Crédito: Divulgação

O que conhecer em Mendoza: dicas para um roteiro de sete dias

26 26-03:00 agosto 26-03:00 2019

Por Redação

Definir o que conhecer em Mendoza, na Argentina, não é uma tarefa fácil. A cidade é reconhecida mundialmente por sua produção de vinhos. Com mais de mil vinícolas abertas à visitação, é a maior produtora da América Latina, se destacando principalmente pelo seu Malbec. O local também se destaca pelas diversas belezas naturais em paisagens que se dividem entre rios, lagos, montanhas nevadas e deserto.

Quer ganhar um e-book exclusivo com dicas de viagem? Assine nossa newsletter neste link.

A Brasileiros em Ushuaia, operadora especializada em destinos da Patagônia Argentina, agora também está oferecendo pacotes e roteiros especializados para os viajantes do Brasil curtirem o melhor de Mendoza. Veja dicas para aproveitar a cidade em sete dias.

LEIA MAIS: DESTINOS IMPERDÍVEIS NA ARGENTINA: 4 PASSEIOS TURÍSTICOS EM MENDOZA
COLHEITA DE UVAS ATRAI TURISTAS A MENDOZA, NA ARGENTINA

O que conhecer em Mendoza

Dia 1 – Bodegas

Vale a pena visitar as regiões de cultivo de uva na cidade. Dá para fazer um roteiro com guia visitando desde as vinícolas mais antigas até as mais modernas, além de degustar os melhores vinhos locais.

Divulgação
A cidade de Mendoza conta com inúmeras paisagens naturais | Divulgação
A cidade de Mendoza conta com inúmeras paisagens naturais

Dia 2 – Alta Montanha

O circuito permite conhecer a região de Potrerillos, Uspallata e Valle Cordilheirano, com suas formações e coloridos montes. Percorrendo a Rota Internacional nº7, o percurso leva até o grande cordão frontal da Cordilheira dos Andes e ao centro de Esqui Los Penitentes. Também dá para curtir Puente del Inca e suas fontes de águas termais e sulfurosas.

Por fim, há uma parada no Observador do Cerro Aconcagua, o “gigante da América”, com 6.959 metros. em seguida, o viajante visita Las Cuevas, a última cidade Argentina antes da fronteira com o Chile.

Dia 3 – Villavicencio

Outro circuito pela rota nº7 que vale a visita, dessa vez indo na direção noroeste, é o percurso que passa por um caminho histórico, que já foi o ponto geográfico de uma das colunas do Exército Libertador em direção ao Chile. Depois, chega-se aos caracoles, uma estrada com mais de 350 curvas.

Divulgação
A cidade é reconhecida pelo vinho que produz | Divulgação
A cidade é reconhecida pelo vinho que produz

Dia 4 – Vinho e Oliva

É impossível conhecer todas as vinícolas de Mendoza em apenas um dia. Por isso, separar mais um ou dois dias para conhecer adegas como a Tempus Alba, a Olivícola Pasrai, a Bodega Luigi Bosca e a Clos de Chacras, é indispensável.

Dia 5 – Vinhos e sabores de Maipú

Em um terceiro dia dedicado ao produto mais famoso da região, é possível visitar espaços como a Bodega Trapiche, a Bodega Sin Fin e a fábrica de azeite Zuelo de Familia Zuccardi.

Divulgação
Conhecer o Atuel Canyon é uma ótima pedida para os turistas | Divulgação
Conhecer o Atuel Canyon é uma ótima pedida para os turistas

Dia 6 – Atuel Canyon

Esse roteiro segue em direção às terras do sul, chegando a San Rafael – a 230 quilômetros de Mendoza. O percurso visita ainda a ilha do rio Diamante e o Canyon do rio Atuel com sua incrível combinação de cor, formas e suas paredes rochosas derivadas da erosão.

Divulgação
Além de belezas naturais a cidade também conta com atividades no centro | Divulgação
Além de belezas naturais a cidade também conta com atividades no centro

Dia 7 – City tour

Por último, vale a pena fazer um passeio pela cidade antiga, descobrindo seus pontos turísticos mais interessantes, como a Alameda Microcentro, o Bairro Cívico, o Parque General San Martin e o Cerro Gloria.

Dicas extras

Os brasileiros que visitam Mendoza não precisam de visto ou passaporte para entrar na Argentina, podendo viajar somente com carteira de identidade dentro da validade de dez anos. Também não é exigida nenhuma vacina.

A moeda utilizada é o peso argentino, mas em Mendoza, assim como outras cidades já bastante preparadas para o turismo, o dólar também é bem aceito em lojas.

50 lugares para conhecer na América do Sul 

Atacama, Rio de Janeiro, Cusco e Machu Picchu são alguns pontos bem famosos para conhecer na América do Sul. A região, rica em belezas naturais e história, abriga inúmeros locais para serem explorados de perto. Para te ajudar a escolher o próximo destino, o Rota de Férias separou uma lista de lugares para conhecer no continente.