5 DIAS NA TOSCANA


TERRA DO RENASCIMENTO, NA ITÁLIA, É PALCO DOS CAMPOS VERDEJANTES PONTUADOS POR PARREIRAS

1 º dia +

Mapa da sua rota

Florença

– Passeie pela bela Catedral de Santa Maria Del Fiore, o Campanário de Giotto e o Batistério de São João. Suba as escadarias para ter vistas arrebatadoras da cidade.

– Caminhe pela Piazza di S.Lorenzo e faça compras na feirinha. É uma diversão. Lá, encontra-se de tudo: relógios, bolsas, lembrancinhas, luvas, echarpe e muito mais.

– Programe-se para passar demoradas horas nos restaurantes locais. E não deixe de ir às sorveterias. Algumas das melhores do mundo ficam em Florença.

– Caminhe até a Piazza della Signoria, onde fica o Palazzo Vecchio. Em frente a ele há uma réplica da estátua de Davi, de Michelangelo. Até 1873, a original ficava exatamente nesse lugar.

– Faça compras nas lojas de grife da região e não deixe de caminhar até a Ponte Vecchia, um dos símbolos da cidade.

– Do lado de lá da ponte, suba a ladeira rumo à Piazzale Michelangelo, de onde se tem a mais famosa vista de Florença.

* Todos os roteiros indicados foram visitados pela equipe de reportagem do Rota de Férias.
2 º dia +

Mapa da sua rota

Florença

– Florença é a terra do Renascimento, então reserve o dia para ir a alguns dos melhores museus do mundo. O mais importante de todos é a Galleria degli Uffizi, com obras de Raffaello, Leonardo da Vinci, Botticelli, Michelangelo, Tiziano, Durer e Rubens, entre outros.

– Reserve ao menos uma hora para ir à Galleria dell’Accademia, onde está o Davi original de Michelangelo. Mesmo que não goste de artes, vá. É inesquecível.

– Se sobrar tempo, conheça outras joias de Florença, como a Capela dos Médici e a Igreja Santa Croce (nesta última estão sepultados Michelangelo, Maquiavel, Galileu).

* Todos os roteiros indicados foram visitados pela equipe de reportagem do Rota de Férias.
3 º dia +

Mapa da sua rota

Pisa e Lucca

– De trem, carro, ônibus… Não importa. Chegou a hora de explorar a Toscana. Vale a pena conhecer cidades como a famosa Pisa, palco da Piazza dei Miracoli. Ali está a famosa torre torta e um batistério. Entre nele apenas se tiver tempo sobrando.

– Em Lucca, siga para a Piazza San Michele, lotada de restaurantes pega-turistas e lojinhas de souvenires. O lugar foi palco de um antigo coliseu (o único vestígio é mesmo o formato).

– Percorrer a Passeggiata della Mura, o caminho sobre as muralhas da cidade, é a melhor maneira de desvendá-la. São 4 km que valem o esforço. Aproveite também para conhecer a Piazza Anfiteatro, com casinhas construídas sobre um antigo anfiteatro romano, e a Catedral di San Martino.

* Todos os roteiros indicados foram visitados pela equipe de reportagem do Rota de Férias.
4 º dia +

Mapa da sua rota

Siena e San Gimignano

– Siga para Siena, onde você precisa visitar o Duomo, palco de obras de Donatello, Michelangelo e outros renascentistas. Visite a cripta com afrescos do século 13 e o museu com imagens góticas e esculturas.

– Vá até a Piazza del Campo, onde é realizado o famoso Palio, corrida de cavalos que acontece sempre em julho e agosto. Sente no chão e curta a arquitetura exótica da praça, onde ficam os edifícios do Palazzo Pubblico, em que funciona a prefeitura, e do Museo Cívico, com sua bela Torre del Mangia.

– Dali, vá a imperdível San Gimignano. Além das 14 torres medievais que marcam a paisagem local, cercada por vinhedos (programe-se para almoçar em um deles), não deixe de conhecer as duas construções na Piazza del Duomo: a Basílica Collegiata, com seus muitos afrescos e uma torre-mirante; e a pinacoteca do Palazzo Comunale, com sua Torre Grossa, de onde se avistam os belos campos ao redor.

– De tão famosa, a Gelateria di Piazza é um ponto turístico. É considerada a melhor do mundo. Peça um sorvete por lá e tire a prova.

