES HISTÓRICOS, COMO O COLISEU E A CAPELA SISTINA

1 º dia

Mapa da sua rota

Roma Antiga
– Como no filme Para Roma, Com Amor, de Woody Allen, comece o roteiro no Monumento Vittorio Emanuele, localizado na Piazza Venezia, que mais parece um bolo de noiva.

– Siga a pé para o Mercado e para as Colunas Traianas, onde você verá as primeiras ruínas da viagem.

– Caminhe pela Via dei Fori Imperiali, da qual é possível avistar o Coliseu. Antes de chegar nele, você verá, à direita, o Foro Romano, centro do antigo império. Entre, visite todas as ruínas e suba ao Monte Palatino para ter Roma Antiga aos seus pés.

– Caminhe até o Coliseu e, quando parar de babar diante dele, espie o Arco de Constantino, que fica lá pertinho.

– Entre no Coliseu e aproveite cada minuto lá dentro.

– Caminhe pela Via di San Gregorio para ver o Circo Maximo.

– Caso tenha pique, encaixe no roteiro algumas das igrejas interessantes que ficam nos arredores, como a Basilica de Santa Maria in Cosmedin, onde encontra-se a Bocca della Verità, do outro lado do Circo Máximo; a Basilica di San Giovanni in Laterano, que é lindíssima; e, mais próxima ao Coliseu, a San Pietro in Vincoli, onde está o Moisés de Michelangelo.

– À noite, passeie em Trastevere, o bairro boêmio da cidade, onde há vários (e ótimos) bares e restaurantes.

* Todos os roteiros indicados foram visitados pela equipe de reportagem do Rota de Férias.
2 º dia

Mapa da sua rota

Pantheon e Fontana di Trevi
– Visite o Pantheon, onde, sob uma escultura de Lorenzetto – a Madonna, de 1524 -, está enterrado o pintor Rafael.

– Vá a pé até o Templo de Adriano, que ostenta grandes colunas na fachada.

– Visite as lojas da Via del Corso, onde fica a famosa Galeria Alberto Sordi,

– Siga até a Fontana di Trevi e dedique um bom tempo para conseguir chegar à beira da fonte e tirar boas fotos, já que o lugar está sempre lotado.

– Caminhe sem pressa pelas ruas ao lado da Fontana e aproveite para tomar um sorvete na Il Gelato di San Crispino (Via della Panetteria, 42), eternizada no livro Comer, Rezar, Amar, e dar de cara com o Palazzo del Quirinale, residência do presidente da república

– Volte à noite para conferir a Fontana di Trevi iluminada e aproveite para jantar nos arredores.

* Todos os roteiros indicados foram visitados pela equipe de reportagem do Rota de Férias.
3 º dia

Mapa da sua rota

Vaticano
– Quanto mais cedo você chegar ao Vaticano, mais aproveitará. Por volta das 8h, a Basílica de São Pedro está relativamente vazia. Uma boa dica é usar trajes conservadores para não ter problemas na porta.

– Passeie pela Praça de São Pedro e confira a simetria das colunas que a cercam.

– Na basílica, veja a Pietà, de Michelangelo, logo após a entrada, à direita. Ande sem pressa conferindo cada detalhe da igreja, que reúne diversas obras de arte.

– De elevador ou encarando os mais de 500 degraus da interminável escada, visite a cúpula. A vista é sensacional.

– Vá à tumba dos papas.

– Siga para os Museus do Vaticano. Olhando para a basílica a partir do centro da praça, ele fica na saída à direita. Siga os muros por cerca de 15 minutos. Se você gosta de arte, passará no mínimo quatro horas por lá e achará pouco. E mesmo que não goste, levará cerca de duas horas para passar por todas as salas, conferir as principais obras e chegar à Capela Sistina, que fecha o circuito com chave de ouro.

– Caso tenha pique (e tempo) ao sair do Vaticano, siga pela Via della Conciliazione até chegar ao Castelo Sant’Angelo. Dá para entrar nele, subir ao terraço e fazer fotos clássicas de Roma.

– Apesar do cansaço, talvez seja irresistível voltar a Trastevere para mais uma noite. Aproveite para visitar a Basilica di Santa Maria Maggiore.

* Todos os roteiros indicados foram visitados pela equipe de reportagem do Rota de Férias.
4 º dia

Mapa da sua rota

Piazzas
– Tire o dia para visitar as fantásticas piazzas romanas, a começar pela Navona, cuja forma se assemelha à dos antigos estádios de Roma. Aprecie os artistas pintando ao lado das fontes, sente nos cafés e faça fotos do belíssimo Palácio Pamphili, sede da Embaixada do Brasil na Itália.

– Siga de táxi, ônibus ou mesmo a pé até a Piazza di Spagna, onde é possível passar horas em sua esplendorosa escadaria.

– Para quem gosta de lojas de grife, há muitas nos arredores da Piazza di Spagna, sobretudo nas vias dei Condotti e Bocca di Leone

– Vá até a Piazza del Popolo, onde fica a igreja de Santa Maria del Popolo, que abriga obras de vários artistas, como Caravaggio.

* Todos os roteiros indicados foram visitados pela equipe de reportagem do Rota de Férias.