Crédito: Pixabay

Dicas para planejar uma viagem perfeita

6 de fevereiro de 2019

Por Redação

Planejar uma viagem pode ser um processo trabalhoso. É preciso definir o perfil do viajante, o destino, o orçamento, como chegar ao local escolhido, como se locomover por ele, onde ficar, o que fazer, o que levar e muito mais. Tudo isso sempre pensando no melhor custo-benefício.

Siga a cobertura de nossos repórteres por todo o mundo, diariamente, no Instagram @rotadeferias, com direito a belas fotos e stories curiosos.

Como planejar uma viagem perfeita

Vistos

Alguns aspectos podem facilitar o processo para planejar a viagem perfeita. A agência Abreu lembra que destinos internacionais que exigem visto de entrada dos turistas brasileiros, por exemplo, precisam de mais planejamento e tempo.

LEIA MAIS: ROTEIRO DE VIAGEM PELA EUROPA: DICAS E SUGESTÕES
COMO FAZER UM ROTEIRO DE VIAGEM COMPLETO

Já os principais países da Europa permitem a entrada de brasileiros sem visto por até 90 dias. Isso também vale para destinos da América do Sul, como Colômbia, Chile, Argentina, Peru e Uruguai; diversos paraísos caribenhos, como Aruba, Barbados, Belize, Curaçao, Jamaica e República Dominicana; e alguns locais mais distantes, como Nova Zelândia, Malásia, Tailândia, Cingapura e Hong Kong.

Período da viagem

Existem elementos que pedem mais antecedência que outros. Férias em épocas de alta temporada, por exemplo, têm uma procura maior. Por isso, quem quer economizar deve se adiantar. Caso a viagem seja internacional, também vale a pena ter mais tempo, uma vez que elas são mais complexas e suscetíveis a variações cambiais.

“Por esses e outros motivos, recomendamos a nossos clientes que não deixem nada para a última hora”, enfatiza Ronnie Corrêa, diretor geral da Abreu no Brasil. “Para destinos pelo Brasil, o ideal é começar os planos quatro ou cinco meses antes da viagem. No caso dos internacionais, é melhor trabalhar com pelo menos seis meses e, se for em época de alta temporada, até um ano de antecedência”, completa.

Documentação

Para quem ama viajar e não perde um feriado prolongado, é essencial manter os documentos atualizados. Para destinos internacionais, o passaporte deve estar em dia, de preferência com mais de seis meses de validade. Países do Mercosul permitem a entrada de brasileiros apenas com o RG, mas a data de emissão deve ser inferior a dez anos. Muitas vezes, os procedimentos burocráticos para obtenção de novos documentos dependem de agendamento e disponibilidade de horários, por isso, é preciso ficar atento aos prazos.

Os viajantes frequentes também podem economizar tempo e dinheiro com um plano anual de seguro viagem. O serviço é uma boa alternativa para quem adora aproveitar os feriados para dar uma escapada.

Pesquisas 

Quanto mais tempo se tem, mais pesquisa se faz. Com isso, é possível conseguir ofertas especiais e parcelar os valores pagos, embarcando para as férias sem estar sobrecarregado financeiramente. Nestes casos, as agências despontam como boa opção. “Além de diminuir o trabalho do planejamento, já que a agência faz isso por você, nós também contamos com promoções desenhadas especialmente com hotéis e companhias aéreas e diferentes formas de pagamento”, comenta o diretor da Abreu. “Para completar, o turista estará lidando com especialistas, que conhecem bem o destino e suas atrações, já testaram os hotéis oferecidos e sabem quantos dias são necessários em cada lugar”, finaliza.