Hotel na Serra Gaúcha oferece programação para a temporada da vindima

Hotel na Serra Gaúcha oferece programação para a temporada da vindima

Redação
Do Rota de Férias

08/11/2019 | 12:37


Atualizada às 17h06

É durante o primeiro trimestre do ano que acontece a temporada da vindima – período de colheita das uvas, que muda completamente o cenário da Serra Gaúcha e ocorre entre 31 de janeiro e 1 de março de 2020. A época é marcada por celebrações, pois é o resultado do trabalho de um ano inteiro daqueles que vivem do cultivo da fruta. Trata-se também do momento em que o Vale dos Vinhedos se prepara para receber turistas do Brasil e do exterior, interessados em saber mais sobre a cultura vitivinícola da região.

Quer ganhar um e-book exclusivo com dicas de viagem? Assine nossa newsletter neste link.

Hotel na Serra Gaúcha: programação para a Temporada da vindima

O Complexo Enoturístico Casa Valduga oferece uma programação especial para essa época do ano, com pacotes para cinco finais de semana neste período, com opções de duas ou três diárias. Os hóspedes terão dias repletos de atividades em meio a belíssimas paisagens, hospedados em umas das 24 acomodações distribuídas em cinco pousadas – Raízes, Identidade, Leopoldina, Gran e Storia.

LEIA MAIS: ALÉM DOS VINHOS: SAIBA O QUE FAZER EM SÃO ROQUE
TAPAS, VINHOS E JÁMON: DESCUBRA ONDE COMER BEM EM MADRI

Os pacotes contemplam café da manhã sob vinhedos centenários, spa com produtos da marca Vinotage, visita às caves da Casa Valduga com degustação especial nas barricas, jantares e almoços harmonizados com vinhos e espumantes, além de participação na colheita e na tradicional “pisa” das uvas, entre outras atividades. Os hóspedes ainda ganham um kit personalizado da Vindima.

Lugares para tomar vinho

E por falar na bebida, confira na galeria alguns lugares para apreciar uma boa taça de vinho.

  • A região da Toscana, na Itália, atrai fãs de vinho do mundo inteiro. Em meio a tantas vinícolas, fica até difícil escolher qual rótulo ou paisagem é melhor. Um dos destaques é a comuna de Montalcino, que dá nome ao saboroso e conceituado Brunello di Montalcino. Confira um roteiro de cinco dias pela Toscana: https://goo.gl/PRWme1
  • Crédito: Pixabay
    Toscana, Itália
  • Crédito: Pixabay
    Toscana, Itália
  • Crédito: Spinstah on VisualHunt / CC BY-SA- África do Sul
    Seja em um bar de rua, em um restaurante refinado ou até nas lindíssimas vinícolas do sul do país, tomar uma boa taça (ou garrafa) de vinho na França é sempre um charme. Vale a pena se jogar nos rótulos de Pinot Noir. Conheça a região da Provence em seis dias: https://goo.gl/PxZdVc
  • Crédito: Pixabay
    Provence, França
  • Crédito: Pixabay
    Provence, França
  • Além das praias, do clima ensolarado e das belas estradas, a região da Califórnia, nos Estados Unidos, abriga uma série de vinícolas. O destino é referência quando se trata dos vinhos do Novo Mundo. Suas bebidas, inclusive, são reconhecidas e prestigiadas mundialmente. Conheça a região em 10 dias: https://goo.gl/PWLxg9
  • Crédito: Pixabay
    Califórnia, Estados Unidos
  • Crédito: Pixabay
    Califórnia, Estados Unidos
  • Portugal é o local perfeito para quem gosta de comer e beber muito bem. Bastante conhecido no Brasil, o vinho do Porto é um dos destaques dos cardápios. O Vinho Madeira, popular na Ilha da Madeira, é oferecido em diferentes graus de doçura e promete agradar diversos tipos de paladares. Veja um roteiro de quatro dias em Lisboa: https://goo.gl/H3LmZL
  • Crédito: Pixabay
    Ilha da Madeira, Portugal
  • Crédito: Pixabay
    Ilha da Madeira, Portugal
  • O Chile abriga vinícolas que produzem alguns dos melhores vinhos do mundo. Além de conhecer os estabelecimentos é possível degustar rótulos e até participar do processo de produção das bebidas. Conheça as melhores rotas de vinho no Chile: https://goo.gl/jGmsdT
  • Crédito: Pixabay
    Chile
  • Crédito: Pixabay
    Chile
  • Crédito: Pixabay
    Rio Grande do Sul, Brasil
  • Crédito: Pixabay
    Rio Grande do Sul, Brasil
  • O estado do Rio Grande do Sul é um dos maiores produtores de vinho do Brasil. Conhecer as vinícolas Casa Valduga, Salton e Miolo é uma boa opção de passeio para quem pretende curtir a região
  • Na Austrália, o paraíso para os amantes de vinhos se chama Barossa Valley. A vinícola Seppeltsfield, especializada em vinhos fortificados, é uma das paradas obrigatórias. Conheça um roteiro de quatro dias em Adelaide e Barossa Valley: https://goo.gl/VyM8oM
  • Barossa Valley, Austrália
  • O clima da África do Sul ajuda a produzir vinhos equilibrados, saborosos e de alta qualidade. É possível visitar as regiões produtoras da bebida de forma turística ou participar de programas de intercânbio que colocam o viajante para ajudar na elaboração do produto. Veja um roteiro de três dias em Johanesburgo: https://goo.gl/95DLsn
  • Crédito: Pixabay
    Cidade do Cabo, África do Sul
  • Crédito: Pixabay
    Cidade do Cabo, África do Sul