• Crédito: Divulgação

    Cancún

  • Crédito: Divulgação

    Relax em Cancún

  • Crédito: Divulgação

    Skyline de Cancún

  • Crédito: Divulgação

    Mar azul

4 DIAS EM CANCÚN


OS HOTÉIS, A NATUREZA E A NOITADA FAZEM DESTE BALNEÁRIO O MAIS FERVILHANTE DO MÉXICO

1 º dia +

Mapa da sua rota

Curta seu resort

– Aproveite o primeiro dia para curtir seu resort e “sua” praia: cada hotel em Cancún ocupa uma faixa de areia branquíssima e tem, portanto, sua própria fatia de mar.

– Explore as piscinas e o spa – presente em praticamente todos os hotéis, que se esticam ao longo da avenida Kukulcán na chamada Zona Hotelera. Em Cancún nascem muitas tendências em tratamentos estéticos e massagens – aproveite!

– No final da tarde, siga para o Mercado 28, na Zona Urbana. Trata-se de um conjunto de lojinhas com excelentes produtos mexicanos, como roupas e objetos muito coloridos.

– Ao cair da tarde, embarque num galeão para o jantar-show Captain Hook. O espetáculo acontece no mar, a bordo, com piratas interagindo com o público.

* Todos os roteiros indicados foram visitados pela equipe de reportagem do Rota de Férias.
2 º dia +

Mapa da sua rota

Passe o dia no Xcaret

– Saia cedo para aproveitar ao máximo o dia no Xcaret, parque ecológico de Cancún que fica aberto das 8h30 às 22h30.

– Entre as 40 atrações do Xcaret, você pode escolher visitar sítios arqueológicos, entrar em cavernas, mergulhar em cenotes (rios subterrâneos, comuns na região), passear de barco em canais, shows, e um longo etc.

– As atrações pagas à parte incluem mergulho com golfinhos ou com tubarões, mergulho com cilindro e passeio em lancha rápida pelo Mar do Caribe, entre outros.

– Não deixe de subir na torre giratória. Com 80 metros de altura, ela permite vistas espetaculares de Cancún.

– Na volta, pare na Zona Urbana para um jantar típico mexicano – só não esqueça que quase todos os pratos levam muita pimenta, aqui chamada de salsa, pois vem em um molho.

* Todos os roteiros indicados foram visitados pela equipe de reportagem do Rota de Férias.
3 º dia +

Mapa da sua rota

Visite o Chichén Itzá

– De manhã, vários ônibus saem para o passeio até Chichén Itzá, mais importante sítio arqueológico maia do mundo. Use roupas confortáveis, tênis, boné e leve uma garrafa de água, pois há pouca sombra no meio do sítio arqueológico.

– A cerca de duas horas de Cancún, Chichén Itzá fica no estado de Yucatán. Foi uma cidade maia cujo apogeu aconteceu por volta do ano 1100 e seu sítio ocupa hoje cerca de 5 km².

– Você pode explorar a cidade maia usando um mapa ou aplicativo no celular. As atrações principais são El Castillo, a pirâmide dedicada ao Deus-Serpente, o Templo dos Guerreiros, o Observatório (El Caracol) e o Cenote do Sacrifício, mas há muito, muito mais.

– Perto do parque, os cenotes Ik-Kil e Dzitnup ficam abertos ao público (mediante ingresso) e você pode nadar em suas águas translúcidas.

– Também na volta, vale parar em Valladolid para visitar o Convento de San Bernardino de Siena, fundado em 1552 e com murais fabulosos.

* Todos os roteiros indicados foram visitados pela equipe de reportagem do Rota de Férias.
4 º dia +

Mapa da sua rota

Explore as praias

– Pegue o ferry para Isla Mujeres, ilha a cerca de 20 minutos de Cancún. Não esqueça o equipamento se o seu negócio é mergulho!

– Alugue um carrinho de golfe ou pegue um táxi para circular pela ilha.

– Se você não pretende fazer programas de mergulho, vá para Playa Norte relaxar durante a manhã ou siga para Garrafon de Castilla para ver a vida marinha a olho nu. No caminho, pare na Playa Lancheros, onde você pode alugar caiaques ou fazer um almoço bem especial em um restaurante ao ar livre.

– Aguarde o entardecer na Playa Lancheros, que tem o poente mais bonito da ilha.

– De volta a Cancún, visite o La Isla Shopping Mall e termine a noite dançando no Coco Bongo, uma das baladas mais famosas do Caribe.

* Todos os roteiros indicados foram visitados pela equipe de reportagem do Rota de Férias.

Serviços

Restaurantes+

Tempo by Martín Berasategui (http://tempobymartinberasategui.com/)

Para quem curte alta gastronomia, esta é a casa do chef espanhol (basco) com mais estrelas do Guide Michelin – oito ao total. Fica no hotel Paradisus.

La Habichuela Downtown (http://lahabichuela.com/centro/)

Tradicional de Cancún, com um ambiente de decoração única, com áreas ao ar livre entremeadas por árvores.

Sunset Grill (http://www.sunsetgrill.com.mx/#!/Home)

Localizado em Isla Mujeres, tem uma excelente vista para o pôr do sol, em mesas charmosas sobre a areia ou em tendas.

Hotéis+

Live Aqua Cancun (http://www.booking.com/hotel/mx/aqua-cancun.pt-br.html)

Um hotel que só aceita adultos e é ótimo para quem viaja entre amigos. As cabanas à beira-mar são um charme.

Moon Palace Golf & Spa Resort (http://www.booking.com/hotel/mx/moon-palace-golf-spa-resort.pt-br.html)

Ótimo para quem viaja em família. As piscinas parecem não ter fim e o hotel é mesmo grande: só de restaurantes, são 17.

Fiesta Americana Condesa Cancun (http://www.booking.com/hotel/mx/fiesta-americana-cancun.pt-br.html)

A rede Fiesta Americana é tradicional no México e famosa pelos serviços. O entretenimento é bastante variado.

Dicas e curiosidades+

Quando ir

Julho e agosto é altíssima temporada em Cancún, período de férias de verão no México e nos Estados Unidos. Setembro é o mês das tempestades provocadas por furacões, que podem não acontecer. Por isso, para curtir sem gastar demais, considere o período entre março e junho ou entre outubro e dezembro. O calor é constante o ano inteiro em Cancún, todo dia dá praia.

Transporte

Na Zona Hoteleira , use os ônibus do transporte público. São eficientes, rápidos e baratos. Os táxis não são caros, mas não dispõem de taxímetro, obrigando o passageiros a combinar o preço antes da viagem. Caso queira se deslocar para outras regiões, como Playa del Carmen, Tulum ou Chichén Itzá, o ideal é alugar um carro ou contratar os passeios oferecidos pelas agências locais.

Booking.com