Crédito: Pixabay

Memoriais e lugares históricos da Segunda Guerra Mundial

11 de novembro de 2019

Por Luchelle Furtado

A Segunda Guerra Mundial foi um período sombrio na história da humanidade. Durante os anos de 1939 a 1945, o mundo presenciou atrocidades realizadas contra a vida humana. Ao término da guerra, a Europa ficou rodeada por lugares históricos da Segunda Guerra Mundial, que valem ser visitados e lembrados para evitar que as tragédias se repitam. Confira na galeria alguns desses memoriais.

Lugares históricos da Segunda Guerra Mundial

  • Museu do Desembarque Utah Beach, França - Em 6 de junho de 1944, as Forças Aliadas lançaram um ataque nas praias da Normandia, que ficou conhecido como “Dia D”. O museu foi construído onde as primeiras tropas americanas desembarcaram
  • Museu do Desembarque Utah Beach, França
  • Sainte-Mère-Église, França - O vilarejo de Sainte-Mère-Église foi o primeiro a ser libertado nas praias da Normandia
  • Crédito: Pixabay
    Sainte-Mère-Église, França
  • Mardasson Memorial, Bélgica - O memorial foi construído em homenagem às tropas americanas que libertaram a região das Ardenas, na Bélgica, em 1944
  • Mardasson Memorial, Bélgica
  • Ponte John Frost, Países Baixos - A ponte é um ponto turístico em referência aos locais de batalha em torno de Arnhem
  • Ponte John Frost, Países Baixos
  • Crédito: Pixabay
    Memorial do Holocausto, Alemanha - O memorial foi construído para as vítimas judias do Holocausto
  • Crédito: Pixabay
    Memorial do Holocausto, Alemanha
  • Gueto de Varsóvia, Polônia - O Gueto de Varsóvia sofreu muito durante a Segunda Guerra Mundial. Em 1943, o local foi incendiado após a revolta dos judeus que ali habitavam
  • Gueto de Varsóvia, Polônia
  • Crédito: Pixabay
    Auschwitz, Polônia - No campo de concentração de Auschwitz, estima-se que mais de um milhão de pessoas foram mortas por diversos meios, como câmaras de gás, fome e até fuzilamento
  • Crédito: Pixabay
    Auschwitz, Polônia
  • Memorial e museu de Dachau, Alemanha - Dachau foi o primeiro de muitos campos de extermínio da Alemanha. Hoje, o local abriga um memorial que conta a história e o destino dos prisioneiros que ali ficaram durante o período
  • Crédito: Pixabay
    Memorial e museu de Dachau, Alemanha
  • Memorial Soviético da Guerra, Alemanha - Este local foi construído em 1949, em memória aos mais de 80 mil soldados soviéticos que morreram na batalha de Berlim
  • Memorial Soviético da Guerra, Alemanha
  • Crédito: Pixabay
    Fábrica de Schindler, Polônia - O local abrigou inúmeros judeus durante o período da Segunda Guerra Mundial e chegou a virar filme em 1993, com o título de “A Lista de Schindler”
  • Crédito: Anosmia on Visualhunt / CC BY
    Fábrica de Schindler, Polônia
  • Museu Judaico de Berlim, Alemanha - O museu conta a história dos judeus alemães ao longo dos anos
  • Museu Judaico de Berlim, Alemanha
  • Crédito: Pixabay
    Reichstag, Alemanha - O local foi usado para fins militares durante a Segunda Guerra Mundial
  • Crédito: Pixabay
    Reichstag, Alemanha
  • Crédito: Pixabay
    Bebelplatz, Alemanha - A Praça Bebelplatz é conhecida devido aos acontecimentos em 1933, quando o local foi o cenário de uma grande fogueira de livros de alguns autores censurados pelos nazistas, como Karl Marx, Heinrich Heine e Sigmund Freud
  • Bebelplatz, Alemanha
  • Crédito: Pixabay
    Casa de Anne Frank - A Casa de Anne Frank é um museu biográfico onde a família judia de Anne Frank se escondeu durante a guerra
  • Casa de Anne Frank
  • Crédito: Pixabay
    Treblinka, Polônia - Treblinka foi um campo de extermínio alemão onde judeus foram mortos em câmaras de gás. O local fica nos arredores da cidade de Treblinka, na Polônia
  • Crédito: Pixabay
    Treblinka, Polônia

Quer ganhar um e-book exclusivo com dicas de viagem? Assine nossa newsletter neste link.