Crédito: Ernesto Benavides/PROMPERÚ

Turismo gastronômico: conheça os sabores de Lima, no Peru

2 de maio de 2018

Por Redação

Além de ser um dos destinos mais reconhecidos em todo o mundo por sua história, natureza e cultura, o Peru é o o local perfeito para quem curte turismo gastronômico. Há alguns meses e, pelo sexto ano consecutivo, o país foi premiado com o “Melhor Destino Culinário do Mundo” no World Travel Awards 2017.

LEIA MAIS: ROTEIRO DE 2 DIAS EM LIMA
DICAS PARA VISITAR CUSCO E MACHU PICCHU, NO PERU

O escritório de turismo do Peru separou uma lista com os melhores restaurantes da cidade de Lima. Confira:

Turismo gastronômico: Lima

Central

É a estrela mais brilhante no universo culinário do Peru. Está classificado como o segundo melhor restaurante da América Latina e o quinto melhor do mundo pela reconhecida culinária de renome do chef Virgilio Martínez. Sua filosofia recupera a tradição pré-colombiana de troca e intercâmbio entre as comunidades da costa, das montanhas e da selva. Entre os principais ingredientes, estão peixes e mariscos. O menu destaca as vieiras temperadas com rocoto peruano picante e transformadas em uma crosta com textura de merengue, e os clientes podem escolher  uma seleção de batatas peruanas decorada com muña, uma espécie de menta andina e lascas de alpaca como acompanhamento.

Foto: Divulgação/Omar Lucas
Turismo gastronômico: restaurante Central, em Lima

Central

Maido

É o número um na América Latina – 8° a nível mundial – e é reconhecido pela sua cozinha nikkei. Maido está localizado no coração do bairro de Miraflores. Comandada pelo chef Mitsuharu Tsumura, a casa mistura a gastronomia asiática com os sabores do Peru. O menu oferece uma grande variedade de pratos que são servidos de quatro maneiras: no seu balcão, niguiris, ‘o entretempo’ e ‘de sua cozinha’.

Osso

Reconhecido por apresentar a melhor culinária de carnes, o restaurante Osso se destaca como a melhor grelha de luxo do Peru, com a peculiaridade de ter começado como um açougue. Inicialmente, o chef Renzo Garibaldi começou a convidar amigos para desfrutar de sua churrasqueira privativa ao redor da mesa de madeira para provar o resultado do processo de envelhecimento de diferentes cortes de carne (alguns por até 12 meses). Com as enzimas decompondo a carne e transmitindo camadas complexas de sabor, o chef começou a receber pedidos de outros públicos. Osso pode ser o restaurante menos autenticamente peruano nesta lista, mas também é um dos melhores locais da América do Sul para comer carne.

Divulgação

Osso

Isolina

Com base nas receitas tradicionais de Lima, o menu desenvolvido pelo chef José del Castillo propõe um passeio culinário de luxo pela cozinha caseira da região. Isolina, batizado assim em homenagem à mãe do chef, se apresenta como um charmoso casarão barranquino (localizado no bairro de Barranco), onde são servidos os melhores pratos representativos da cozinha criolla de Lima, como o pão crocante com pejerrey (tipo de peixe), a costela de porco a la chorrillana, acompanhada de um cremoso caldo de milho, fígado com cebolas, tortilla de cérebro, cau cau con sangrecita (espécie de dobradinha, feita com tripas, acompanhada de batatas), rins com vinho tinto e diferentes tipos de ceviche.

Amaz

É a referência latino-americana por excelência da cozinha amazônica. Com um amplo conhecimento da região e um foco particular nos ingredientes frescos e tradicionais da floresta, o chef Pedro Miguel Schiaffino impõe seu toque selvagem aos pratos como o ceviche, o tacacho (feito a base de banana) e a cecina (espécie de carne desidratada). Mesmo o menu de bebidas oferece uma interessante variedade de frutas raras e desconhecidas da despensa amazônica.

Divulgação
Amaz, em Lima, no Peru

Amaz

Fiesta

Localizado no bairro de Miraflores e dirigido pelo chef Héctor Solís, o Fiesta é o melhor representante da cozinha peruana do Norte. Foi lá que Solís conseguiu fazer com que a comida regional de sua cidade natal, Chiclayo, entrasse na categoria das grandes comidas gourmet. O arroz com pato a la chiclayana, o chinguirito (espécie de ceviche feito com o peixe típico da região chamado guitarra) e o espesado são as especialidades da casa, que leva esse nome pela união familiar e a atmosfera festiva que caracterizava a residência do chef durante sua infância.

Wa Lok

Destacado como o melhor exemplo expoente da comida peruana-chinesa, Wa Lok é apresentado como um restaurante oriental com uma grande variedade de pratos em 15 categorias diferentes. Reúne com perfeição uma mistura culinária entre a transcendental comida chinesa e a vasta despensa peruana que encanta todos os seus convidados. Com este estilo peculiar o lugar se caracteriza como a alternativa ideal para um agradável almoço familiar.

La Mar

Reconhecido muldialmente pela sua culinária de peixes e mariscos, o La Mar oferece repertório de ceviches a cargo do chef Andrés Rodríguez. Ceviches com polvo, ouriço-do-mar, camarões e garoupa são os pratos mais solicitados.

Divulgação
La Mar, em Lima, no Peru

La Mar

El Rincón Que No Conoces

Ícone da culinária afro-peruana e destaque por sua cozinha criolla cheia de tradição, este restaurante fundado pela chef Teresa Izquierdo – e atualmente administrado por sua filha Elena – inclui uma grande quantidade de guisados ​​que variam diariamente. Por lá é possível saborear mais de 30 pratos – entre entradas e pratos principais, bem como uma seleção de sobremesas tradicionais.

Veda

Cozinha com filosofia. Percy García, chef do restaurante Veda, localizado no bairro de Miraflores, promove a comida sem açúcar, glúten, lácteos e qualquer tipo de alimento de origem animal. Tudo isso, sem perder nem uma pitada do reconhecido tempero peruano.