Crédito:

Viagem pela Europa: conheça três roteiros inusitados

21 de maio de 2018

Por Redação

Quem sonha com uma viagem pela Europa pode aproveitar alguns dias para fugir dos passeios clássicos e conhecer pontos turísticos pouco visitados pelos brasileiros. A Latitudes, agência de viagem de conhecimento, lançou três roteiros especiais para quem quer sair do tradicional.

LEIA MAIS: INTERLAKEN CONTA COM ESTAÇÃO DE TREM MAIS ALTA DA EUROPA
1ª OU 2ª CLASSE DE TREM NA EUROPA

Viagem pela Europa: três roteiros inusitados

Hotel sobre os trilhos na Rússia

A Rússia abriga um universo cultural imenso e cheio de costumes e tradições. De 5 a 16 de setembro, a Latitudes levará viajantes a bordo do luxuoso trem Golden Eagle. Ele percorre a Transiberiana, a mais longa rede ferroviária do mundo, que conecta a Rússia europeia com as províncias do extremo oriente do país. No total, são 9.289 quilômetros e oito fusos diferentes.

Entre os destaques do trajeto de Ulan Bator a Moscou estão as históricas igrejas ortodoxas da Rússia, a Cidade Proibida, a Grande Muralha e o 708 ArtDistric, em Pequim. Um passeio de barco pelo Lago Baikal e pelo rio Ienisséi, na Sibéria, complementam a viagem.

Música clássica na Suíça

Porta de entrada para a Suíça central, Lucerna é conhecida pelos eventos musicais. De 1 e 9 de setembro, a Latitudes convida os viajantes a se surpreenderem com o Festival de Música Clássica da cidade. Tradicionalmente, o evento reúne as mais respeitadas formações musicais do mundo. As principais apresentações acontecem no Centro de Convenções e Cultura, um dos marcos da arquitetura local.

O centro medieval de Lucerna tem mais de 700 anos e é um dos destaques, repleto de construções decoradas por afrescos centenários. Além da parte cultural, a Latitudes acrescenta toques de aventura com a visita ao Monte Titlis, que fica a mais de três mil metros de altitude. Uma das atrações do Titlis é a Cliff Walk, uma ponte suspensa a 500 metros do chão, considerada a mais alta do tipo na Europa.

História e lendas sobrenaturais na Romênia

Antiga província romana, lugar de colônias saxãs e marcada por séculos de domínio Turco-otomano, a Romênia guarda os frutos de uma cultura que se desenvolveu sob a égide de uma violenta resistência ao império otomano. Diversas lendas e contos deram forma às crenças populares. Figuras como Conde Drácula, “o empalador”, marcam tanto os livros de história quanto os contos vampirescos.  De 7 a 19 de outubro, o historiador Saulo Goulart vai desvendar os mistérios desse destino singular.

Entre os destaques do roteiro está Sighisoara, cidade medieval fundada por saxões durante o século XII. Ela é um dos locais mais belos e bem preservados do período em toda a Europa. É ali que está a famosa Casa de Drácula. Já Brasov é a mais importante cidade medieval e a mais visitada da Romênia.