Crédito: Divulgação

4 templos para cuidar da alma em São Paulo

27 de março de 2019

Por Redação

O turismo religioso é uma ótima oportunidade de aprender mais sobre cultura, história e, de quebra, cuidar da mente e da alma. Na região de Itupeva, no interior de São Paulo, há vários templos que merecem a visita. Confira quatro deles.

Siga a cobertura de nossos repórteres por todo o mundo, diariamente, no Instagram @rotadeferias, com direito a belas fotos e stories curiosos

4 templos para o turismo religioso em SP

Gruta do Quilombo

Divulgação
Gruta do Quilombo
Gruta do Quilombo é uma das opções que valem a visita

Ponto de peregrinação de fiéis católicos, a Gruta do Quilombo, localizada no bairro Quilombo, um dos mais antigos de Itupeva, tem toda a atenção da cidade em 12 de outubro, data em que é celebrado no Brasil o Dia de Nossa Senhora Aparecida. Na ocasião, a população local se reúne para ir até a gruta participar de uma comemoração, que acontece na capela do local.

O evento, realizado há quase 40 anos, faz parte do calendário oficial da cidade e é organizado pela Prefeitura Municipal, com apoio das associações dos romeiros e dos moradores do bairro.

Além de homenagear a padroeira do Brasil, o objetivo da celebração é manter viva a fé. Por isso, é um momento cheio de emoção. Fora dessa data comemorativa, a gruta fica aberta à visitação aos sábados, a partir das 8h.

Mosteiro de São Bento

Divulgação
Mosteiro de São Bento
Uma das atrações do Mosteiro de São Bento é a missa conventual

Localizado em Vinhedo, a 70 km de Itupeva, o Mosteiro de São Bento é referência na região para quem busca reflexão. Silencioso, o local fica sempre aberto. É mais frequentado aos domingos, por ser o dia em que acontece a missa conventual, com a presença dos monges que vivem e trabalham por lá.

A celebração tem canto gregoriano e bênção do Santíssimo, o que chama bastante a atenção dos visitantes. Além da questão religiosa, como o mosteiro fica num dos pontos mais altos de Vinhedo, ele proporciona lindas vistas, bem como momentos de paz e tranquilidade. Ao redor, o verde toma conta por causa dos jardins que tomam conta da região.

Templo Kadampa

Divulgação
Templo Kadampa
Templo Kadampa proporciona um contato com a cultura budista

Para quem quer meditar e descansar a mente, o templo Kadampa, em Cabreúva, é uma opção. Localizado a 34 km de Itupeva, o local oferece várias atividades gratuitas, além de ser uma ótima oportunidade para quem quer fazer uma imersão na cultura budista. É um ponto turístico importante da região.

Para quem deseja apenas conhecê-lo, o templo também recebe visitantes que chegam em grupos, mas é necessário fazer agendamento prévio. Os horários de visita são restritos: aos sábados e feriados, das 13h às 16h, e aos domingos, das 13h às 17h.

Matriz de São Sebastião

Divulgação
Matriz de São Sebastião
Matriz de São Sebastião é um dos cartões-postais de Valinhos

A Igreja Matriz de São Sebastião, em Valinhos, é um dos cartões-postais da cidade. Além da representação sagrada, tem muita importância na história da cidade, já que surgiu como pagamento da promessa para São Sebastião do então padre Francisco Manetta, com o objetivo de acabar com o surto de febre amarela que atingia a cidade em 1889.

LEIA MAIS: MAIOR TORRE JAPONESA DO BRASIL FICA EM SÃO PAULO
SANTUÁRIO NACIONAL DE APARECIDA RECEBE CELEBRAÇÃO ESPECIAL

Com o fim da doença, e com a ajuda de doações dos moradores, a igreja foi construída. Além da beleza de sua arquitetura interna e externa, a escadaria feita em pedra rosa, que dá acesso à igreja, é um dos destaques arquitetônicos do local.

Onde ficar

Para aproveitar todos esses templos, uma opção para se hospedar é o hotel Quality Resort Itupeva. Localizado a 50 minutos de São Paulo, ele fica em frente aos parques Hopi Hari e Wet’n Wild, e ao lado do Outlet Premium São Paulo. Os hóspedes contam com transfer cortesia de ida de volta para as três atrações.

