Crédito:

Seguro viagem: sete motivos para não viajar sem ele

16 de fevereiro de 2018

Por Redação

Contratar um seguro viagem é um assunto que gera dúvidas em muitos viajantes na hora de planejar as férias, sobretudo se o destino for o exterior. Com orçamento divido entre passagens, hospedagem, lazer e alimentação, esse serviço costuma pesar no bolso, o que leva muitas pessoas a dispensá-lo.

LEIA MAIS: SEGURO VIAGEM: SAIBA QUANDO ACIONAR O SERVIÇO
CONHEÇA OS PAÍSES QUE EXIGEM SEGURO VIAGEM

Pensando nisso, a seguradora francesa April listou sete motivos para você repensar essa atitude e evitar que contratempos atrapalhem o momento de diversão ou trabalho. Não se esqueça de, antes de definir qual é o melhor seguro viagem, fazer uma cotação entre as principais operadoras do mercado:
O seguro viagem pode te livrar de imprevistos na viagem, seja de férias ou a trabalho
1. Atendimento médico e hospitalar
Caso necessite de atendimento médico, hospitalar ou odontológico, o seguro viagem oferecerá acesso aos profissionais de saúde no destino onde estiver. Você também poderá ter o conforto de ser examinado por um médico no hotel onde está hospedado, garantindo o pagamento das coberturas dentro dos limites contratados. 

2. Não ter que usar todas as suas economias
Em uma situação de crise de apendicite durante uma viagem aos Estados Unidos, com necessidade de cirurgia, por exemplo, é provável que tenha que desembolsar cerca de US$ 30 mil. Faça a conversão da moeda e imagine a dor de cabeça que será arcar com essa dívida sozinho. O seguro viagem adequado ao seu destino pode garantir a  sua tranquilidade com gastos não previstos.

3. Sua bagagem estará segurada
Uma das maiores reclamações sobre as companhias aéreas é ter as malas extraviadas. Entretanto, com o seguro viagem é possível receber reembolso de acordo com a cobertura contratada para essa situação, que também abrange danos causados aos objetos ou reembolso para os gastos pela demora da entrega por parte da companhia aérea.

4. Cobertura para doenças preexistentes
Quem sofre de uma doença crônica ou preexistente pode precisar de atendimento a qualquer momento. No exterior, os custos podem ser exorbitantes. Assim, o seguro viagem poderá cobrir os gastos com saúde em casos de urgência ou emergência em crises agudas. Algumas modalidade de apólice oferecem 100% de cobertura para preexistência, proporcionando ainda mais tranquilidade aos seus passageiros.

5. Não gastar com taxas para alterações do roteiro
Se, por algum motivo listado nas condições gerais do seguro viagem, você precisar antecipar o retorno ao destino de origem, não terá que pagar as inúmeras taxas que essas alterações requerem. Com o serviço, há opção de cobertura de todas as tarifas, inclusive se precisar estender a sua hospedagem por motivo médico.

6. Seguro viagem para equipamentos eletrônicos
É provável que você leve uma câmera fotográfica ou smartphone para registrar cada momento. Em caso de um furto qualificado, o seguro viagem pode garantir indenização de acordo com o limite contratado referente ao valor do aparelho. Só não se esqueça de fazer o boletim de ocorrência, e ter em mãos a nota fiscal e outros documentos solicitados. 

7. Reembolso para cancelamento da viagem
Durante o planejamento, não pensamos que imprevistos pode acontecer, fazendo-se necessário cancelar a viagem de férias. Uma doença, compromisso de trabalho ou problemas burocráticos são alguns dos que podem acontecer. Com o seguro viagem, pode não ser preciso calcular todo o prejuízo uma vez que há modalidades do serviço que possibilitam a cobertura para este tipo de evento.