Crédito: Visual Hunt

Gol amplia serviço de acompanhamento de viagem

9 de outubro de 2018

Por Redação

A Gol Linhas Aéreas ampliou o serviço de acompanhamento de viagens, antes disponível apenas para passagens de crianças de 5 a 11 anos. Por meio de uma pulseira de identificação com rastreamentos sem fio, um terceiro pode acompanhar, em tempo real, informações do trajeto e status do voo.

LEIA MAIS: GOL ANUNCIA VOOS PARA CANCÚN A PARTIR DE 2019
SERVIÇOS ADICIONAIS DA GOL JÁ PODEM SER COMPRADOS PELA INTERNET

Gol: acompanhe o passageiro em tempo real

A partir de agora, o serviço Voe Junto pode ser contratado para acompanhar a viagem de idosos, adultos e adolescentes, incluindo pessoas com dificuldades cognitivas para compreensão ou comunicação. O acompanhamento é visualizado por meio de aplicativo da Gol (disponível para Android e iOS) ou por e-mail.

É possível acompanhar o status da viagem por aplicativo ou e-mail

O recurso está disponível para voos nacionais e a maioria dos internacionais da Gol. Orlando e Miami, nos Estados Unidos, ficam de fora. Quito, no Equador, Suriname e Argentina, também.

O custo é fixo, caso comprado no Brasil. Para acompanhamento de voos nacionais, o valor é de R$ 149. Aos viajantes que voarão em trechos internacionais, o recurso custa R$ 349. Caso o Voe Junto seja adquirido no exterior, o serviço custa US$ 50 para trechos brasileiros e US$ 110 para os internacionais

Como funciona

O passageiro recebe a pulseira com um chip de identificação no momento do check-in, A cada fase da viagem, colaboradores da Gol fazem a leitura eletrônica dos dados do aparelho para atualização do status de localização, além de acompanhar o passageiro durante todo o percurso. Entre as áreas responsávei, estão as equipes dos aeroportos da origem, conexões, escalas e destino.

No momento do check-in, no aeroporto, é necessário informar para quem deve ser enviadas as informações sobre o voo. A partir daí, o amigo ou familiar indicado receberá as informações sobre cada etapa.

Caso haja alguma intervenção operacional que possa alterar a viagem do cliente, a GOL afirma que irá contatar a pessoa indicada no cadastro para verificar a melhor acomodação. Para crianças de 5 a 11 anos, o serviço permanece obrigatório.