Em sua estrutura, o local conta com lazer completo para adultos e crianças. Piscina climatizada, campo de futebol, quadra de tênis e salão de jogos são alguns destaques. As 220 acomodações contam com internet wi-fi, ar-condicionado, minibar, televisão de LCD com TV a cabo. Com capacidade para 340 pessoas, o Restaurante Trilheiros oferece gastronomia de qualidade em sistema de buffet ou à la carte.

Pelo mundo

Na galeria a seguir, confira alguns destinos para realizar o turismo religioso pelo mundo.

  • Turismo religioso pelo mundo - A Armênia, país localizado no continente asiático, foi a primeira nação do mundo a se tornar cristã. Mais de 90% da população segue a crença. Há belas igrejas para visitar por lá
  • Bangladesh, também na Ásia, é um país quase que totalmente rodeado pela Índia. O islã é a religião predominante por lá, seguido pelo hinduísmo. Destaque para os diversos templos da região
  • A Geórgia é um país europeu cuja a população, em sua maioria, é praticante do catolicismo ortodoxo. Desde 1994, a Catedral de Bagrati é reconhecida como patrimônio mundial pela Unesco
  • Na África, o Marrocos é outros país em que o islamismo se faz presente. É a religião oficial reconhecida pelo Estado, apesar de existirem muitos judeus e cristãos na nação. Uma vez lá, não deixe de visitar as mesquitas e mercados árabes
  • Mais da metade da população do Fiji, país insular da Oceania, é cristã. O hinduísmo também tem seguidores no local. O templo Sri Siva Subramaniya Swami, na cidade de Nadi, é um dos mais belos da nação
  • Mais de 70% da população da África do Sul é cristã. O hinduísmo também se faz presente, como poe ser visto no enorme templo dedicado à religião na cidade de Bronkhorstspruit
  • No Quênia, o cristianismo tem predominância, com destaque também para o islamismo. O país é famoso pelo café, pelas danças animadas e pelas roupas coloridas usadas pelos nativos
  • A Macedônia é um país em que a população se divida basicamente entre muçulmanos e católicos ortodoxos. A igreja de Santa Sofia, na pequena cidade de Acrida, atrai visitantes por guardar registros da história de Jesus Cristo
  • Mais de 90% da população do Paquistão, na Ásia, é muçulmana. A mesquita de Badshahi Mosque é histórica e fica na cidade de Lahore. Vale a visita
  • As Filipinas são outro país asiático em que o cristianismo tem grande influência. Cerca de 70% da população é praticante do catolicismo romano. A Catedral de Manila é uma das mais antigas do local e pode ser visitada
  • Na Nigéria, a população se divide entre o catolicismo e o islamismo. A Mesquita Nacional de Abuja, na capital, é um dos pontos turísticos do país
  • Na Indonésia, o governo reconhece oficialmente seis religiões. Os templos budistas são atrativos no país, com destaque para o Borobodu, construído no século 9
  • Na cidade de Lhasa, no Tibete, que pertence à China, encontra-se o Palácio Potala. O local foi residência do líder religioso budista Dahlai-Lama até 1959. Possui cerca de mil aposentos e é aberto para visitação
  • Em Israel, a maioria da população é formada por judeus; mas o islamismo também exerce influência no país. A cidade de Jerusalém, onde fica o Muro das Lamentações, é sagrada para ambas as religiões, assim como para os cristãos
  • País-sede da Igreja Católica, o Vaticano atrai visitantes de diversas partes do mundo. A Basílica e a Praça de São Pedro são os principais pontos de visitação dos peregrinos, bem como os Museus do Vaticano
  • Na Turquia é possível visitar a Mesquita Azul. A arquitetura do local enche os olhos dos visitantes e está localizada bem em frente a outro marco da cidade, a Basílica de Santa Sofia, que funcionou como templo ortodoxo, católico e muçulmano antes de se transformar em museu
  • Crédito: Pixabay
    A cidade de Meca, na Arábia Saudita, é considerada santa pelos muçulmanos. A Grande Mesquita foi a primeira construída sob as ordem do profeta Maomé, de acordo com a crença