Crédito: Divulgação

Volta ao mundo de trem: conheça o trajeto e o preço

5 de fevereiro de 2018

Maria Beatriz Vaccari

Um roteiro programado para 2018 pretende levar um grupo de viajantes para uma volta ao mundo de trem. A experiência, organizada pelo Grupo TT Travel, passará por três continentes e 17 cidades. Ao longo de 28 dias, os participantes irão embarcar em seis trens e percorrer 21 mil quilômetros sobre trilhos.

LEIA MAIS: VOLTA AO MUNDO: PACOTE LEVA VIAJANTES AOS GRANDES IMPÉRIOS DA HUMANIDADE
HOTEL EM MÔNACO LANÇA SUÍTE INSPIRADA EM GRACE KELLY

O roteiro começa na região urbana de Chicago, nos Estados Unidos, e depois sobre para o Canadá. Em seguida, o grupo voa para Pequim, na China, para desbravar a famosa ferrovia Transiberiana. Depois de passar pelo Deserto de Gobi de Erlian e por Moscou, na Rússia, a volta ao mundo de trem segue para a Europa, cruzando a fronteira geográfica marcada pelos Montes Urais. Ao chegar em Helsinque, na Finlândia, os viajantes embarcam no luxuoso navio Tallink Silja Line. A embarcação zarpa rumo à Estocolmo, última parada da volta ao mundo de trem.

Com partida marcada para 8 de setembro, o tour custa 27.900 euros por pessoa. O grupo viaja na companhia de uma guia brasileira e de profissionais que falam português e estão sempre dispostos a atender os desejos dos viajantes.

Paradas da volta ao mundo de trem

O trajeto faz paradas nas seguintes cidades: Chicago e Salt Lake City (Estados Unidos), Banff, Kamloops e Vancouver (Canadá), Pequim e Erlian (China), Ulaanbaatar (Mongólia), Ulan Ude, Irkutsk, Novosibirski, Ecaterimburgo, Kazan, Moscou e São Petersburgo (Rússia), além de Helsinque e Estocolmo.

Vale destacar que, quando não estão nos trens, os viajantes ficam sempre hospedados em hotéis que oferecem muito conforto, contato com a cultura local e alta gastronomia. Entre eles se destacam estabelecimentos das redes Hilton, Hyatt, Crowne Plaza e Sheraton.