Crédito: Divulgação

O que fazer em Xangai, cidade do GP da China

12 de abril de 2019

Por Leo Alves

Há muito o que fazer em Xangai, maior cidade da China. Neste final de semana, a metrópole recebe o GP chinês de Fórmula 1 pela 16ª vez. E será uma prova histórica, já que este será o milésimo grande prêmio da categoria. Sendo assim, se estiver por lá nos próximos dias, não deixe de visitar o autódromo.

Siga a cobertura de nossos repórteres por todo o mundo, diariamente, no Instagram @rotadeferias, com direito a belas fotos e stories curiosos.

A prova estreou na Fórmula 1 em 2004, com Rubens Barrichello, então na Ferrari, vencendo a primeira corrida. O brasileiro é até hoje o único piloto do País a subir no degrau mais alto do pódio chinês. O maior vencedor é pentacampeão Lewis Hamilton, que triunfou em 2008 e 2011, enquanto corria pela McLaren, e em 2014, 2015 e 2017, já pela Mercedes, seu time atual.

O que fazer em Xangai: dicas

Por ser uma grande metrópole, não faltam bons programas na cidade. Para quem adora uma boa compra, uma opção é a Rua Nanjing. O principal calçadão da cidade na região, que também abriga lojas de grife e de eletrônicos.

Xangai é uma cidade moderna e repleta de arranha-céus futuristas, que espetam o céu e formam um lindo skyline. Porém, seu lado histórico ainda pode ser visto em algumas partes. Algumas poucas construções mais verlhas podem ser vistas na Cidade Antiga de Xangai. É possível aproveitar os prédios e templos por lá, assim como os casebres do período de fundação da metrópole.

LEIA MAIS: CONFIRA 5 MOTIVOS PARA VIAJAR DE FÉRIAS PARA A CHINA
DICAS PARA CURTIR PEQUIM E A MURALHA DA CHINA

Por ser um local completamente globalizado, Xangai tem até mesmo um pedaço que remete aos Estados Unidos. Trata-se do Disneyland Parkm que leva as atrações da terra do Mickey para o território chinês.

Culinária

Há muita variedade também na gastronomia da cidade chinesa. Um dos pratos mais populares nas ruas de Xangai é o caranguejo, servido em diversas barracas. Uma espécie de pão cozido no vapor, o xiaolongbao, também faz sucesso na cidade. Se os sabores da China não caem bem, há diversas redes de fast food para quem prefere algo mais conhecido.

Museus automotivos

E já que o assunto é corridas, confira na galeria a seguir alguns dos mais incríveis museus automotivos espalhados pelo mundo.

  • Crédito: Divulgação
    Em formato de espiral, o Mercedes-Benz Museum conduz os visitantes por uma viagem pela história do automobilismo. Localizado em Stuttgart, na Alemanha, o prédio exibe mais de 160 automóveis
  • Crédito: Divulgação
    Os modelos são apresentados em ordem cronológica, desde os primeiros carros da montadora até os conceitos futuristas. Também existem setores dedicados a bólidos, caminhões e ônibus
  • Crédito: Divulgação
    O Museo Enzo Ferrari, em Modena, na Itália, fica na casa que pertecia ao criador da marca. Além das exposições de veículos, os visitantes conseguem observar detalhes do Museo dei Motori Ferrari, oficina onde o pai de Enzo costumava trabalhar
  • Crédito: Divulgação
    Além de ser um colírio para os olhos de que quem curte automobilismo, o museu da Ferrari conta com lojas exclusivas e um simulador semiprofissional, que permite experimentar virtualmente a condução de um monoposto Ferrari na pista italiana de Monza
  • Crédito: Divulgação
    O Ferrari World é o maior parque temático do mundo. Ele fica localizado em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes. Além de conhecer veículos da marca ao vivo, os visitantes podem se aventurar em brinquedos radicais
  • Crédito: Divulgação
    Com design de Ferrari, a montanha-russa Formula Rossa é a mais rápida do mundo. O brinquedo, que chega a 240 por hora, é um dos mais cobiçados do complexo
  • Crédito: Divulgação
    Os amantes das duas rodas não podem deixar de visitar o Harley-Davidson Museum, em Milwaukee, nos Estados Unidos. As exposições retratam mais de 100 anos de história da marca e reúnem mais de 450 motocicletas - os visitantes podem até mexer e tirar fotos a bordo de algumas
  • Crédito: Divulgação
    Os modelos da Harley que ficaram famosos no filme "Sem Destino" (1969) marcam presença por lá
  • Crédito: Divulgação
    Quem visita Munique, na Alemanha, pode ir ao museu BMW Welt, que fica ao lado do BMW Museum. Eles já chamam a atenção de longe graças às construções futuristas - o prédio do museu, por exemplo, foi projetado para parecer com um motor de quatro cilindros
  • Crédito: Divulgação
    É possível optar por tours guiados ou sair observando os veículos livremente. Dá para ver carros das três marcas do BMW Group: BMW, Mini e Rolls-Royce
  • Também na Alemanha, o Porsche Museum é uma boa opção para quem gosta de máquinas potentes. O museu fica na cidade de Stuttgart e conta com cerca de 80 veículos em exposição
  • É possível observar modelos das linhas 911 e Macan, carros de competição, protótipos e até exemplares de outras marcas (relacionados à montadora). Quem quiser levar a experiência a um nível mais elevado pode fazer um curso de mecânica na oficina do museu
  • O Volkswagen Auto Museum fica em Wolfsburg, na Alemanha, ao lado da primeira fábrica da montadora. O tradicional Volkswagen Fusca é uma das grandes estrelas do local
  • É possível observar detalhes de mais de 100 veículos da Volks, passando dos mais antigos a grandes lançamentos modernos e potentes
  • Crédito: O Honda Collection Hall, em Motegi, no Japão, exibe uma grande coleção de carros. A atração é um prato cheio principalmente para os fãs de Fórmula 1, que conseguem ver até veículos já pilotados por Ayrton Senna
    O Honda Collection Hall, em Motegi, no Japão, exibe uma grande coleção de carros. A atração é um prato cheio principalmente para os fãs de Fórmula 1, que conseguem ver até veículos já pilotados por Ayrton Senna
  • Crédito: Divulgação
    O museu da montadora japonesa também expõe motocicletas, carros históricos e protótipos. É possível fazer um tour virtual por meio da ferramenta Google Street View (https://goo.gl/cWjsDv)
  • Crédito: Divulgação
    O Museo Lamborghini, em Sant'Agata Bolognese, na Itália, abriga algumas das máquinas mais velozes do planeta. A Lamborghini Gallardo usada pela polícia italiana, por exemplo, chega a 320 km/h
  • Crédito: Divulgação
    Além dos veículos, que são exibidos em ordem cronológica, os visitantes conseguem acompanhar a história da Lamborghini por meio de um grande acervo de fotos