Crédito: Pixabay

9 lugares para tomar café na Nova Zelândia

22 de outubro de 2019

Por Redação

A Nova Zelândia é um lugar especial para os apaixonados por café. Apesar de não produzir o grão, o país possui mais de 300 torrefações espalhadas pelo seu território. Nos anos 1980 e 1990, a região teve um boom com o consumo da bebida, o que resultou na criação do famoso “Flat White”, método com dois shots de espresso.

Quer ganhar um e-book exclusivo com dicas de viagem? Assine nossa newsletter neste link.

Por esse motivo, para quem está pensando em passar um tempo neste país, o neozelandês Marco Kerkmeester, dono da primeira unidade do Santo Grão no Brasil, preparou uma lista com nove lugares imperdíveis para conhecer e tomar café.

Lugares para tomar café na Nova Zelândia

Caffetteria Allpress

O espaço, localizado em Auckland, foi criado por Michael Allpress, um pioneiro na oferta de café com boa qualidade na Nova Zelândia. Os grãos são torrados no próprio local, com “Air Roasters” desenhado e manufaturado pelo proprietário da casa.

A loja fica dentro de um galpão antigo, em uma rua lateral, escondida no centro da cidade. É um ponto de encontro entre pessoas descoladas, artistas e executivos jovens. Além do bom café, há serviços de balcão, brunch e almoço.

LEIA MAIS: ENOTURISMO NA NOVA ZELÂNDIA: CONHEÇA OS MELHORES PASSEIOS
CURTA A NOVA ZELÂNDIA COM CRIANÇAS

Atomic Café

Dentro de um galpão industrial, em Kingsland, o Atomic Café tem torrefação aberta. O local foi um dos precursores da bebida em Auckland nos anos 1990. Cafés deliciosos e pratos interessantes estão à disposição. O blend de café espresso “Veloce” torrado mais escuro e com uma textura aveludada e amargor de cacau a 70% é ideal para quem ama café com leite.

Dear Jervois

A unidade tem um dos brunches mais badalados de Auckland. Além do famoso Flat White, que é servido bem sedoso, a cafeteria tem famosos ovos beneditos e saladas de frango com molho de Yuzu e raddish.

Ozone – Grey Lynn

Com lojas em Londres, na Inglaterra, e New Plymouth, a Ozone é um novo player de cafés em Auckland. O espaço, localizado em um galpão moderno com madeira reciclada, tem torrefação própria, café da manhã, almoço e jantar.

Amano’s – Britomart

A Amano’s lembra muito o Santo Grão do Brasil. Em um local aconchegante, o café fica situado no coração de Auckland. O estabelecimento, além de lindo e cheio de vida, oferece café da manhã, almoço e jantar. No fim do dia, é uma ótima opção de local para happy hour.

Crave Café

O Crave é um café de bairro de Morningside, em Auckland. Foi criado por moradores de Kingsland e não tem fins lucrativos. O objetivo do local é que as pessoas do bairro se conheçam e interajam. É um ponto de encontro de jovens nos fins de semana.

L’Affare – Te Aro

O local tem quase 30 anos e foi um dos precursores na cidade de Wellington. Tem um blend especial chamado Lafarre Crema e Gusto.

Prefab – Te Aro

Também localizado em Wellington, este café, criado pelo torrador mestre Jeff Kennedy e por Bridget Dunn, é o mais badalado espaço para almoço da capital, já que constantemente está com filas de espera.

Bespoke Kitchen

O espaço em Queenstown é famoso pelo café da manhã e está sempre lotado. A cidade recebe muitos turistas, mas a cafeteria sempre está cheia de moradores locais. A unidade é descontraída, e os produtos têm muita qualidade.

Países da Oceania: belezas naturais

A Austrália é o maior dos países da Oceania. É dividida em seis regiões e conta ainda com diversas ilhas. A principal delas é a da Tasmânia. Já a Nova Zelândia é um país insular, localizado ao sul da região, formado por duas massas de terra principais, conhecidas como Ilha Norte e Ilha Sul. Uma é mais linda que a outra.

Tanto Austrália quanto Nova Zelândia esbanjam opções quando o tema é beleza natural. Parques, praias e cavernas são algumas das opções que não podem deixar de ser conferidas ao visitar os países da Oceania. Confira alguns pontos de visitação que podem entrar no roteiro:

  • Two Rocks faz parte do subúrbio de Perth, cidade na parte ocidental da Austrália. A região é banhada por águas transparentes do Oceano Índico
  • A cidade de Lancelin, também na parte ocidental da Austrália, é marcada por rochas e mar verde vivo
  • Mais pedras marcam as belezas da Austrália. O Parque Nacional de Nambung, em Cervantes, conserva diversos pináculos (rochas da foto), uma espécie de formação calcária
  • Crédito: pjmbarlickoz on Visual hunt / CC BY que vivem no país
    Parque Nacional de Kakadu, ao Norte da Austrália. O espaço é o lar de cerca de um terço das aves do país
  • O Parque Nacional de Litchfield atrai os amantes de esportes na natureza, pelo fácil acesso por estrada. O local fica a próximo ao Parque Nacional de Kakadu, também no Norte da Austrália
  • A Barreira de Corais da Austrália é um dos principais atrativos do país. Trata-se de uma enorme faixa com cerca de 2.900 recifes, na região nordeste
  • O Parque Nacional de Flinders Chase fica na ilha Kangaroo, ao Sul da Austrália. As rochas são características do local e costumam compor um dos mais belos pores do sol do país
  • O Parque Nacional de Port Campbell leva o nome da cidade onde está situado, na Austrália. As formações calcárias são a grande atração por lá, tanto em terra firme quanto no mar
  • As cavernas de Waitomo ficam ao norte da Nova Zelândia e são uma das principais atrações por lá. As luzes dentro delas, na verdade, são uma espécie de inseto que vive no interior rochoso
  • A praia de Piha é banhada pelo Mar da Tasmânia. O destino é bastante procurado por surfistas
  • As Giant Te Paki são um conjunto de dunas gigantes ao norte da Nova Zelândia. A região é pocuo explorada por visitantes e conta com uma vista de encher os olhos
  • A Cathedral Cove é uma velha conhecida dos fãs de As Crônicas de Nárnia. Contar com uma vista muito bonita
  • O parque Wai-O-Tapu fica na cidade de Rotorua, na Nova Zelândia. É famoso pela sua atividade termal, presente em diferentes pontos da região
  • Na White Island, uma das maravilhas da Nova Zelândia, é possível fazer tours pela região vulcânica, cujos cenários remetem a O Senhor dos Anéis
  • O Parque Nacional Abel Tasman é um refúgio com belas praias no verão. A natureza local é quase intocada, e as águas são de um azul intenso
  • O Lago de Wakatipu fica na cidade de Queenstown, ao sul da Nova Zelândia. As margens do local são boas para relaxar e aproveitar a vista por horas a fio