O que fazer em Trujillo, cidade histórica do Peru

9 de janeiro de 2018

Por Thalita Ribeiro

O ponto mais procurado do Peru para roteiro nas férias é Machu Picchu. Entretanto, para quem opta por conhecer locais históricos, e muitas vezes menos visitados, a cidade de Trujillo surge como uma excelente opção para variar o passeio. Atrações culturais e arqueológicas podem proporcionar experiências fora do comum aos visitantes.

LEIA MAIS: MACHU PICCHU MUDA HORÁRIOS DE VISITA A PARTIR DE JULHO
PERU É ELEITO MELHOR DESTINO GASTRONÔMICO INTERNACIONAL

Em Trujillo, a história do local está marcada na arquitetura da cidade. Com características coloniais e republicanas, diversos casarões na região central passaram a abrigar museus com diferentes temáticas.  Confira algumas atrações na cidade que valem a visita.

Museu da Catedral
Conserva objetos relacionados à liturgia, esculturas e pinturas do período do vice-reinado, entre os quais destacam-se as telas “A negação de São Pedro” e “O Retrato de São João Batista”. Estão em exibição a mitra usada por Santo Toribio de Mogrovejo e também a custódia de San Valentín. Uma vez no edifício histórico de Trujillo, não deixe de reparar no teto decorado com vigas policromadas e na cripta decorada com pinturas dos apóstolos.

Plaza de Armas
Praça em Trujillo desenhada por Martín de Estete, advogado que fez parte da expedição à época do descobrimento da região, localizada no centro da cidade. Na parte central se observa o monumento da Liberdade, uma escultura de mármore em estilo barroco, obra do alemão Edmund Müller.

Catedral da Cidade
Construída na segunda metade do século 17, a principal igreja de Trujillo abriga importantes mostras da arte do vice-reinado, como as telas “A Transverberação de Santa Teresa” e “Santo Toribio de Mogrovejo”. O local abriga o único altar isento da cidade, a obra mais badalada feita pelos escultores da região.