Crédito: Pixabay

Viaje pelos 10 parques nacionais mais “instagramados” do Brasil

8 08-03:00 outubro 08-03:00 2020

Por Redação

Praias, vales, montanhas, trilhas, cachoeiras e dunas são algumas das muitas atrações naturais encontradas no Brasil. Com uma variedade de fauna e flora fascinante, o País criou áreas protegidas – chamadas de parques nacionais – para preservar esses ecossistemas.

Quer ganhar um e-book exclusivo com dicas de viagem? Assine nossa newsletter neste link.

Ao todo, o Brasil tem 73 parques nacionais, administrados pelos Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade. O mais legal é que alguns deles podem ser visitados por turistas.

A Musement, plataforma digital de descobertas de experiências pelo mundo, preparou uma lista com os top 10 Parques Nacionais Brasileiros que fazem mais sucesso no Instagram. Confira!

Parques nacionais mais “instagramados” do Brasil

1. Parque Nacional da Tijuca – 30.200 publicações

Cachoeiras, trilhas, mirantes, grutas e ruínas históricas do tempo das fazendas de café são algumas das maravilhas deste parque carioca, que é o mais famoso no Instagram. Localizado no coração do Rio de Janeiro (RJ) o parque abriga a primeira floresta replantada do mundo, um projeto de reflorestamento iniciado em 1861. Marcos famosos da cidade, como o Corcovado, o Pico da Tijuca e a Pedra da Gávea, também ficam localizados dentro do complexo.

2. Parque Nacional do Itatiaia – 29.800 publicações

Dividido em duas partes, a alta e a baixa, o Parque Nacional do Itatiaia possui atividades para todos os amantes da natureza. A parte baixa é ideal para quem busca algo mais tranquilo, com trilhas curtas, de fácil acesso e várias cachoeiras. Já a parte alta é perfeita para os fãs de aventura e adrenalina, com trilhas de dificuldade alta e sempre rumo ao topo, para desfrutar da vista fascinante e admirar as diversas formações rochosas, como o Pico das Agulhas Negras. O local fica na divisa do estado do Rio de Janeiro com o estado de Minas Gerais.

3. Parque Nacional de Foz do Iguaçu – 14.800 publicações

O parque que abriga as famosas Cataratas do Iguaçu, com um total de 275 quedas de água, fica localizado na fronteira entre o Brasil e a Argentina, e tem como base na parte brasileira a cidade de Foz do Iguaçu (PR). A maior parte das quedas são do lado argentino, o que proporciona uma vista melhor para quem observa a partir do Brasil. Entre as diversas atividades disponíveis no parque, é possível fazer trilhas, rafting, rapel e passeios de barco e caiaque.

4. Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros – 10.700 publicações

Localizado no estado de Goiás, o local compreende quatro cidades, tendo a sua entrada em Alto Paraíso. O Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros é dividido em quatro trilhas: Travessia das Sete Quedas, Trilhas dos Saltos, Trilha dos Cânions e Trilha da Seriema. Cada uma delas tem um nível de dificuldade diferente, dando ao visitante a possibilidade de escolher a que mais combina com ele. Em todas é possível tomar banho de rio e cachoeira, observar a fauna e flora, além de visitar áreas de antigos garimpos.

5. Parque Nacional da Serra dos Órgãos – 7.500 publicações

Com mais de 200 km de trilhas de todos os níveis de dificuldade, o Parque Nacional da Serra dos Órgãos é ideal para alpinistas. Uma das principais atrações do local é a trilha suspensa, com 1,3 km de extensão e nove metros de altura. Trata-se de uma ponte (com acesso para cadeirantes) que oferece uma atividade completamente diferente na altura das copas das árvores, dando a oportunidade para os visitantes admirarem o panorama de um ângulo único. O parque fica localizado no estado do Rio de Janeiro, entre quatro cidades: Petrópolis, Teresópolis, Guapimirim e Magé.

6. Parque Nacional da Chapada Diamantina – 5.800 publicações

Localizado entre Minas Gerais e a Bahia, o Parque Nacional da Chapada Diamantina compreende uma área de 152 mil hectares. Com uma grande diversidade ambiental e ecológica, o local possui inúmeras paisagens de tirar o fôlego. Ali, é possível encontrar 33 cachoeiras, duas cavernas, 10 locais para escalada e 16 sítios históricos. Dividido em três regiões (norte, centro e sul), com diferentes áreas de acesso, o complexo não possui sinal de celular e as trilhas não têm sinalização. Por isso, a melhor opção é contratar um guia local.

