Crédito: Pixabay

Viagem para o Japão: conheça cinco passeios imperdíveis

22 de outubro de 2018

Por Redação

Só no ano passado, 28,69 milhões de pessoas fizeram, ao menos, uma viagem para o Japão, segundo a Agência de Turismo do país. O número é interessante, já que o Brasil, por exemplo, recebeu 6,6 milhões de turistas em 2017, segundo o Ministério do Turismo.

LEIA MAIS: VISTO PARA O JAPÃO: COMO TIRAR, DOCUMENTOS E VALORES
ISLÂNDIA, CUBA E JAPÃO: VEJA AS TENDÊNCIAS DE VIAGENS DE LUXO EM FAMÍLIA

Lucas Estevam, influenciador digital de turismo e fundador do blog Estevam Pelo Mundo, passou 20 dias no Japão. “Levando em consideração que o viajante vai levar dois dias para ir e mais dois para voltar, e que há a necessidade de se acostumar com o jet lag, é difícil explorar o mínimo que o país tem a oferecer em menos de uma semana. O mais impressionante desta viagem é poder vivenciar uma cultura totalmente diferente e mágica. É impossível não querer vestir um kimono e entrar no clima para sentir a vibe das cidades”, diz o viajante.

O profissional separou algumas atrações gratuitas ou com preços mais acessíveis que podem entrar para o roteiro de quem está planejando uma viagem para o Japão. Confira:

Viagem para o Japão: atrações imperdíveis

Explore a cidade de Takayama 

Quer voltar ao passado e vivenciar as tradições japonesas? É em Takayama, cidade na região de Gifu, que você poderá chegar bem próximo do passado. A cidade ainda preserva a vila antiga com construções do período Edo.

Além dos templos tranquilos, um dos destaques da cidade é o mercado matinal, que existe há mais de 200 anos. O passeio é obrigatório e gratuito. Você só gasta com o que for comprar. “É em Takayama que vamos andar nas ruas íngremes com aquelas casinhas de madeira com telhados inclinados. A gente já se sente em um filme antigo de Samurai. Vale cada momento de contemplação”, comenta Estevam.

Visite o maior Buda do Japão, em Nara

É no templo Tōdai-ji que fica o maior Buda do país, feito de bronze do Buda Vairochana. Datado de 728, o templo é sede da escola de budismo Kegon e Patrimônio da Humanidade pela UNESCO.

A cidade de Nara fica bem ao Norte do Japão. Além do templo de Tōdai-ji, o local conta com mais sete santuários, com destaque também para o Kasuga-taisha, conhecido por ter várias lanternas de bronze em seu interior. Por fora, algumas lanternas de pedra embelezam ainda mais o santuário.

Descubra a magnitude do Castelo de Osaka

Diferentemente de alguns templos e monumentos do país, o castelo já passou por algumas tragédias. Ele pegou fogo e também sofreu com a guerra, mas foi reconstruído em 1995. Do alto da torre, é possível ter uma vista 360º da cidade.

Se encante por um dos templos mais famosos de Kyoto

O templo de Kiyomizu-dera foi fundado no século 8 e passou por reformas até o século 17. O nome vem de uma nascente nas Montanhas de Otowa.

“É um dos templos mais famosos do país e, como o nome diz, é um local de água pura, que transmite um sentimento muito sublime para quem o visita”, contempla Lucas Estevam.

Mergulhe na história do Japão em Tókio

O Samurai faz parte da cultura do Japão e da cidade de Tókio. Os guerreiros eram muito respeitados pela disciplina, lealdade e honra até a morte.

O Museu do Samurai no Japão é uma oportunidade para ir a fundo na história do país por meio de sua arte e seus costumes. Passeando por um tour de duração de uma hora, o viajante poderá observar armaduras, espadas e assistir a lutas de ninjas e samurais.

“Foi uma das experiências mais interessantes que tive no país. Não só pela oportunidade de entrar a fundo na história japonesa, como também poder vivenciar de forma experimental. É possível tirar fotos vestido com armaduras em cenas de combate”, destaca o viajante.