• Crédito: Shutterstock.com

    Vale do Douro

  • Igreja de Nossa Senhora dos Remédios, Lamego

  • Crédito: Shutterstock.com

    Alto Douro

  • Crédito: Cruzeiro pelo Douro

    Vale do Douro

3 DIAS NO VALE DO DOURO


PRIMEIRA REGIÃO VINÍCOLA TOMBADA NO MUNDO, O VALE DO DOURO É PURO DESLUMBRE

1 º dia +

Mapa da sua rota

O que fazer no Vale do Douro (Portugal)

Lamego e Peso da Régua

  • Lamego é a primeira cidade que vale visitar no Vale do Douro para quem vem do Porto, a meros 13 km de distância. Comece com uma visita à Igreja de Nossa Senhora dos Remédios, uma obra barroca no alto de uma colina com uma interminável escadaria de 686 degraus a seus pés. Se não quiser encarar a escalada a pé, não se preocupe: também há acesso por carro.
  • Depois, visite o Museu de Lamego, com obras sacras e artísticas desde a Idade Média. Ao redor da Sé, ficam ótimas tascas para o almoço.
  • À tarde, siga para Peso da Régua e reserve um passeio de barco pelo Douro para o final da tarde ou para a manhã do dia seguinte.
* Todos os roteiros indicados foram visitados pela equipe de reportagem do Rota de Férias.
2 º dia +

Mapa da sua rota

O que fazer no Vale do Douro (Portugal)

Alto Douro

  • O Douro pode ser explorado em passeios de barco, de trem ou de carro pelas estradas pequenas e sinuosas que cruzam as montanhas. Nelas, você chega a vilarejos como Armamar, Tabuaço, Pinhão e Sabrosa, entre outras.
  • Escolha uma vinícola para degustação e faça uma parada em qualquer desses vilarejos para o almoço. Mesmo nas tascas mais simples, a comida é sempre honesta, não raro suprema.
  • À noite, o movimento em Peso da Régua se concentra nos muitos bares e restaurantes às margens do rio.
* Todos os roteiros indicados foram visitados pela equipe de reportagem do Rota de Férias.
3 º dia +

Mapa da sua rota

O que fazer no Vale do Douro (Portugal)

Vila Nova de Fôz Coa

  • Seguindo no sentido leste pelo Douro, as últimas vilas são Vila Nova de Foz Côa e Barca D’Alva. A primeira é uma das mais antigas cidades de Portugal, fundada em 1299 e com presença humana muito mais antiga que isso, como pode ser verificado no Parque Arqueológico de Foz Côa, um dos maiores sítios de arte rupestre do mundo.
  • Barca D’Alva vale como curiosidade: é a cidade que faz fronteira com a Espanha e que conta com oliveiras, amendoeiras e vinhedos, claro, além de alguns cânions ao longo do Douro.

Na hora de montar um roteiro no Vale do Douro, consulte também o site oficial de turismo da região.

ROTEIROS RELACIONADOS

* Todos os roteiros indicados foram visitados pela equipe de reportagem do Rota de Férias.

Serviços

Restaurantes+

Douro à Mesa (https://www.google.com.br/maps/place/R.+do+Marqu%C3%AAs+de+Pombal+49,+5050-282+Peso+da+R%C3%A9gua,+Portugal/@41.1616919,-7.7924051,17z/data=!3m1!4b1!4m2!3m1!1s0xd24ad4be73143bd:0x8d20c68989007967)

Destaca-se pelo bacalhau, pelo porco grelhado e pelo ótimo vinho da casa.

Petiscaria Preguiça (https://sites.google.com/site/ppreguica/home)

Destaca-se pela sopa de peixe e pelos pescados fritos, muito bons.

Trás da Sé

Comida deliciosa por preços convidativos. Experimente o cabrito.

Hotéis+

Delfim Douro (http://www.booking.com/hotel/pt/dd.pt-br.html)

Hotel bastante confortável, no topo de uma encosta, com uma esplêndida vista do Douro.

Império Hotel (http://www.booking.com/hotel/pt/residencial-imperio.pt-pt.html)

Opção simples e funcional no centro da cidade, a um passo do cais e da estação de trem.

Bairro do Casal (http://www.booking.com/hotel/pt/bairro-do-casal-turismo-d-aldeia.pt-pt.html)

Charmosa pousada de apenas 5 quartos na área rural, ideal para um pernoite relaxante.

Booking.com