Crédito: Divulgação

4 bons motivos para visitar Paris no inverno

9 de janeiro de 2019

Por Redação

A França é um daqueles países perfeitos para se visitar a qualquer época do ano. Quem pretende conhecer Paris no inverno, por exemplo, tem uma grata surpresa. A estação mais fria do ano é perfeita para entrar em cafés charmosos, tomar boas taças de vinho e passar um tempo contemplando a neve que deixa a Cidade Luz ainda mais linda.

Siga a cobertura de nossos repórteres por todo o mundo, diariamente, no Instagram @rotadeferias, com direito a belas fotos e stories curiosos.

Divulgação

Les Caves du Louvre

A Interpoint Viagens & Turismo selecionou dicas imperdíveis para quem pretende conhecer a capital francesa no inverno. Confira:

Paris no inverno: 5 dicas 

Les Caves du Louvre

As adegas do Louvre surgiram no século XVIII e foram criadas pelo sommelier do rei Luix XV no porão de sua mansão, abrigando vinhos finos servidos ao rei e sua corte. Atualmente, é possível passear pela área de 600 metros quadrados para descobrir os segredos da fabricação de um bom vinho por meio de um aplicativo e de uma viagem sensorial. O tour, que dura 45 minutos, passa por cinco salas e permite que os participantes degustem e criem seus próprios rótulos.

Coleção Picasso

Até 13 de janeiro, é possível visitar a exposição “Picasso – obras primas”. A mostra reúne algumas das maiores obras do artista no Musee National Picasso. A coleção oferece uma nova visão da criatividade de Picasso e explora as exposições, artigos e publicações que acompanham cada uma das suas criações.

LEIA MAIS: HOTEL SHANGRI-LA PARIS ESBANJA LUXO EM HOSPEDAGEM E EXPERIÊNCIAS
PASSAGEIROS DA AIR FRANCE GANHAM MIMOS EM OUTLET DE PARIS

La Grande Epicerie de Paris

É preciso reservar ao menos uma manhã ou uma tarde inteira para se perder pelas gôndolas e bancadas de iguarias da tradicional La Grande Epicerie de Paris. O local é o melhor mercado de produtos gourmet da cidade. A matriz, e precursora, na rive gauche, está integrada à luxuosa loja de departamentos Le Bon Marché. O local é indicado para quem quer comprar produtos raros e excepcionais da culinária francesa.

Do Impressionismo ao Fauvismo

O museu Marmottan Monet vai exibir sessenta obras exclusivas de coleções particulares, antigas ou recentes, até 10 de fevereiro.  O conjunto é composto de pinturas, esculturas e desenhos apresentados pela primeira vez ao público parisiense ou que raramente foram mostrados antes. Obras de arte assinadas por Monet, Degas, Caillebotte, Renoir, Rodin, Camille Claudel, Seurat, Signac, Emile Bernard, Gauguin, Van Gogh, Redon, Vuillard, Bonnard, Derain, Vlaminck e Matisse fazem parte da atração.