Crédito:

3 motivos para visitar Genebra, na Suiça

9 de maio de 2018

Por Redação

A Suíça é bastante procurada por quem curte praticar esportes de inverno, como esqui e snowboard. Entretanto, o destino também também é uma ótima opção de quem quer relaxar – dessa forma, a cidade de Genebra pode estar na rota da sua próxima viagem de férias. Pensando nisso, confira três bons motivos para visitar o local.

LEIA MAIS: EMIRATES LANÇA LINHA LUXUOSA DE VINHOS PARA ALGUNS VOOS
STAR WARS: PAÍSES QUE JÁ FORAM CENÁRIOS DOS FILMES

Genebra e suas atrações

A cidade é uma das mais populosas da Suíça – perde apenas para Zurique. Genebra fica a 280 quilômetros de lá, cerca de três horas de carro. Se decidir colocar o local na rota de viagem, há voos de Brasil  para o município, com escala em Zurique. Ao partir de São Paulo, são 13 horas e 30 minutos de voo.

Genebra é reconhecida mundialmente por sua tradição humanitária, um vez que a sede da ONU e do quartel general da Cruz Vermelha estão localizadas na cidade – também conhecida como capital da paz.

1. Paisagens deslumbrantes

Encravada entre os picos alpinos das proximidades e o terreno montanhosa do Jura, Genebra está na baía onde o rio Ródano se despede do Lago Genebra, em uma paisagem linda de morrer. Para ter uma visão ainda mais completa da cidade, vale fazer uma excursão até o Mont Salève.

Um teleférico leva os visitantes a 1.100 metros de altitude em menos de cinco minutos. O resultado é uma vista deslumbrante de todo o município.

2. Gastronomia de primeira

A pluralidade gastronômica de Genebra é surpreendente. Chocolates e fondues são servidos nos diversos restaurantes estrelados locais, cantinhos charmosos onde também dá para se deliciar com uma raclette – preparação culinário de queijo, que se assemelha a fondue.

O serviço pode surpreender positivamente os visitantes brasileiros pela qualidade. E nem pense em partir sem experimentar os éclairs e macarrons: doces deliciosos à venda em quase todas as pâtisseries da cidade, incluindo a bicentenária Martel Chocolatièr Genève, fundada em 1818.

3. Cuidar da saúde

Uma das principais vertentes do turismo de luxo atual é viajar para cuidar da saúde, e Genebra concentra algumas das principais opções para isso. Os lugares disponíveis são um misto de clínicas particulares com hotel cinco estrelas, onde um check-up completo é realizado por médicos em menos de 48 horas.

Uma das novidades nesse setor é a Nescens Clinique Genolier, localizado a 15 minutos do aeroporto da cidade, que se destaca por ser uma opção para quem quer fazer tratamentos anti-idade, mapeamento genético e programas de nutrição, estética e rejuvenescimento.