Tags

O ponto de partida do seu roteiro de viagem.

Dicas de Viagem

Suíça deixa de exigir testes de covid-19 para turistas

Crédito: Swiss Images - Divulgação

A Suíça parou de exigir testes de covid-19 para turistas que chegam ao país. A medida foi tomada por conta da capacidade limitada de realização de testes em alguns países.

Além disso, o país reduziu de dez para cinco dias a quarentena entre positivados que vivem ou transitam em seu território. De qualquer forma, ainda é preciso, neste caso, apresentar um teste negativo para deixar o isolamento. Essa informação é importante, sobretudo, para os brasileiros que precisam fazer PCR-RT (72 horas) ou antígeno (24 horas) antes de voltar para o Brasil.

Seguro viagem na Suíça é obrigatório – Clique aqui para contratar o seu e ganhe 5% de desconto ao usar o cupom ROTADEFERIAS5.

Máscaras e distanciamento social

Ao mesmo tempo em que parou de exigir testes de covid-19 para turistas, a Suíça prorrogou, até 31 de março, as medidas de proteção relacionadas à circulação no país. Seguem obrigatórios, por exemplo, o uso de máscaras em alguns ambientes e o distanciamento social. Confira as medidas:

  • Eventos relacionados a cultura, lazer, esportes e onde é possível sentar-se para comer ou beber são permitidos apenas a vacinados ou recuperados com uso de máscara. Não é aplicável para menores de 16 anos.
  • Lugares onde não é possível usar máscara, como discotecas, piscinas, bares e esportes intensos são permitidos apenas para vacinados ou recuperados nos últimos quatro meses, bem como vacinados ou recuperados apresentando um teste negativo. Não é aplicável para menores de 16 anos.
  • Eventos externos para mais de 300 pessoas são permitidos apenas para vacinados, recuperados ou testados.

Passagens aéreas mais baratas para a Suíça? – Pesquise aqui e encontre as melhores opções.

Certificado em vez de testes de covid-19 para turistas

Qualquer pessoa que tenha sido imunizada no exterior com uma vacina aprovada pela Agência Europeia de Medicamentos (EMA), cuja lista não inclui a CoronaVac, e que viaje para a Suíça pode obter um certificado COVID suíço que valida as doses aplicadas. Ele tem validade de 270 dias a partir da segunda dose da vacina e vale em outros países europeus.

Quem tomou CoronaVac também pode solicitar o certificado, mas, nesse caso, o prazo de validade é de 30 dias após o pedido. Além disso, o documento é aceito apenas na Suíça.

O formulário para requerimento do certificado está disponível eletronicamente aqui. O prazo para o recebimento é de cinco dias.

Os documentos necessários para solicitar o certificado são:

  • Informações sobre sua nacionalidade (por exemplo, cópia do passaporte).
  • Confirmação da vacinação (por exemplo, certificado de vacinação com detalhes do titular, vacinas administradas, a instituição que realizou a vacinação, data da vacina). O turismo da Suíça sugere a plataforma ConecteSus, na qual é possível emitir o certificado de vacinação digital com QR Code.
  • Motivo da sua estadia na Suíça, quanto tempo você está hospedado e local.
  • Prova de chegada à Suíça (por exemplo, passagem aérea, passagem de trem ou reserva de acomodação).

Os documentos necessários devem ser apresentados em alemão, francês, italiano ou inglês. A taxa de emissão é de 30 francos.

Após submeter a solicitação, é necessário baixar o aplicativo COVID Certificate gratuitamente nas lojas da Apple e Google.

Clique aqui para receber as notícias do Rota de Férias por e-mail e ganhe um e-book exclusivo com dicas de viagem.

Regras para entrar na Suíça

Com o fim dos testes de covid-19 para turistas, confira em detalhes as atuais regras para entrar na Suíça.

  • Após a segunda dose da vacina aprovada pela Agência Europeia de Medicamentos, é permitida a entrada no país no mesmo dia. A exceção são os imunizados com a vacina da Janssen, que precisam aguardar 22 dias após a aplicação da dose para embarcar.
  • É necessário que a última dose da vacina (ou dose única) tenha sido aplicada nos últimos 12 meses.
  • Brasileiros completamente imunizados com as vacinas aprovadas pela Agência Europeia de Medicamentos devem providenciar um certificado COVID digital.
  • Brasileiros vacinados com a CoronaVac podem solicitar o certificado COVID, porém ele será válido por 30 dias para permanência na Suíça. A partir daí, será necessário testagem para a aquisição do certificado (teste PCR negativo emitido em menos de 72 horas ou antígeno em menos de 48 horas).
  • Caso o viajante tenha a intenção de seguir da Suíça para outros países, passarão a ser válidas as regras da nação de destino assim que ele deixar o país.
  • Ao entrar na Suíça, os contatos dos viajantes serão solicitados para controle de dados.
  • Crianças de até 16 anos acompanhada pelos pais são isentas de comprovação de vacinação.
  • Passageiros entre 16 e 18 anos não precisam apresentar o certificado de imunização – neste caso, deve-se mostrar um teste PCR negativo válido dentro das 72 horas. Menores de 18 anos não vacinados ainda não estão autorizados a entrar no país desacompanhados.
  • Para passageiros em trânsito ou conexão, é necessário verificar as regras com a companhia aérea.
  • Para retornar ao Brasil, é necessário apresentar o teste PCR negativo emitido em menos de 72 horas ou antígeno em menos de 24 horas.

PLANEJE SUA VIAGEM

Chip viagem

Acesse internet e telefone de qualquer lugar do mundo

Confira aqui

AMERICA CHIP

Seguro viagem

Compare diversas empresas de uma só vez e compre com desconto

Contrate aqui

SEGUROS PROMO

Passagens aéreas

Os melhores preços para viajar no Brasil e no mundo

Compre aqui

SKYSCANNER

Reserva de hotéis

Encontre a melhor opção de hospedagem para você

Reserve aqui

BOOKING

Informativo

Cadastre-se e receba com exclusividade nossos conteúdos.