* Todos os roteiros indicados foram visitados pela equipe de reportagem do Rota de Férias.
5 º dia +

Mapa da sua rota

Arezzo, Montepulciano ou Cinque Terre

– Escolha uma direção e ande despretensiosamente pelas belas cidades da toscana. Dá para ir para as simpáticas Arezzo e Cortona, com ares medievais, a cênica Montepulciano, dona de célebres vinhos, e muitas outras.

– Caso queira esticar um pouco mais a viagem, siga para Cinque Terre, no litoral, e conheça cinco cidades pequenas, coloridas e com atmosfera vibrante, onde é uma delícia caminhar e pedalar à beira-mar.

* Todos os roteiros indicados foram visitados pela equipe de reportagem do Rota de Férias.

Serviços

Restaurantes+

Caffe Rivoire (http://www.rivoire.it/)

Aqui você prova o chocolate quente mais famoso da Toscana enquanto observa o vaivém da Piazza della Signoria, na Florença.

Perché no! (http://www.percheno.firenze.it/)

Passe aqui para tomar um dos gelatos mais premiados da Toscana. Um dos sabores mais pedidos é o baccio, que leva um chocolate delicioso. Fica em Florença.

Trattoria ZàZà (http://www.trattoriazaza.it/)

Apesar de turística, esta trattoria de Florença serve ótimas massas e bistecas à fiorentina divinas. De sobremesa, peça o biscoito cantuccini com Vinho Santo. Na parede, tem um quadro do jogador brasileiro Edmundo, que frequentava a casa quando atuava pela Fiorentina.

'O Munaciello (http://www.munaciello.com/?lang=en)

Prepare-se para saborear uma das melhores pizzas da Itália. O estilo é napolitano, mas a casa fica em Florença. A decoração traz diversas referências a teatro e ao Napoli, time de futebol.

Osteria Le Logge (http://www.giannibrunelli.it/italiano/osteria_start.html)

Situada em Siena, é uma boa pedia para provar massas.

Ristorante Il Pozzo (http://www.ilpozzo.net/monteriggioni/en/#home-section)

Fica no distrito rural de Monteriggioni, a 15 km de Siena. É indicação do novelista Silvio de Abreu, que recomenda uma massa com molho de javali, o tagliatelle al Cinghiale, acompanhada de um bom vinho toscano encorpado.

Gelateria di Piazza (http://www.gelateriadondoli.com/)

Em San Gimignano, tem (só) o sorvete mais famoso de toda a Itália. Até o de gorgonzola é surpreendentemente bom. Duro é encarar as costumeiras filas na porta.

Hotéis+

Hotel Calzaiuoli (http://www.booking.com/hotel/it/hotelcalzaiuoli.pt-br.html)

Bem localizado, entre o Duomo e a Ponte Vecchio, tem quartos confortáveis e bom atendimento. É um bom lugar para ficar em Florença.

Hotel Alessandro della Spina (http://www.booking.com/hotel/it/alessandrodellaspina.pt-br.html)

Não só próximo à Torre de Pisa, mas também ao aeroporto e a estação ferroviária, o hotel tem quartos grandes e café da manhã reforçado com café expresso, cappuccino, iogurte e croissant de chocolate.

Palazzo Ravizza (http://www.booking.com/hotel/it/palazzo-ravizza-siena.pt-br.html)

Hotel com quartos com vistas para o Duomo. Tem quartos grandes e conta com um jardim de fundo que possui uma bela paisagem dos campos toscanos. Está localizado em Siena.

Castello Del Nero (http://www.booking.com/hotel/it/castello-del-nero-spa.pt-br.html)

O hotel ocupa uma construção do século 12 em meio aos vinhedos de Chianti, nas proximidades de Florença e Siena. É um dos melhores cinco estrelas das redondezas, com destaque para o spa.

Dica+

Carro ou trem?

É fácil e prático andar de trem pela Toscana. As grandes cidades estão interligadas pela malha ferroviária e você tem a oportunidade de provar vinhos sem culpa antes de voltar para o hotel ou seguir viagem. Mas para descobrir vinhedos incríveis, parar em meio a paisagens dos sonhos e aproveitar a Toscana em sua plenitude, bom mesmo é alugar um carro.

Curiosidade+

Leonardo da Vinci

A Toscana deu vida para um dos maiores gênios da arte de todos os tempos: Leonardo da Vinci (1452-1519). O mestre renascentista nasceu em Anchiano, a 3 km da aldeia fortificada de Vinci (daí o “sobrenome”).

Booking.com