Dicas de viagem para quem vai a Guarajuba, na Bahia

28 de agosto de 2018

Redação

A praia da Guarajuba, na cidade da Camaçari (BA), atrai uma série de pessoas por conta de suas belezas naturais e atrações nos arredores. Quem ainda não conhece a região pode ficar um pouco perdido com tantas opções. Confira um guia completo para curtir o destino da melhor forma possível. 

LEIA MAIS: CINCO PRAIAS INUSITADAS PARA FUGIR DO ÓBVIO
DESCUBRA AS MELHORES VILAS DE PRAIA DO BRASIL

Guia para conhecer Guarajuba e região

  • Praia de Guarajuba

A Praia de Guarajuba é sempre o primeiro lugar da lista. É por causa dela que a maioria das pessoas visita a região. O local, que fica a 42 km de Salvador, tem uma paisagem com areia branquinha e água bem clara.

Além de ser uma das praias mais conhecidas do Norte da Bahia, Guarajuba também é uma das mais visitadas no Nordeste. Marcada por abrigar uma antiga vila de pescadores, a região é perfeita para quem quer descansar e sentir a brisa do mar, mas também traz opções com mais adrenalina, como a possibilidade de praticar esportes radicais no mar.

O destino conta com uma infraestrutura completa, com boas opções de hospedagem e quiosques bacanas na praia.  

  • Projeto Tamar

O Projeto Tamar é uma iniciativa do Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis) para preservar a rica vida marinha que existe no Brasil, com destaque para as tartarugas. Quem vai a Guarajuba pode conhecer o programa de perto. Basta percorrer o caminho até a Praia do Forte, que fica a menos de 17 km, para chegar ao museu, um dos mais frequentados de todo o Brasil.

O local conta com tanques e aquários de água salgada, salas de vídeo, cinema, multimídia, loja e restaurante. O visitante ainda consegue conhecer 4 das 5 espécies de tartarugas marinhas que vivem no Brasil.

  • Castelo Garcia D’Ávila

O Castelo Garcia D’Ávila é o único castelo medieval que existe no Brasil e na América Latina. Também conhecido como Casa da Torre, o local demorou 74 anos até finalmente ficar pronto, em 1624, a mando de Tomé de Sousa, o primeiro governador-geral do Brasil.

Na época, o castelo era utilizado para abrigar a família real e também para a tortura dos índios, que foram escravizados pelos portugueses. Depois de muito tempo, em 1835, o castelo foi abandonado.

Atualmente, o prédio está parcialmente em ruínas. Algumas áreas ainda estão preservadas, como a capela, que continuou a ser utilizada mesmo após o abandono do castelo.

Vale a pena visitar o local para aprender mais sobre a história e a cultura do Brasil. De quebra, é possível acompanhar de perto toda a beleza arquitetônica da construção.

  • Praias e mais praias encantadoras

A cidade de Camaçari e a região aos arredores contam com praias maravilhosas. Quando estiver por lé, não deixe de conhecer os seguintes destinos: Por isso, quando estiver lá, você não pode deixar de conhecer os seguintes destinos paradisíacos:

Praia de Itacimirim (13 km);

Praia do Jacuípe (19 km);

Praia de Santo Antônio (34 km);

Praia de Jauá (35 km);

Praia Costa do Sauípe (42 km).

  • Bons Restaurantes na Região

Depois de nadar, mergulhar, jogar bola na areia, fazer caminhada ou até mesmo ficar na cadeira de praia ou na esteira tomando sol, a fome vai apertar. Esses são alguns dos melhores restaurantes da região:

Bar do Carlinhos: lugar perfeito para experimentar pratos típicos da região, como moqueca mista de camarão e lagosta, tarioba ou moqueca de badejo. Casquinhas de siri e pastéis de camarão também estão no menu do restaurante.

Bar do Prefeitinho Jr.: mariscada, caranguejo, casquinha de lagosta e moquecas de peixe são algumas das especialidades da casa, todas muito bem temperadas.

La Cantina Restaurante e Pizzaria: você não precisa abrir mão daquela pizza no sábado à noite com a família e os amigos. Além disso, também dá para provar massas e ótimos pratos da culinária italiana.

Fonte: Guarajuba Imóveis