Crédito: Soroush Karimi on Unsplash

Europa reabre fronteiras em 1º de julho; brasileiros devem ser barrados

11 de junho de 2020

Por Redação

Os países europeus reabrirão as fronteiras em 1º de julho. De acordo com comunicado emitido pela ela Comissão Europeia (poder Executivo do bloco). porém, será barrada a entrada de pessoas que vivem nos locais em que a pandemia do novo coronavírus não está controlado.

Quer ganhar um e-book exclusivo com dicas de viagem? Assine nossa newsletter neste link.

A lista das nações cujos residentes terão entrada permitida na Europa começou a ser elaborada hoje (11 de junho), e é quase certo que o Brasil ficará de fora dela. Atualmente, o país tem o segundo maior número de casos no mundo (atrás apenas dos Estados Unidos).

De acordo com o comunicado da Comissão Europeia, “a restrição deve ser levantada para os países selecionados com base em um conjunto de princípios e critérios objetivos”. Entre os parâmetros usados estão o índice de novas infecções, a tendência de controle da pandemia e as políticas adotadas pelo governo no rastreamento e combate ao covid-19.

A Comissão Europeia também solicitou que os 27 países membros do grupo e os outros quatro que fazem parte da zona Schengen (Islândia, Noruega, Suíça e Liechtenstein) reabram as fronteiras internas até 20 de junho.

Fotos: capitais europeias

Você provavelmente conhece cidades como MadriParisBerlimRomaLondres e Amsterdã, mas a verdade é que os países da Europa contam com algumas capitais bem menos badaladas. Você sabe, por exemplo, onde ficam Tirana, Nicósia, Tallinn, Reykjavik, Valeta e Chisinau? Confira no álbum.

  • Crédito: Pixabay
    Albânia, Tirana
  • Crédito: Pixabay
    Alemanha, Berlim
  • Crédito: Pixabay
    Andorra, Andorra-a-Velha
  • Crédito: Pixabay
    Armênia, Yerevan
  • Crédito: Pixabay
    Áustria, Viena
  • Crédito: Pixabay
    Bélgica, Bruxelas
  • Crédito: Pixabay
    Bielorrússia, Minsk
  • Crédito: Pixabay
    Bósnia e Herzegovina, Sarajevo
  • Crédito: Pixabay
    Bulgária, Sofia
  • Crédito: Pixabay
    Chipre, Nicósia
  • Crédito: Pixabay
    Croácia, Zagreb
  • Crédito: Pixabay
    Dinamarca, Copenhague
  • Crédito: Pixabay
    Eslováquia, Bratislava
  • Crédito: Pixabay
    Eslovênia, Liubliana
  • Crédito: Pixabay
    Espanha, Madri
  • Crédito: Pixabay
    Estônia, Tallinn
  • Crédito: Pixabay
    Finlândia, Helsinki
  • Crédito: Pixabay
    França, Paris
  • Crédito: Pixabay
    Grécia, Atenas
  • Crédito: Pixabay
    Hungria, Budapeste
  • Crédito: Pixabay
    Irlanda, Dublin
  • Crédito: Pixabay
    Islândia, Reykjavik
  • Crédito: Pixabay
    Itália, Roma
  • Crédito: Pixabay
    Letônia, Riga
  • Crédito: Pixabay
    Liechtenstein, Vaduz
  • Crédito: Pixabay
    Lituânia, Vilnius
  • Crédito: Pixabay
    Luxemburgo, Luxemburgo
  • Crédito: Pixabay
    Malta, Valeta
  • Crédito: Pixabay
    Moldávia, Chisinau
  • Crédito: Pixabay
    Mônaco, Mônaco
  • Crédito: Pixabay
    Montenegro, Podgorica
  • Crédito: Pixabay
    Noruega, Oslo
  • Crédito: Pixabay
    Países Baixos, Amsterdã
  • Crédito: Pixabay
    Polônia, Varsóvia
  • Crédito: Pixabay
    Portugal, Lisboa
  • Crédito: Pixabay
    República Checa, Praga
  • Crédito: Pixabay
    Macedônia do Norte, Skopje
  • Crédito: Pixabay
    Irlanda do Norte, Belfast
  • Crédito: Pixabay
    Inglaterra, Londres
  • Crédito: Pixabay
    Escócia, Edimburgo
  • Crédito: Pixabay
    País de Gales, Cardiff
  • Crédito: Pixabay
    Romênia, Bucareste
  • Crédito: Pixabay
    Rússia, Moscou
  • Crédito: Pixabay
    San Marino, San Marino
  • Crédito: Pixabay
    Sérvia, Belgrado
  • Crédito: Pixabay
    Suécia, Estocolmo
  • Crédito: Pixabay
    Suíça, Berna
  • Crédito: Pixabay
    Turquia, Ancara
  • Crédito: Pixabay
    Ucrânia, Kiev
  • Crédito: Pixabay
    Vaticano, Cidade do Vaticano