Crédito: Divulgação

Descubra eventos que celebram a cultura holandesa

22 de março de 2018

Por Maria Beatriz Vaccari

A chegada da primavera no hemisfério norte traz sol e clima ameno à Holanda. Graças às condições climáticas favoráveis, o país aproveita os meses de abril e maio para organizar uma série de eventos que celebram a cultura holandesa. A Holland Alliance, que divulga o destino no Brasil, listou os principais: 

LEIA MAIS: 9 CURIOSIDADES DO KEUKENHOF, PARQUE DE FLORES DA HOLANDA
OPÇÕES DE PASSEIO NA HOLANDA PARA CURTIR COM AS CRIANÇAS

1. Mercado de Queijos de Alkmaar

Março marca o início de uma das maiores tradições da Holanda, o Mercado de Queijos de Alkmaar.  Até o dia 2 de setembro, sempre às sextas-feiras a partir das 10h, turistas podem testemunhar juntos com a população local o queijo sendo comercializado da mesma maneira que nos séculos passados.

O Kaasmarkt, o nome em holandês, é montado na Waagplein (“praça da pesagem”) no início da manhã. Os comerciantes preparam cerca de 2.200 queijos (aproximadamente 30 mil kg) de excelente qualidade e ficam à espera dos compradores. Visitantes podem aproveitar e passear pelo belo centro histórico da cidade, localizada a apenas meia hora de trem de Amsterdã.

Foto: Divulgação
Cheese market Alkmaar

2. Dia do Rei

No dia 27 de abril, toda a Holanda se transforma em festa. Das grandes cidades até as pequenas vilas, todo o país celebra o Dia do Rei. Existem mercados de rua em todos os lugares, onde as pessoas vendem todos os tipos de bugigangas e guloseimas caseiras. Bandas tocam pelas ruas, os pubs servem cerveja nas calçadas enquanto as pessoas dançam com seus trajes laranjas.

Amsterdã oferece uma das maiores festas do país, com inúmeras atividades por todos os lados e barcos cheios de gente celebrando pelos canais. Em Utrecht, além das festas, os mercados de rua são muito procurados e começam a ser montados um dia antes. Já Haia é o melhor lugar para começar a festejar um dia antes, na Noite do Rei. Uma das principais atrações é o Life I Live festival, um enorme festival de música ao ar livre organizado pela primeira vez em 1989. Inúmeras bandas locais e internacionais se apresentam pelas praças.

3. Parada de Flores

A Parada de Flores (Bloemencorso, em holandês) é um espetáculo de cores e perfumes. Vinte grandes carros alegóricos seguem uma rota de 42 quilômetros de Noordwijk para Haarlem e ainda passam pelo Keukenhof, o maior jardom de tulipas do mundo. Esse ano o desfile ocorre no dia 21 de abril, mas no dia seguinte é possível admirar os carros em Haarlem até às 17h. Milhões de flores e o trabalho de centenas de voluntários torna possível o desfile florestal mais incrível do mundo.

Divulgação
Parada de Flores, um dos eventos da cultura holandesa

4. Bevrijdingspop

Bevrijdingspop, ou o pop da liberdade, é um festival de música que homenageia a democracia e discute a importância de viver em um país livre. A data é emblemática: a celebração ocorre no dia 5 de maio, o Dia da Liberação, quando os holandeses celebram a rendição da Alemanha nazista. Bevrijdingspop é um festival gratuito onde todos são bem-vindos. O programa contém uma mistura de música clássica, debates, poesia, rap e música pop de bandas nacionais e internacionais, além de uma cerimônia com a fogueira da libertação. A paz e a liberdade desempenham um papel central.

5. Mercado de Flores de Leeuwarden

Dia 10 de maio, Leeuwarden organizará o Bloemetjesmarkt, o mercado de flores mais antigo da Holanda com um mar de cores que tomam conta do centro da cidade.  O mercado anual engloba cerca de duzentas bancas vendendo flores e plantas. Do início da manhã até o final da tarde, o local atrai cerca de 30 mil pessoas, que voltam para casa com sacos, baldes e às vezes carrinhos repletos de plantas e flores.

Esse ano, Leeuwarden tem um atrativo a mais. A cidade foi escolhida como a Capital Europeia de Cultura em 2018 e conta com programação especial de eventos.

Divulgação
Leeuwarden, na Holanda

6. Festival de Jazz de Breda

Todos os anos, a acolhedora cidade de Breda torna-se palco para o Festival de Jazz de Breda, que existe desde 1971. É o maior e mais antigo festival do tipo na Europa, atraindo cerca de 250 mil visitantes por ano. Esse ano, o festival de quatro dias começa no dia 10 e vai até o dia 13 de maio. Os shows são realizados ao ar livre em vários palcos espalhados pelo centro histórico, e todos são gratuitos. Para as apresentações indoor é cobrada uma taxa, que varia de acordo com a atração. Com cerca de 175 shows por edição, o line-up conta com artistas locais e do exterior, como a França, Austrália e Japão.

7. Dia Nacional dos Moinhos

Todo segundo sábado e domingo de maio, os holandeses celebram um dos seus principais ícones no Dia Nacional do Moinho. Nessa data 950 moinhos espalhados pela Holanda abrem suas portas aos visitantes. Durante séculos, os moinhos desempenharam um papel importante na economia holandesa e hoje continuam a atrair atenção. Os moleiros decoram os moinhos com bandeiras e flores e levam os visitantes para um tour onde explicam mais sobre o funcionamento de cada um. Atividades divertidas são muitas vezes organizadas para crianças.

Quer saber tudo sobre a Holanda? Acesse o site oficial do país.