Crédito: Pixabay

Turismo em Belize: praias caribenhas e muita história

3 de dezembro de 2019

Por Redação

Fazer turismo em Belize é surpreendente. O país caribenho, localizado entre o México e a Guatemala, reúne belas praias, com areias finas e mar azul, típicas da região. Com antigos templos maias e natureza selvagem, o país conquista também quem gosta de se aventurar.

Quer ganhar um e-book exclusivo com dicas de viagem? Assine nossa newsletter neste link.

O sumidouro natural Buraco Azul é uma das atrações mais conhecidas da região. A pequena extensão territorial do país, combinada com uma malha rodoviária que se estende por todo território, faz do Belize um ótimo destino para uma viagem de carro imersiva, que inclui, mas não se limita, a recordada costa da região.

LEIA MAIS: DICAS PARA PLANEJAR UMA VIAGEM PERFEITA
CONHEÇA OS 5 MELHORES DESTINOS PARA MERGULHO

Vejas as dicas que a locadora Enterprise Rent- A-Car separou para ajudar quem pretende visitar ou conhecer o local

Turismo em Belize

Chegada

O Philip S.W. Goldson International, principal aeroporto do país, fica localizado na Cidade de Belize, onde é possível alugar um carro. Um 4×4 é altamente recomendável. No geral, as estradas são boas, mas eventualmente é preciso encarar alguns trechos de terra ou buracos.

Contar com um GPS também é essencial, já que a sinalização é esparsa e você provavelmente terá dúvidas se está no caminho certo em alguns momentos. Vale saber, porém, que os nativos são bem simpáticos, e pedir informações à população local não costuma gerar um problema.

A maior cidade do Belize conta com centros históricos e culturais charmosos e uma bela arquitetura colonial. Para quem quiser extender a programação, há a opção de pegar um voo ou viajar de barco com destino a pontos de mergulhos populares, inclusive o Great Blue Hole. Ele é uma das grandes estrelas da segunda maior barreira de corais do mundo (a primeira fica na Austrália). Vale ainda ir às praias de Ambergris Caye e San Pedro.

Principais rodovias

Entre as principais rodovias está a Phillip Goldson ou Northern, que conecta a capital até a fronteira com o México, George Price. A George Price ou Western, como o nome sugere, segue pelo oeste do país e Hummingbird. Já a Coastal e a Southern são voltadas para quem vai explorar o sul.

Placencia

A Placencia é uma península com aproximadamente 25 quilômetros de extensão. Tomada por belas praias de águas turquesas, é boa para mergulho e concentra diversas reservas naturais.

Para chegar até o local, pegue a George Price Highway, que oferece paradas em locais como o zoológico de Belize. Um desvio leva até o Monkey Bay Wildlife, santuário e centro ambiental educativo.

Depois, siga pela Coastal Highway, com a Melinda Forest Reserve no caminho, e a Southern Highway. Já na península, antes de chegar à cidadezinha praiana de mesmo nome, a Placencia Highway leva às belas praias de Riversdale e Maya. Não deixe de visitar o Cockscomb Basin Jaguar Preserve para ver jaguares e conhecer mais da fauna da região.

Cayo District

Um dos templos maias antigos e bem conservados de Belize, o Caracol, fica no coração da Reserva Florestal Chiquibul das Montanhas Maya, no distrito de Cayo, no oeste do país.

O local impressiona não apenas pelo tamanho, mas também pelo imenso sistema de campos agrícolas e pela estrutura elaborada à época. A viagem até lá dura em torno de quatro horas. Por isso, vale firmar base um pouco antes, em San Ignacio, ou Santa Elena.

Ficar nessas regiões é uma boa ideia até para explorar outros tesouros maias, fazer trilhas na reserva Mountain Pine Ridge Forest, praticar rafting e visitar cavernas e cachoeiras.

Hummingbird Highway

Uma das principais e mais pitorescas rodovias do país, a Hummingbird conecta o Cayo District a Southern Highway e conta com atrações como o Blue Hole National Park e sua piscina natural. É lá também que estão as cachoeiras e trilhas de Billy Barquedier National Park. O trajeto que passa no meio da região mais montanhosa do país faz torna o caminho tão interessante quanto os destinos.

Norte do país

O interior da parte Norte do país geralmente é o mais preferido pelos turistas, mas não deve ser deixado de lado. A partir de Belize City, a Philip Goldson leva até o Crooked Tree Wildlife, ótimo para observação de aves. Ali dá para fazer tours de barco, passeios guiados e até aula de culinária.

Seguindo pela estrada, chega-se ao Corozal District e a cidade de mesmo nome. A herança maia, da antiga cidade costeira de Santa Rita, impressiona.

A atração arqueológica mais conhecida é Cerros, acessada de barco ou por uma estrada de terra na estação seca. O local possui um aglomerado de pirâmides dentro de uma praça central, com o templo principal medindo mais de 15 metros. A vista panorâmica do mar é fascinante.

O que fazer na América Central: 50 destinos incríveis

Conhecido como “Novo Mundo”, o continente americano abriga inúmeras belezas naturais de tirar o fôlego. Por esse motivo, fica até difícil decidir o que fazer na América Central. Cercada pelo Mar do Caribe, a região conta com muitas praias e ilhas, mas não fica atrás quando o assunto é história. Na galeria, confira algumas opções de destinos no centro do continente americano.