7. Parque Nacional da Serra da Canastra – 5.000 publicações

O principal objetivo da criação do Parque Nacional da Serra da Canastra foi para a proteção da nascente do Rio São Francisco, um dos principais do País, que atravessa cinco estados. Localizado a 325 km de Belo Horizonte (MG), em São Roque de Minas (MG), o parque possui uma vegetação diferenciada, pois é uma transição entre a Mata Atlântica e o Cerrado. Ali, o turismo de aventura é o ponto forte, a infraestrutura é precária e as estradas são todas de terra. O parque possui diversas cachoeiras. A mais famosa é a Casca D’Anta, com uma piscina no topo, onde se pode nadar. Canoagem, rapel, motocross e trilhas são algumas das atividades que também podem ser realizadas no local.

8. Parque Nacional da Serra do Cipó – 4.800 publicações

Os diversos sítios arqueológicos do Parque Nacional da Serra do Cipó comprovam a existência humana na região há mais de 10 mil anos. Localizado em Santana do Riacho, no estado de Minas Gerais, o local possui mais de 60 cachoeiras, sendo as mais famosas a Cachoeira do Tabuleiro, o Véu de Noiva e a Cachoeira da Farofa, além de cânions, cavernas e belas paisagens.

9. Parque Nacional de Brasília – 3.600 publicações

Criado durante a construção de Brasília (DF), o parque possui como atração principal duas piscinas que se formaram em poços de água às margens do córrego, em decorrência da extração de areia feita antes da implantação da cidade. Perfeito para um passeio em família, o complexo possui uma ótima estrutura e fica localizado entre os municípios de Brazlândia, Brasília e Padre Bernardo.

10. Parque Nacional de Jericoacoara – 2.900 publicações

Localizado a 300 km de Fortaleza (CE), o Parque Nacional de Jericoacoara fica na cidade de mesmo nome, com diversas atrações que incluem desde praticar esportes radicais nas praias e lagoas até contemplação de monumentos naturais, como o Serrote, a Árvore da Preguiça e a Pedra Furada (principal cartão postal da região).

LEIA MAIS: PRAIAS, DUNAS E LAGOS: O ESPETÁCULO DE JERICOACOARA
PARQUES NACIONAIS DOS EUA CELEBRAM 104 ANOS

Parques nacionais para conhecer no Brasil 

Na galeria, veja fotos dos principais parques nacionais do País.

  • Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros (Goiás) - Criado em 1961, o Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros é uma excelente opção para quem gosta de fazer trilhas, rapel ou escaladas. A entrada do parque já foi gratuita, mas agora está sendo cobrada, o que é importante para a manutenção do espaço
  • Crédito: Pixabay
    Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros (Goiás) - As atrações mais famosas são a Cachoeira Almecegas, que tem acesso por dentro da Pousada Fazenda São Bento, o Vale da Lua, conjunto de formações rochosas cavadas nas pedras pelas corredeiras de águas transparentes do rio São Miguel, a Catarata dos Couros e o Mirante da Janela, uma das vistas mais lindas da Chapada dos Veadeiros
  • Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros (Goiás) - No mesmo dia, é possível conhecer duas cachoeiras com 80 e 120 metros de altura. Há diversas trilhas com cachoeiras escondidas, além de ser um local com um misticismo em relação a extraterrestres muito interessante. Para conhecer grande parte da região, um roteiro de 4 a 6 dias é o suficiente
  • Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses (Maranhão) - Os Lençóis Maranhenses são atrativos muito explorados pela beleza única. A alta temporada de visita é entre junho e setembro quando as lagoas ficam mais cheias
  • Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses (Maranhão) - Na região é possível praticar stand up paddle, fazer passeios de lancha e caminhadas extensa para apreciar a beleza local
  • Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses (Maranhão) - O parque maranhense está inserido no Cerrado, mas conta com características da Caatinga e da Amazônia
  • Parque Nacional de Itatiaia (Rio de Janeiro) - Primeiro parque nacional a ser criado, Itatiaia é ideal para fazer trilhas, montanhismo e escalaminhadas. Todo caracterizado por montanhas e elevações rochosas, com altitude variando de 600 a 2.791 metros, no seu ponto culminante (o Pico das Agulhas Negras, o quinto mais alto do Brasil)
  • Parque Nacional de Itatiaia (Rio de Janeiro) - Há também a parte baixa do parque, com vegetação exuberante e cachoeiras próprias para banho. A região não exige tanto preparo físico
  • Parque Nacional de Itatiaia (Rio de Janeiro) - Por ser uma região serrana, é frequente o frio na região, chegando até a gear durante a noite
  • Parque Nacional do Caparaó (Minas Gerais) - É nesse parque que fica o Pico da Bandeira, terceira montanha mais alta do Brasil, com 2.892 metros, e o Pico do Cristal, sexta mais alta, com 2.769 metros
  • Parque Nacional do Caparaó (Minas Gerais) - A chegada ao cume é considerada difícil e requer bom preparo físico
  • Parque Nacional do Caparaó (Minas Gerais) - Uma oportunidade é fazer as caminhadas noturnas para assistir ao nascer do sol no pico
  • Crédito: Pixabay
    Parque Nacional da Chapada Diamantina (Bahia) - Um destino com grutas, montanhas e cachoeiras, a Chapada Diamantina também guarda um lado místico e bem interessante da época do garimpo
  • Parque Nacional da Chapada Diamantina (Bahia) - Com cidades pequenas, acolhedoras e cheias de histórias pra contar, o parque conta com opções de trilha, mergulho, rapel e outras atividades
  • Parque Nacional da Chapada Diamantina (Bahia) - A Cachoeira da Fumaça e o Morro dos Três Irmãos são as atrações mais conhecidas. Para quem tem pique, uma boa opção é fazer a trilha com Vale do Pati, que dura três dias
  • Parque Nacional Marinho de Fernando de Noronha (Pernambuco) - Um dos parques mais preservados do Brasil. A taxa para brasileiros é de R$ 106 para entrar no Parque Nacional Marinho, onde ficam as principais praias, e R$ 73,52 de taxa estadual por dia de estadia
  • Parque Nacional Marinho de Fernando de Noronha (Pernambuco) - A necessidade do pagamento é garantir de alguma forma a integridade do parque, que conta com fauna e flora preservadas
  • Parque Nacional Marinho de Fernando de Noronha (Pernambuco) - Lá, além das praias belíssimas, vale a pena apostar na prática de mergulho e snorkel, além de trilhas
  • Parque Nacional Marinho dos Abrolhos (Bahia) - Um destino de tirar o fôlego, Abrolhos representa um marco para a conservação marinha do Brasil
  • Crédito: sufw on Visualhunt / CC BY-SA
    Parque Nacional Marinho dos Abrolhos (Bahia) - O Arquipélago causou curiosidade a Charles Darwin, que o visitou em 1832, em razão de sua diversidade marinha
  • Parque Nacional Marinho dos Abrolhos (Bahia) - Hoje, para entrar no parque nacional é preciso pegar uma taxa de R$45 por pessoa. Entre as atividades, o viajante encontra mergulho livre, mergulho autônomo, observação de aves e trilhas. Nos meses de julho a novembro é possível realizar observação de Baleias Jubarte, que deixam as águas geladas do Polo Sul para se reproduzirem na costa brasileira
  • Parque Nacional da Serra dos Órgãos (Rio de Janeiro) - Esse parque na Região Serrana do Rio é um palco cheio para os aventureiros. Ele ocupa quatro municípios do estado: Petrópolis, Teresópolis, Guapimirim e Magé
  • Parque Nacional da Serra dos Órgãos (Rio de Janeiro) - A melhor época para a prática de montanhismo no parque é durante o inverno. Uma das atrações é o Pico do Dedo de Deus, com 1693 metros de altitude e um dos símbolos do Rio de Janeiro
  • Parque Nacional da Serra dos Órgãos (Rio de Janeiro) - No parque existem mais de 130 vias de escalada (a maioria com acesso gratuito). Um dos mais famosos é a Agulha do Diabo, que já foi eleita uma das quinze melhores escaladas em rocha do mundo. Além disso, a famosa Travessia Petrópolis-Teresópolis chama a atenção de trilheiros, que atravessam todo o parque contemplando belas paisagens
  • Crédito: Visualhunt.com
    Parque Nacional do Iguaçu (Paraná) - No parque das Cataratas além do ingresso de R$28 por pessoa para brasileiro, o viajante pode optar por pacotes que incluem transporte
  • Parque Nacional do Iguaçu (Paraná) - O local é Patrimônio Natural da Humanidade e uma das Novas Sete Maravilhas da Natureza
  • Parque Nacional do Iguaçu (Paraná) - É possível observar uma das quedas d'águas mais bonitas do planeta