Galeria Nacional de Praga apresenta novidades para 2019

29 de maio de 2019

Por Redação

O calendário da Galeria Nacional de Praga, na República Checa, está cheio de eventos, exposições permanentes e novidades em 2019. O museu é indicado para quem quer admirar obras de arte seculares e projetos contemporâneos incríveis.

Quer ganhar um e-book exclusivo com dicas de viagem? Assine nossa newsletter neste link.

Galeria Nacional de Praga

Novas exposições 

A Galeria Nacional abrirá duas novas exposições. A primeira das novidades é no Palácio Schwarzenberg, em frente ao Castelo de Praga, que será inaugurada em 13 de setembro. Ela será chamada “Os Velhos Mestres” e trará obras mais valiosas das coleções de artes clássicas antigas, especialmente a partir do período entre os séculos 16 e 18. Entre elas, trabalhos de Hans von Aachen, Petr Brandl, Lucas Cranach, Peter Paul Rubens e outros.

Junto com a exposição restaurada, o palácio abrirá a entrada principal. Nos diferentes andares será possível aprender sobre a arte do barroco e do renascimento na Europa.

LEIA MAIS: REPÚBLICA CHECA VAI MUITO ALÉM DAS ATRAÇÕES DE PRAGA
SAIBA O QUE VISITAR NOS ARREDORES DE PRAGA

Já a segunda exposição será aberta em 12 de novembro no edifício principal da Galeria Nacional, no Palácio Veletržní. A mostra será chamada de “1796-1917: a arte do mais longo século”. O conceito geral é baseado nos temas mais importantes que foram característicos para a sociedade desde as guerras napoleônicas até o início da era moderna.

Durante a mostra será possível admirar obras de notáveis pintores de paisagens românticas e artistas que encontram inspiração na história, bem como aqueles que vieram para criar um pano de fundo para a arte moderna. Entre eles, Eugène Delacroix, Paul Gauguin, Pablo Picasso e Josef Mánes.

Trinta anos após a Revolução de Veludo

Este outono marca o trigésimo aniversário da Revolução de Veludo, que iniciou o colapso do comunismo na Checoslováquia. A Galeria Nacional tem vários projetos preparados para comemorar este importante aniversário.

Talvez o projeto de maior destaque seja a exposição fotográfica “Havel ao Castelo!”, que terá lugar no Palácio de Veletržní. A inauguração ocorrerá em 13 de novembro de 2019 e a exposição continuará até 16 de fevereiro de 2020.

As fotografias das manifestações organizadas contra o regime serão acompanhadas de outras imagens, que também foram tiradas durante o ano de 1989 . Elas mostram a vida cotidiana e refletem vários problemas do período.

Sajona – Boêmia: Tão perto e tão longe

A partir do final de maio, os turistas vão poder visitar o Palácio Šternberk, que fica perto do Castelo de Praga. Nele, será instalado uma enorme exposição que terá foco na relação entre dois estados vizinhos históricos: a Saxônia e a Boêmia.

A exposição será composta de nove partes e incidirá, por meio de uma simbiose de arte e história, não só sobre a vida cotidiana das pessoas, mas também sobre vários eventos históricos criados pelas elites que governavam naquela época. Muitos dos objetos serão exibidos pela primeira vez na República Checa, como monumentos valiosos da arte gótica e renascentista, pinturas de Lucas Cranach, telas de maneirismo, obras de barroco intermediário e pinturas de Oskar Kokoschka.

Mais exposições

Em Veletržní será possível visitar a primeira retrospectiva do escultor suíço Alberto Giacometti. No Palácio dos Kinský, na Praça da Cidade Velha, estará instalada a exposição “Impressionismo Francês”, que começa em 28 de junho e vai até 20 de outubro. Nela, poderão ser vistas obras de Claude Monet, Edgard Degas, Pierre Auguste Renoir e Alfred Sisley.

O quinto andar do Palácio de Veletržní é dedicado à fotografia. Ali, acontecerá a exposição “400 ASA: Photography”, que apresentará Alžběta Jungrová, Antonín Kratochvíl, Karel Cudlin e Tomki Němec.
Os fãs de Josef Šíma também poderão visitar a exposição “Cesta k vysoké hře” (Caminho para o jogo da classe alta), que irá de Brno para o Hipódromo de Wallenstein.

Já a mostra “As Belas Madonas”, instalada no mosteiro de Santa Inês Tcheca, mostrará o encanto e a beleza das esculturas góticas das Madonas vestidas com suas longas túnicas, com o Menino Jesus em seus braços. Ela poderá ser vista a partir de 22 de novembro deste ano e se estenderá até março de 2020.

Outra exposição que tem início este ano, em outubro, e se estende até o ano que vem, é a “Tesouros do Marajá: a arte hindu de Jodhpur”, que terá lugar no Hipódromo de Wallenstein. As obras vêm de museus e coleções particulares e refletem quase quatro séculos da arte de um estado hindu.

Entradas grátis para jovens e sem datas especiais

A entrada para todas as exposições da Galeria Nacional, tanto das coleções como das de curta duração, é gratuita para crianças e jovens até 26 anos. O resto do público pode aproveitar alguns dias específicos, quando os ingressos são vendidos por apenas uma coroa.

Todos os anos, no início de fevereiro, a Galeria Nacional comemora o aniversário de sua fundação – este ano o 223º – e abre suas portas para todos. Vale destacar que existem várias oportunidades para entrar de graça ao longo do ano, como na “Noite dos Museus de Praga”, que acontece em 8 de junho, no “Dia Internacional dos Museus e Galerias” (18 de maio) ou por ocasião de outros aniversários.

República Checa

Na galeria, confira 30 fotos incríveis das cidades e dos cenários naturais da República Checa.

  • Crédito: UPVISION/CzechTourism
  • Crédito: UPVISION/CzechTourism
  • Crédito: UPVISION/CzechTourism
  • Crédito: UPVISION/CzechTourism
  • Crédito: UPVISION/CzechTourism
  • Crédito: UPVISION/CzechTourism
  • Crédito: Pavel Gabzdyl/ CzechTourism
  • Crédito: Pavel Gabzdyl/ CzechTourism
  • Crédito: Pavel Gabzdyl/ CzechTourism
  • Crédito: Pavel Gabzdyl/ CzechTourism
  • Crédito: Jiří Kružík/CzechTourism
  • Crédito: Jiří Kružík/CzechTourism
  • Crédito: Jiří Kružík/CzechTourism
  • Crédito: Jiří Kružík/CzechTourism
  • Crédito: UPVISION/CzechTourism
  • Crédito:
    UPVISION/CzechTourism
  • Crédito:
    UPVISION/CzechTourism
  • Crédito:
    UPVISION/CzechTourism
  • Crédito:
    UPVISION/CzechTourism
  • Crédito: Michal Vitásek/CzechTourism
  • Crédito: Michal Vitásek/CzechTourism
  • Crédito: Michal Vitásek/CzechTourism
  • Crédito: Jan Strakoš/CzechTourism
  • Crédito: Jan Strakoš/CzechTourism
  • Crédito: Milan Drahoňovský/CzechTourism
  • Crédito: Milan Drahoňovský/CzechTourism
  • Crédito: Pavel Ouředník/CzechTourism
  • Crédito: Pavel Ouředník/CzechTourism
  • Crédito: Libor Sváček/CzechTourism
  • Crédito: Ladislav Renner/CzechTourism