Crédito: Divulgação

Hotéis históricos para conhecer no Brasil

9 de agosto de 2018

Por Maria Beatriz Vaccari

Alguns hotéis espalhados pelo Brasil se assemelham museus. É possível ficar em locais que já foram antigas fazendas de café, senzalas e até casas de imigrantes. O viajante ainda encontra locais que preservam estruturas centenárias e chamam a atenção pela arquitetura de época. O Rota de Férias separou cinco opções de hospedagem cheias de história. Confira:

LEIA MAIS:Suécia coloca o país inteiro para alugar no Airbnb
Las Vegas terá restaurante inspirado na série Hell’s Kitchen

Hotéis históricos para conhecer no Brasil

 Fazenda Catuçaba

Foto: Divulgação

Fazenda Catuçaba preserva cultura caipira

Antes de ser um hotel, a Fazenda Catuçaba, próxima a São Luiz do Paratinga (SP), foi uma área de produção de café. Apesar de oferecer acomodações bastante confortáveis, o local tenta preservar a simplicidade da vida interiorana e da cultura caipira – não há internet ou televisões nos quartos.

O casarão principal foi construído em 1850 e ainda preserva as características da arquitetura colonial da época. Os visitantes podem escolher entre cinco tipos de acomodações, incluindo casas próximas ao lago e à cachoeira. Quem quiser algo mais rústico pode optar pelas Casas de Colonos, que serviam de lar para os trabalhadores da fazenda e têm características do final do século 19 e início do século 20.

Pestana Convento do Carmo

Foto: Divulgação

Hotel Pestava Convento do Carmo fica em região histórica da Bahia

Localizado no Centro Histórico de Salvador (BA), pertinho do Pelourinho, o hotel Pestana Convento do Carmo esbanja luxo e tradição. A estrutura principal foi erguida em 1586 pela Ordem Primeira dos Freis Carmelitas e só foi finalizada em 1730. Atualmente, o local conta com um acervo com mais de 1.500 peças antigas, incluindo roupas bordadas a ouro, móveis, imagens sacras e pratarias.

O hotel, que hoje oferece suítes luxuosas e cheias de mimos, foi palco da rendição dos holandeses ao povo português em 1625. Posteriormente, os imigrantes portugueses também usaram as instalações para abrigar suas tropas.

Copacabana Palace

Foto: Divulgação

Copacabana Palace é referência em luxo no Brasil

Inspirado nas construções da Riviera Francesa, o Belmond Copacabana Palace foi construído em 1923 pelo empresário Octávio Guinle e projetado pelo arquiteto francês Joseph Gire. O renomado hotel carioca é referência em luxo e foi eleito Patrimônio Histórico Nacional.

Na época em que o Copacabana Palace surgiu, a praia de Copacabana não era badalada. Ao longo dos anos, o glamour do hotel ajudou a impulsionar a expansão urbana da região. As acomodações cheias de charme já atraíram nomes como Príncipe Charles, Nelson Mandela, Princesa Diana e até Santos Dumont.

Brasília Palace

Foto: Divulgação

Brasília Palace foi projetado por Oscar Niemeyer

O prédio que abriga o hotel Brasília Palace é uma tentação para os fãs de arquitetura. A estrutura foi projetada por Oscar Niemeyer, em 1957. O objetivo era criar um edifício inteligente para abrigar engenheiros, arquitetos e outros trabalhadores que iriam ajudar a construir a capital do Brasil no final de década de 1950.

Em 1978, o prédio pegou fogo e ficou fechado por 20 anos. Em 2006, foi reconstruído e abriu as portas para hóspedes do mundo inteiro. No saguão principal, os visitantes conseguem observar o carro que transportou clandestinamente o presidente Juscelino Kubitschek quando ele estava com os direitos políticos cassados.

Fazenda Capoava

Foto: Divulgação

Fazenda Capoava oferece uma série de opções de hospedagem cheias de história

A apenas 90 quilômetros de São Paulo, próximo à região de Itu (SP), a Fazenda Capoava propõe aos hóspedes uma imersão cultural. Ao longo dos anos, o local foi produtor de café, açúcar e gado. A casa sede do hotel, que é cercada pela Mata Atlântica, foi construída no século 18 e ainda conserva aspectos arquitetônicos da época.

Os viajantes podem escolher diferentes categorias de hospedagem. Os chalés Capoava Loft e Capoava Padrão, por exemplo, foram construídas com base nas senzalas que abrigavam os escravos da fazenda. O ambiente é bem rústico, mas conta com detalhes aconchegantes e refinados.