Crédito: Pixabay

Turismo consciente: agência doa cesta de alimentos a cada viagem comprada

3 de agosto de 2020

Por Redação

Diante do impacto sofrido pela covid-19, a agência Estação Férias Viagens e Turismo resolveu lançar o projeto solidário “Rota de Boas Ações”. A ação consiste na doação de uma cesta de alimentos a instituições e comunidades carentes a cada compra realizada, seja de pacotes ou reservas de hotéis, sejas de passagens de avião ou navios, tanto para destinos nacionais quanto internacionais.

Quer ganhar um e-book exclusivo com dicas de viagem? Assine nossa newsletter neste link.

Turismo consciente

Atualmente, a entrega das cestas, compostas por 20 itens da alimentação básica, visa atender às necessidades dos acolhidos pelo Projeto Alimento para Todos, promovido pelo Rotary Club de Barueri Alphaville na Comunidade Flamenguinho, localizada na cidade de Osasco (SP).

O local tem mais de 2 mil famílias em situação de vulnerabilidade, diretamente atingidas pela quarentena imposta pela covid-19. A ação possibilita, também, que o viajante escolha uma instituição ou comunidade de sua preferência, dentro do estado de São Paulo, para a entrega dos mantimentos.

LEIA MAIS: RESORTS DA COSTA DO SAUÍPE REABREM; VEJA AS MEDIDAS ADOTADAS
VIAJE DE CARRO: CONFIRA AS ATRAÇÕES DO TRIÂNGULO DAS SERRAS, PERTO DE SÃO PAULO

“Se uma família de cinco pessoas for viajar, por exemplo, eles terão direito a doar cinco cestas básicas para o projeto que estamos apoiando ou para o bairro que desejar. Não há alteração nos preços da viagem. O cliente paga apenas o valor normal, e a agência faz a doação correspondente”, explica Luiz Cesar Giagio, diretor geral da Estação Férias Viagens.

O executivo conta que, neste momento de retomada de atividades, há muitos profissionais realizando viagens a trabalho e algumas pessoas já se deslocam para destinos nacionais em busca de bem-estar. Luiz Cesar destaca a importância de agir de forma consciente, seguindo todas as medidas de segurança.

“A retomada das atividades turísticas está sendo realizada de maneira gradual. Acreditamos ser importante reativar as viagens para os destinos no Brasil, onde muitas cidades dependem do turismo para gerar empregos e renda. Os hotéis que já abriram e as companhias aéreas estão operando com todos os protocolos de proteção exigidos pelas autoridades de saúde locais”, finaliza Luiz.

GreenPress – Rede de Turismo Consciente

A GreenPress – Rede de Turismo Consciente é um projeto elaborado por jornalistas e formadores de opinião especializados no setor de viagens e turismo. Sem fins lucrativos, a rede trabalha para que o turismo seja uma indústria sustentável. A GreenPress pretende ser fonte de inspiração e de informação confiável para viajantes que buscam deixar pegadas sustentáveis pelo Brasil e pelo mundo.

Acompanhe o Instagram aqui.

Os lugares mais seguros para turistas na Europa

A pandemia do novo coronavírus mexeu com o todo o planeta, impactando diversas áreas. Com o turismo não foi diferente, já que viajantes do mundo inteiro precisaram modificar seu planos.

Entretanto, há alguns locais em que a situação está sob controle. Por isso, o site European Best Destinations, que visa promover o turismo na Europa, listou quais são os países mais seguros para conhecer após a pandemia.

Confira aqui quais foram os destinos apontados pelo site.

  • Crédito: Pixabay
    Açores (Portugal)
  • Crédito: Pixabay
    Açores (Portugal)
  • Crédito: Pixabay
    Alentejo (Portugal)
  • Crédito: Pixabay
    Alentejo (Portugal)
  • Crédito: Pixabay
    Algarve (Portugal)
  • Crédito: Pixabay
    Algarve (Portugal)
  • Crédito: PIxabay
    Batumi (Geórgia)
  • Crédito: PIxabay
    Batumi (Geórgia)
  • Crédito: Pixabay
    Bohinj (Eslovênia)
  • Crédito: Pixabay
    Bohinj (Eslovênia)
  • Crédito: Piaxabay
    Cavtat (Croácia)
  • Crédito: Piaxabay
    Cavtat (Croácia)
  • Crédito: Pixabay
    Corfu (Grécia)
  • Crédito: Pixabay
    Corfu (Grécia)
  • Crédito: Pixabay
    Gdansk (Polônia)
  • Crédito: Pixabay
    Gdansk (Polônia)
  • Crédito: Pixabay
    Ilha da Madeira (Portugal)
  • Crédito: Divulgação/André Carvalho
    Ilha da Madeira (Portugal)
  • Crédito: Divulgação/VisitMadeira
    Ilha da Madeira (Portugal)
  • Crédito: Pixabay
    Kotor (Montenegro)
  • Crédito: Pixabay
    Kotor (Montenegro)
  • Crédito: Pixabay
    Wild Tainga (na foto, Kuhmo, na Finlândia)
  • Crédito: Pixabay
    Malta
  • Crédito: Pixabay
    Malta
  • Crédito: Pixabay
    Oradea (Romênia)
  • Crédito: Pixabay
    Oradea (Romênia)
  • Crédito: Pixabay
    Preveza (Grécia)
  • Crédito: Pixabay
    Riga (Letônia)
  • Crédito: Pixabay
    Riga (Letônia)
  • Crédito: Pixabay
    Rijeka (Croácia)
  • Crédito: Pixabay
    Rijeka (Croácia)
  • Crédito: Pixabay
    Sibiu (Romênia)
  • Crédito: Pixabay
    Sibiu (Romênia)
  • Crédito: Pixabay
    Tbilisi (Geórgia)
  • Crédito: Pixabay
    Tbilisi (Geórgia)
  • Crédito: Pixabay
    Varsóvia (Polônia)
  • Crédito: Pixabay
    Varsóvia (Polônia)
  • Crédito: Pixabay
    Viena (Áustria)
  • Crédito: Pixabay
    Viena (Áustria)
  • Crédito: Pixabay
    Vilnius (Lituânia)
  • Crédito: Pixabay
    Vilnius (Lituânia)
  • Crédito: Pixabay
    Zagreb (Croácia)
  • Crédito: Pixabay
    Zagreb (Croácia)