Crédito: Visualhunt

Vai viajar? Conheça algumas das rodovias mais famosas do mundo

18 de outubro de 2017

Por Maria Beatriz Vaccari

Nas viagens para o exterior, especialmente para os Estados Unidos e alguns países da Europa, muitos motoristas aproveitam para se aventurar nas belas e rápidas rodovias. E existem percursos que são considerados os queridinhos dos fãs de automóveis, motocicletas e até bicicletas. Alguns são extremamente perigosos, outros misturam natureza e emoção. Confira a seguir as sugestões do Rota de Férias e prepara-se para o seu próximo passeio.

LEIA MAIS: Do primeiro carro do mundo a modelos clássicos: conheça o Museu da Mercedes, na Alemanha
Como é o Museu da Porsche, em Stuttgart

Rota 66 

Considerada uma das estradas mais emblemáticas do mundo, a Rota 66 cruza os Estados Unidos desde a cidade de Chicago até Los Angeles. No total, o motorista percorre 3.945 quilômetros, que passam por diferentes tipos de paisagens. A rodovia é uma das opções mais escolhidas para quem quer percorrer o país de moto, inclusive, passando por pontos turísticos famosos como o Grand Canyon.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Cercada pela natureza, estrada de Trollstigen, na Noruega, tem 11 curvas acentuadas e 106 km

Trollstigen

Localizada na Noruega, a estrada da montanha de Trollstigen é uma boa opção para quem gosta de percursos desafiadores. A rodovia fica fechada durante o inverno e conta com 106 quilômetros. O que mais chama a atenção por lá são as 11 curvas acentuadas em sequencia e a grande inclinação, exigindo que o motorista esteja sempre 100% focado no trajeto. De quebra, ainda dá para ver uma das paisagens mais lindas do país, que conta com mirantes, cachoeiras e grandes paredões rochosos.

Iroha-Zaka

A estrada japonesa de Iroha-Zaka é o destino ideal para os condutores que adoram curvas acentuadas. A rota liga as regiões de Nikko e Oku-Nikko, tem uma pista exclusiva para subir e outra para descer e soma 48 curvas – elas correspondem a 48 letras do alfabeto japonês antigo. Além da aventura e das belas paisagens, o local é um ponto histórico do país, já que servia de caminho para os budistas peregrinos que iam ao lago Chuzenji.

canada
Rodovia canadense Icefields Parkway passa por cachoeiras, vales, lagos e montanhas

Icefields Parkway (Highway 93)

No meio das montanhas rochosas, a estrada Icefields Parkway funciona como uma interligação aos parques nacionais das cidades de Banff e Jasper, no Canadá. Durante seus 230 quilômetros de extensão, motorista e passageiros podem observar lagos, montanhas, vales, geleiras e cachoeiras. Vale lembrar que o local cortado pela rodovia é a casa de vários animais selvagens, por isso, é preciso estar sempre atento caso um deles invada a pista.

Great Ocean Road

Conhecida pelas diversas opções de paisagens naturais, a Great Ocean Road é considerada uma das rodovias mais bonitas da Austrália. O percurso interliga a cidade de Torquay a Allansford, e tem 243 quilômetros de extensão. Suas principais característica são a simplicidade e a ótima conservação.

bolivia
Camino a Los Yungas, na Bolívia, é chamada de “Estrada da morte” 

Camino a Los Yungas  

Conhecida como “Estrada da Morte”, a rota Camino a Los Yungas é uma das atrações turísticas da Bolívia. O percurso é extremamente perigoso, já que a pista é construída em penhascos e tem algumas partes com apenas três metros de largura. Mesmo assim, muita gente se aventura de bicicleta ou motocicleta para atravessar os 70 quilômetros que interligam as cidades de La Paz e Corioco.

Pacific Coast Highway (Highway 1)

Localizada na região da Califórnia, nos Estados Unidos, a Pacific Coast Highway conta com 1.055 quilômetros de comprimento. O percurso inclui o famoso trecho da Big Sur, que passa pela Bixby Creek Bridge, e leva o motorista a cidades como Santa Monica, Los Angeles, São Francisco e São Diego.

Estrada Los Caracoles 

argentina
Los Caracoles corta os Andes com uma série de curvas que exigem atenção

Passando pela Cordilheira dos Andes sem grades de proteção, a estradas Los Caracoles interliga as cidades de Mendonza, na Argentina, e Santiago, no Chile. Os 350 quilômetros de extensão são bem desafiadores, principalmente quando há neve na pista. Como o nome já indica, a rota conta tem uma série de curvas fechadas que a fazem parecer com um caracol.

Autobahn

A Alemanha é muito famosa por suas estradas bem cuidadas e sem limites de velocidade. Chamadas de Autobahns – esta palavra, na verdade, é o nome do sistema de rodoviário do país, assim como a BR no Brasil -, elas têm alguns trechos predominantemente retos e sinalizados, nos quais o motorista pode pisar fundo no acelerador. Apesar disso, as autoridades alemãs recomendam que os carros andem a até 130 km/h. Em outros pontos há limite e, se ele for desrespeitado, a punição é bem severa. Essas rodovias, com mais de 12 mil quilômetros de extensão, cortam o país de ponta a ponta.