• Crédito: Visualhunt

    Toscana

  • Crédito: bygdb - Gianni Del Bufalo (CC BY-NC-SA) via Visualhunt.com / CC BY-NC-SA

    Umbria

  • Crédito: Visualhunt

    Florença

  • Crédito: Visual Hunt

    Toscana

6 DIAS NA UMBRIA E NA TOSCANA


CIDADES HISTÓRICAS, VINHEDOS, OLIVEIRAS, CIPESTRES... FAÇA UMA VIAGEM LINDA PELA ITÁLIA

1 º dia +

Mapa da sua rota

Assis

– Comece o passeio pela Basílica de São Francisco, do século 13.

– Almoce na Piazza del Comune, a principal da cidade.

– Visite a Basílica Alta, também do século 13, com 28 afrescos retratando a vida de São Francisco de Assis.

– À tarde, visite o Templo de Minerva, uma fachada dos tempos romanos e a Pinacoteca Comunale.

– As osterias na Piazza San Pietro são boas opções para o jantar.

* Todos os roteiros indicados foram visitados pela equipe de reportagem do Rota de Férias.
2 º dia +

Mapa da sua rota

Arezzo e Siena

– Siga para Arezzo, no sul da Toscana, onde você pode montar uma base. A cidade é conhecida pela produção de joias e tem um belo mercado de antiguidades.

– Passe a tarde na magnífica cidade medieval de Siena. É ao redor da Piazza del Campo, em Siena, que acontece o famoso Palio, competição a cavalo entre tradicionais grupos locais, em julho e agosto.

– Explore as vielas e as paróquias de Siena.

– Fotografe a Fonte Gaia e o Duomo.

– À noite, volte para Arezzo e aprecie um jantar toscano. Uma boa opção é a Gastronomia Il Cervo, com cardápio que varia de acordo com a estação.

* Todos os roteiros indicados foram visitados pela equipe de reportagem do Rota de Férias.
3 º dia +

Mapa da sua rota

Cortona, Montepulciano e Monteriggioni

– Ainda na porção sul da Toscana, pegue a estrada para conhecer pequenas cidades encantadoras.

– Uma delas é Cortona, a cidade que inspirou o livro e o filme Sob o Sol da Toscana – a escritora Frances Mayes vive lá.

– Almoce em Montepulciano, uma das localidades mais altas da região. Daqui sai o vinho Brunello di Montalcino, um dos mais valorizados do país. O castelo no centro da cidade promove degustações.

– Faça uma parada em Monteriggioni, cidade murada no topo de uma colina. São 14 torres fortificadas, erguidas no século 12, que hoje abrigam restaurantes, lojas e cafés.

* Todos os roteiros indicados foram visitados pela equipe de reportagem do Rota de Férias.
4 º dia +

Mapa da sua rota

San Gimignano e Pisa

– Saia cedo para explorar a região central da Toscana pelas estradas vicinais.

– Comece por San Gimignano, cidade pequena mas rica em arte e famosa por suas treze torres medievais, erguidas nos séculos 12 e 13.

– Siga para Pisa e visite sua famosa torre, construída entre 1173 e 1350 – e inclinada desde 1274. Além da torre, a cidade tem como atração a pequena igreja de Santa Maria della Spina.

– As pequenas cidades de Greve in Chianti e San Casciano in Val di Pesa também valem a visita – são ricas em história e gastronomia.

* Todos os roteiros indicados foram visitados pela equipe de reportagem do Rota de Férias.
5 º dia +

Mapa da sua rota

Duomo e Ponte Vecchio, em Florença

– Comece a explorar Florença pelo centro da cidade, partindo da Piazza del Duomo.

– Entre na Santa Maria del Fiore, igreja do século 14 que foi uma das maiores obras de engenharia da Idade Média e é famosa pelo domo.

– Caminhe pela Via del Proconsolo e pela Via del Corso.

– Vá até a Piazza della Signoria e depois para a Ponte Vecchio, o principal cartão postal da cidade.

– Jante num dos cafés da Piazza della Signoria, cercado de arte.

* Todos os roteiros indicados foram visitados pela equipe de reportagem do Rota de Férias.
6 º dia +

Mapa da sua rota

Galeria Uffizi e Galleria dell’Accademia

– Chegue cedo para visitar a Galeria Uffizi, o museu de arte mais importante da cidade. De preferência, adquira os ingressos com antecedência para evitar filas.

– Aprecie obras de Caravaggio, Ticiano e Giotto, entre outros mestres. Aqui ficam “O Nascimento da Vênus”, de Botticelli, e “A Sagrada Família”, de Michelangelo.

– Escolha um café na Piazza della Signoria e siga para a Galleria dell’Accademia, famosa pela estátua “Davi”, de Michelangelo.

– Faça um jantar na região do Duomo. Uma boa opção de prato local é a bisteca alla fiorentina.

* Todos os roteiros indicados foram visitados pela equipe de reportagem do Rota de Férias.

Serviços

Restaurantes+

Enzo (http://www.daenzo.net)

O restaurante de Siena oferece cardápio criativo com ingredientes locais. Destaque para o espaguete com frutos do mar.

Gusto Giusto (http://www.facebook.com/gustogiusto.pisa)

Cantina e pizzeria com bons preços e atendimento simpático na cidade de Pisa.

Trattoria Angiolino (http://www.casatrattoria.com)

Localizado na Florença, o restaurante é concorrido e especializado na cozinha toscana. Serve uma ótima bisteca fiorentina.

Hotéis+

La Terrazza (http://www.booking.com/hotel/it/la-terrazza.pt-br.html?aid=356986;label=gog235jc-hotel-XX-it-laNterrazza-unspec-br-com-L%3Axb-O%3AwindowsSnt-B%3Afirefox-N%3AXX-S%3Abo-U%3AXX;sid=fbd815fb11876019f02671673fa18d3f;dist=0&sb_price_type=total&type=total&)

Hotel confortável, embora sem luxo, a 800 metros do centro histórico de Assis.

Le Capanne (http://www.booking.com/hotel/it/le-capanne.pt-br.html?aid=356986;label=gog235jc-hotel-it-it-leNcapanne-unspec-br-com-L%3Ait-O%3AwindowsSnt-B%3Afirefox-N%3AXX-S%3Abo-U%3Ac;sid=fbd815fb11876019f02671673fa18d3f;dist=0;sb_price_type=total;type=total;=;lang=pt-br;lang_click=top;cdl=it)

Charmoso hotel instalado num casarão de fazenda a 5 km de Arezzo, com ótimo restaurante.

NH Collection Porta Rossa (http://www.booking.com/hotel/it/nh-collection-firenze-porta-rossa.pt-br.html)

Aberto desde o século 12, é um dos hotéis mais antigos da Itália. Luxuoso e bem localizado, em Florença.

Dicas e curiosidades+

Livre sobre rodas

A melhor opção para viajar pela Toscana é a bordo de um carro alugado, que permite paradas ao seu gosto e acesso às encantadoras estradas vicinais. Quem curte viajar de moto tem na Toscana um dos cenários mais valorizados do mundo. Já as bicicletas são bem-vindas também, mas é preciso muito preparo físico, pois a região é cheia de colinas. Uma alternativa é contratar um passeio de bicicleta acompanhado por vans, que recolhem o viajante em caso de desistência ou cansaço.

Para quem vem de Roma

Se estiver na capital italiana, o trajeto de carro até Assis dura pouco mais de duas horas de carro. Visite a cidade com calma e aproveite para curtir outras paisagens da Umbria.

Booking.com