• Crédito: Gonzak via Visualhunt / CC BY-NC-ND

    Punta ferve no verão

  • Crédito: Paulo Basso Jr.

    Casapueblo

  • Crédito: Marcelo Campi via Visual Hunt / CC BY-SA

    Los Dedos

  • Crédito: jikatu via Visualhunt.com / CC BY-SA

    La Barra

1 dia em Punta del Este


BALNEÁRIO PRÓXIMO A MONTEVIDÉU PEGA FOGO NO VERÃO, MAS VALE A VISITA O ANO INTEIRO

1 º dia +

Mapa da sua rota

Casapueblo, cassino e praias

– Para quem chega de Montevidéu, a dica é, logo pela manhã, ir para a Casapueblo, que na verdade fica em Punta Ballena.

– Esta pitoresca construção de estilo único, com nuances gregas e mediterrâneas, foi projetada pelo artista Carlos Villaró que, enquanto vivo, recebia os visitantes.

– Hoje, o lugar se transformou em hotel, galeria e mirante para ver o pôr do sol. Vale a pena passar na lojinha e levar para casa alguma referência de Villaró.

– Cerca de 15 km separam Punta Ballena, onde fica a Casapueblo, de Punta del Este. Na região central há muito que fazer, como curtir os arredores do porto e a Gorlero, a rua principal, que é apinhada de hotéis e restaurantes.

– Dali é fácil chegar nas duas praias mais famosas do pedaço, a Mansa e a Brava, ambas com quiosques. Na Brava fica um dos principais símbolos de Punta del Este, o Monumento ao Afogado, também conhecido como Los Dedos. Todo mundo dá uma paradinha ali para tirar fotos.

– Aproveite para rodar pelos arredores e conhecer o famoso cassino Conrad, que também funciona como hotel.

– Durante a tarde, vale a pena ir às praias mais afastadas, como La Barra, point da galera no verão. Para chegar a ela é preciso atravessar a Ponte da Barra Leonel Viera, mais conhecida como ponte ondulada. Ali tem várias faixas de areias bacanas, como Montoya, Bikini.

– Para quem busca mais sossego, a dica é seguir por 40 km até José Ignacio, que tem clima rústico-chique e é uma espécie de Trancoso de Punta del Este.

– Durante a noite, vale a pena ficar na rua principal de La Barra no verão, que é bem movimentada. Em outras épocas do ano dá para voltar à península e curtir o cassino e os restaurantes nos arredores.

* Todos os roteiros indicados foram visitados pela equipe de reportagem do Rota de Férias.

Serviços

Restaurantes+

Lo de Tere (http://lodetere.com/)

Frutos do mar, peixes e massas são as pedidas desta casa, uma das mais clássicas de Punta del Este.

Boca Chica (http://bocachica.com.uy/)

Com cara de bistrô e galeria de arte, este restaurante próximo ao porto é, na verdade, uma boa churrascaria.

Rex (http://rexpuntadeleste.com/)

Nesta sanduicheira de La Barra você pode provar o famoso chivito uruguaio, um sanduba com filé na chapa presunto, mussarela, bacon, alface, tomate e ovo cozido com maionese.

Hotéis+

Conrad (http://www.booking.com/hotel/uy/conrad-punta-del-este-resort-casino.pt-br.html)

É um clássico, com cassino e ótima localização. Tem restaurantes, spa e até balada.

Serena (http://www.booking.com/hotel/uy/serena.pt-br.html)

Hotel pé na areia localizado na Playa Mansa.Tem uma piscina maravilhosa e um bar perfeito para curtir o pôr do sol.

Punta del Este Resort & Spa (http://www.booking.com/hotel/uy/punta-del-leste-resort.pt-br.html)

Resort clássico, com tantas regalias que nem dá vontade de sair dele. Mas a boa notícia é que ele fica em La Barra, point da galera no verão.

Como chegar de Montevidéu+

Transporte

Diversas agências situadas na capital uruguaia organizam passeios de bate-volta para Punta, que podem ser reservados nos hotéis. Da capital uruguaia também saem ônibus regulares para o balneário. É possível pegá-los no aeroporto ou no Terminal Tres Cruces. Mas o ideal mesmo para aproveitar o dia livre é alugar um carro.

Booking.com