Crédito: VisualHunt

10 dicas para alugar imóveis de temporada

29 de outubro de 2018

Por Redação

Alugar imóveis de temporada no último trimestre de 2018 pode ser uma boa opção para quem deseja viajar. Neste período há diversos feriados prolongados, o início das férias escolares e as festas de final de ano. Isso proporciona várias oportunidades para viajar.

Para auxiliar quem deseja alugar algum imóvel nesta época do ano, a OLX separou 10 dicas. Confira a seguir e veja como escolher um bom local para aproveitar este período.

Dicas para alugar imóveis de temporada

1- Preços

Atente-se à busca pelos menores preços. Antes, pesquise os valores da região, sejam de hotéis, pousadas ou outros imóveis. É importante ter uma noção de valores médios e prestar atenção à ofertas com preços muito abaixo da média.

2- Informações do anúncio

Avalie minuciosamente todas as informações do anúncio e dê preferência aos imóveis com informações mais completas, descrições maiores e melhores, além de fotos.

3- Dados irreais

Desconfie de anúncios não realistas, com fotos não condizentes com a descrição ou localização do imóvel.

4-Tire as dúvidas

Tire todas as dúvidas sobre o imóvel com o contato do anúncio. Utilize o chat e, quando houver o interesse de fato, ligue no telefone informado para validar o número. Não hesite em perguntar.

LEIA MAIS: BROTAS OFERECE TURISMO DE AVENTURA PARA ADULTOS E CRIANÇAS
OUTUBRO ROSA: HOTEL DE LUXO CELEBRA A CAMPANHA

5- Verifique a localização

Ligue para o condomínio ou para imóveis vizinhos (busque o telefone na internet, se necessário) e confirme a existência da casa e da locação. Use ferramentas e aplicativos de localização para checar a veracidade do imóvel. Verifique no mapa se as informações estão de acordo com o explicado pelo locatário. Se possível, visite a propriedade antes de efetuar a locação.

6- Contrato

Formalize um contrato na hora da locação e verifique se os dados condizem com o que foi negociado. Não se esqueça de discriminar tipo e número de cômodos, garagem, entre outros detalhes. Se o imóvel for mobiliado, inclua no contrato a descrição da mobília, a relação de móveis e utensílios e o estado de conservação.

Os contratos devem possuir cláusulas que buscam assegurar que nenhuma das partes seja prejudicada. Elas incluem valores da locação, período, quantidade máxima de pessoas para o imóvel, além de dados dos responsáveis, como RG e CPF.

Verifique se os dados do contrato conferem com os do proprietário do imóvel. Solicite uma cópia/foto da escritura/IPTU que auxilie na comprovação.

7- Vistoria

Se possível, faça uma vistoria no imóvel com o responsável do anúncio ou proprietário, listando toda a relação de móveis e utensílios. Ao fim da locação, faça uma outra.

8- Cuidado com os depósitos

Evite fazer depósitos antes de se certificar da veracidade dos dados e de confirmar a existência do imóvel.

9-Evite pagamentos antecipados

O prazo do contrato de aluguel de imóveis de temporada não pode ultrapassar 90 dias. Nesse tipo de negociação é permitido ao locador cobrar antecipadamente o pagamento do aluguel e encargos. Porém, para evitar contratempos, o Procon não aconselha que o consumidor pague o valor integral de forma antecipada.

10- Recibo

Exija recibo discriminado de todas as quantias pagas.