Crédito: Divulgação

Turismo na Coreia do Sul: agência promove viagem em grupo

2 de janeiro de 2019

Por Redação

Quem quer conhecer um pouco da história e das tradições da Ásia pode explorar o turismo na Coreia do Sul. Em 2019, a Teresa Perez Tours, agência especializada em roteiros personalizados, vai organizar uma viagem em grupo ao país. O roteiro promete passar por atrações que variam desde palácios históricos até casas de chá medicinais. Além disso, os viajantes serão acompanhados por um guia especializado.

LEIA MAIS: AIRBNB RELEVA OS DESTINOS MAIS PROCURADOS PARA O RÉVEILLON
COMO FAZER UM ROTEIRO DE VIAGEM COMPLETO

Turismo na Coreia do Sul: roteiro de 10 dias

A viagem, que começa em 23 de março e se estende até 1º de abril, tem a cidade de Seul como ponto de partida. A capital coreana traz uma mistura impressionante prédios com arquitetura arrojada e resquícios de construções milenares – atualmente, ela compete com Tóquio como cidade mais cosmopolita da Ásia. Durante os dias na metrópole, serão explorados templos, palácios, mercados, museus e galerias.

O maior e mais importante palácio do país, o Gyeongbok, também fará parte da viagem. Construído em 1395, o prédio foi praticamente destruído em 1598, durante a guerra com o Japão, e reconstruído 270 anos depois. Ainda para explorar o passado sul-coreano, os viajantes farão um passeio pelo distrito de Insadong, com lojinhas de artesanato e antiguidades, e visitarão uma tradicional casa de chá medicinal.

Um dos dias da viagem será dedicado a Nami Island. A ilha já chama a atenção pelo seu formato de meia-lua, por conta da construção da Barragem de Cheongpyeong, no Rio Bukhangang. Um passeio até a zona desmilitarizada, um dos principais traços dos conflitos com a vizinha Coreia do Norte, também está incluso no roteiro.

Durante a viagem, o grupo terá a oportunidade de experimentar os sabores da culinária local. Para uma experiência completa, serão dadas aulas de culinária, com ingredientes comprados pelo próprio grupo em um mercado local. O passeio vai terminar com uma visita à Nanta Academy, com os ritmos tradicionais sul-coreanos tocados em diversos instrumentos.

  • Crédito: Divulgação
    Distrito de Myeongdong
  • Crédito: Divulgação
    Templo Bongeunsa
  • Crédito: Divulgação
    Palácio de Gyeongbok