Crédito: Divulgação

Brasileiros podem casar e renovar votos oficialmente na Polinésia

26 de Janeiro de 2017

Por Maria Beatriz Vaccari

A Polinésia Francesa é um dos lugares mais lindos para casar ou renovar votos no exterior. E o melhor de tudo é que as documentações dos brasileiros são aceitas por lá e a celebração pode ser considerada oficial para efeitos legais.

Diversas operadoras auxiliam na tarefa, como a Paul Gauguin Cruises, especializada em cruzeiros, que oferece pacotes que incluem roteiros de navio e cerimônias na ilha particular Motu Mahana ou no hotel InterContinental Bora Bora Resort & Thalasso Spa.

Os casamentos e renovações de votos em Motu Mahana custam US$ 315. A opção conta com cerimônia tradicional da Polinésia,  jantar com o capitão do navio ou o diretor do hotel, garrafa extra de champanhe, bolo decorado e uma caixa de chocolate, coroa de flores,  arranjo de flores de luxo e foto 8×10 da celebração.

Quem preferir celebrar momentos especiais na queridinha ilha de Bora Bora pode optar pelo pacote de US$ 950. Ele incluí chegada da noiva no local da cerimônia em uma canoa, benção de um padre local em uma capela de vidro espelhado (localizada acima da lagoa e com vista para o Monte Otemanu), arranjo de flores para os noivos, certificado com o nome polinésio do casal, almoço com duas opções de pratos no resort, uso das instalações do resort após a cerimônia e transfers.

Os casais podem escolher duas opções de cruzeiros de luxo para passear pela Polinésia: Lautoka- Fiji e Papeete- Polinésia Francesa. O primeiro tem duração de 12 noites e parte de Lautoka em 24 de junho. O preço das cabines parte de US$ 4.595. A segunda opção zarpa de Papeete em 30 de agosto. O roteiro tem duração de sete noites e custa a partir de US$ 3.945.