• Crédito: Shutterstock.com

    Catedral Metropolitana

  • Crédito: Shutterstock.com

    Palacio de Bellas Artes

  • Crédito: Shutterstock.com

    Teotihuácan

  • Crédito: Shutterstock.com

    Cidade do México

4 DIAS NA CIDADE DO MÉXICO


AGITO URBANO, CLIMA DE INTERIOR, MUSEUS E MUITA HISTÓRIA

1 º dia +

Mapa da sua rota

Centro histórico

– Comece o dia indo ao coração da cidade, o Zócalo, a praça gigante no Centro cujo nome oficial é Plaza de la Constitución. Uma imensa bandeira do país tremula no local, que é o endereço do Palácio Nacional, sede do Governo Federal.

– Entre no palácio e visite os grandes e belos murais de Diego Rivera, chamados “Epopeya del pueblo mexicano” (ou “Historia de México através de los siglos”), pintados entre 1929 e 1935.

– Visite a Catedral Metropolitana, erguida em 1525 exatamente em cima do Templo Mayor dos astecas (cujas ruínas podem ser vistas do lado de fora, à direita da entrada da igreja). A igreja é uma das maiores das Américas e seu piso tem grandes desníveis, o que dá certa vertigem.

– Aproveite a diversificada comida de rua da capital mexicana para almoçar. Tacos, sanduíches, churros, salada de frutas… Dá para encontrar de tudo!

– Continue explorando a região central da cidade no período da tarde. Vale a pena entrar no Palacio de Bellas Artes e na Iglesia de San Francisco, que abriga um agradável restaurante.

– À noite, siga para o bairro de La Condesa, com ótimos bares e restaurantes. Tome cuidado com a pimenta: tudo que leva “salsa” é bem picante!

* Todos os roteiros indicados foram visitados pela equipe de reportagem do Rota de Férias.
2 º dia +

Mapa da sua rota

Virgem de Guadalupe e Teotihuácan

– Acorde cedo para dois passeios fora da cidade – e muito peculiares.

– O primeiro é para a Basílica da Virgem de Guadalupe, ao norte da Cidade do México.

– Logo ao chegar, visite a Basílica Nova e veja o manto que representa a aparição da santa para o índio Juan Diego Cuauhtlatoatzin, em 1531.

– Visite depois as igrejas mais antigas: são quatro prédios históricos, entre eles a Basílica Antiga (Templo Expiatorio a Cristo Rey) e a pequena Capela do Pocito.

– Ao sair da Villa de Guadalupe, siga para a região de Teotihuácan, a noroeste da Cidade do México.

– Explore a antiga cidade asteca, o museu e as ruínas antes de encarar a subida das duas pirâmides (e garantindo que o tempo esteja mais fresco a partir da tarde). Ambas foram erguidas por volta do ano 650.

* Todos os roteiros indicados foram visitados pela equipe de reportagem do Rota de Férias.
3 º dia +

Mapa da sua rota

Museu de Antropologia e Chapultepec

– Vá direto para o Museo de Antropología, que abre às 9h (exceto às segundas-feiras, dia em que fica fechado!), explorar a mais fabulosa coleção de artefatos e registros das civilizações pré-hispânicas.

– Pegue mapas e escolha seus roteiros com cuidado, pois o museu é imenso e merece sua dedicação.

– Almoce dentro do próprio museu, no Le Meridien, que tem comida mexicana, sanduíches e um bufê.

– À tarde, passeie pelo Bosque de Chapultepec, junto ao museu. Um dos maiores parques do ocidente (e maior da América Latina), a área abriga, entre outras atrações, o zoológico da cidade e o Castelo de Chapultepec.

– Entre no Castelo de Chapultepec, construído para ser a residência oficial dos governantes no final do século 18. Ele hoje é lar do National Museum of History.

– À noite, escolha um dos restaurantes de La Feria e Colonia Polanco, perto do bosque.

* Todos os roteiros indicados foram visitados pela equipe de reportagem do Rota de Férias.
4 º dia +

Mapa da sua rota

Museo Frida Kahlo e Xochimilco

– Explore a região sul da cidade, começando pelo bairro de Coyocán, onde viveram os artistas mais revolucionários da cidade na primeira metade do século 20.

– Visite o Museo Frida Kahlo, na casa onde viveu a artista, com algumas de suas obras.

– Siga para Xochimilco, a única região com riachos e lagos na cidade. Trata-se de um conjunto de canais nos quais barcos muito coloridos passeiam, levando a bordo visitantes, artesãos, vendedores, restaurantes sobre as águas e mariachis.

– Na volta, pare no bairro de San Ángel, que tem ótimos ateliês, cafés e lojas descoladas. Aos sábados, há um gostoso mercado de rua nos arredores da Iglesia de San Jacinto.

* Todos os roteiros indicados foram visitados pela equipe de reportagem do Rota de Férias.

Serviços

Restaurantes+

El Bajio (http://www.restauranteelbajio.com.mx)

Ótimo endereço para provar comida de várias regiões do México. Oferece opções light e menu para crianças.

San Ángel Inn (http://www.sanangelinn.com)

Trata-se da sede de uma antiga hacienda do século 17 ainda preservada, com salões chiques e jardim com mesas.

El Cardenal (http://www.restauranteelcardenal.com)

Restaurante tradicional da cidade, com dois endereços. Serve pratos regionais em menus que mudam de acordo com a estação.

Hotéis+

Four Seasons Hotel Mexico City (http://www.booking.com/hotel/mx/four-season-mexico-d-f.pt-br.html?aid=356980;label=gog235jc-hotel-XX-mx-fourNseasonNmexicoNdNf-unspec-br-com-L%3Axb-O%3AwindowsSnt-B%3Achrome-N%3AXX-S%3Abo-U%3AXX;sid=e6b66525375b0d26d62965199a08d4b2;dist=0&sb_price_type=total&type=total&)

Um dos mais elegantes da cidade, fica na região do centro financeiro e de compras da cidade, perto do Museo de Antropología.

Gran Fiesta Americana Chapultepec (http://www.booking.com/hotel/mx/fiesta-americana-chapultepec.pt-br.html?aid=356980;label=gog235jc-hotel-XX-mx-fiestaNamericanaNchapultepec-unspec-br-com-L%3Axb-O%3AwindowsSnt-B%3Achrome-N%3AXX-S%3Abo-U%3AXX;sid=e6b66525375b0d26d62965199a08d4b2;dist=0&sb_price_type=total&type=total&)

Perto de lojas e das atrações noturnas de Polanco, tem excelente serviço e quartos amplos.

Casa Roa (http://www.booking.com/hotel/mx/casa-roa.pt-br.html)

Mais badalado bed & breakfast da cidade, fica numa elegante casa dos anos 1950 e tem decoração bem contemporânea.

DICAS E CURIOSIDADES+

Vulcões ativos

A Cidade do México tem dois vulcões ativos na vizinhança, de nomes impronunciáveis: o Popocatépetl e Iztaccíhuatl. É o primeiro deles, com 5.426 metros de altura, que libera fumaça eternamente e pode ser visto praticamente de todos os pontos da cidade.

Fuja do trânsito

O trânsito na cidade é mesmo infernal, mas não será tão estranho a paulistanos, por exemplo. Vale a pena marcar os programas em regiões próximas no mesmo dia para não se perder nos deslocamentos.

Booking.com