Crédito: StockSnap (Pixabay)

Rede Wi-Fi aberta ao público: saiba como se manter seguro

29 de novembro de 2018

Publieditorial

A venda de smartphones e notebooks no Brasil não parou de crescer nos últimos anos. Com isso, mais pessoas passaram a utilizar a internet móvel. E, por economia, muitas delas estão sempre à procura de uma rede Wi-Fi para se conectar.

No entanto, isso pode trazer riscos, principalmente em casos em que as redes de Wi-Fi são abertas ao público, sem precisar de alguma senha para utilizá-la.

Para auxiliar os usuários a se proteger, separamos algumas dicas de como se proteger de hackers e vírus! Confira:

Free-Photos (Pixabay)
Mulher utilizando smartphone em um café-bar

O maior risco que as pessoas correm ao se conectarem em redes de Wi-Fi abertas está relacionado à interceptação de dados. Isso acontece quando hackers se aproveitam da falha de segurança dos próprios roteadores para “bisbilhotar” a atividade dos usuários.

O mesmo vale para computadores, onde os usuários acabam acessando a rede sem fazer a configuração adequada. Nestes casos, o mais indicado é informar ao sistema operacional que você está conectando-se a uma rede pública e não quer compartilhar arquivos com outras pessoas.

Cucon (Pixabay)
Homem trabalhando e utilizando notebook

O que é Necessário ter Cuidado Sempre 

  • Sempre Atualize seu Sistema Operacional

Seja em sistemas operacionais móveis ou em PCs, manter os sistemas operacionais atualizados é essencial para manter a segurança, pois são as atualizações que reparam falhas de segurança presentes nas versões anteriores.

  • Utilize Ferramentas de Antivírus

Ter uma boa ferramenta de antivírus é a barreira essencial contra ataques online. Além disso, muitos softwares possuem aplicações e funções extras que blindam informações dos usuários, como localização do aparelho e dados bancários.

Para manter-se protegido contra ameaças eletrônicas, é essencial ter instalado um antivírus com excelente desempenho e velocidade.

  • Evite Redes que Não Utilizam Senhas

 Geralmente, redes com senhas possuem códigos criptográficos que inviabilizam a ação de hackers. Por isso, é sempre indicado não utilizar conexões em redes que não utilizam senhas.

  • Utilize uma VPN

 Utilizar uma rede privada virtual (conhecida como VPN) é uma maneira efetiva para se proteger de ciberataques. Ela atua como um intermediário entre seu dispositivo e a internet, criptografando os dados mesmo quando você utiliza redes desprotegidas.

Há serviços de antivírus que precisam ser pagos para serem utilizados, mas caso você seja um usuário frequente de redes abertas, é um investimento que pode valer a pena! Principalmente se você utiliza com frequência a internet para realizar transações financeiras, compras online ou se é a web é sua principal ferramenta de trabalho.

Anotou as dicas? Agora é só ficar atento e garantir sua segurança usando redes de Wi-Fi abertas!

Obs: Este artigo foi criado pela equipe Bitdefender para uso exclusivo Rota de Férias.