Crédito: Divulgação/ Hurb

Confira seis destinos nacionais baratos para viajar pós-pandemia

11 de agosto de 2020

Por Redação

Desde o início de junho, com a flexibilização do isolamento social em algumas cidades, houve um aumento nas buscas por reservas de hotéis para o segundo semestre de 2020, especialmente para lugares onde o viajante pode ir de carro. As informações são da agência de turismo online Hurb.

Segundo o levantamento, os destinos de praia estão entre os preferidos dos brasileiros e elencam, na grande maioria, a relação dos mais econômicos.

Quer ganhar um e-book exclusivo com dicas de viagem? Assine nossa newsletter neste link.

Especialistas do setor revelaram que a volta do turismo priorizará viagens domésticas e que, em um primeiro momento, elas devem durar períodos mais curtos e ocorrerão para lugares mais próximos de casa.

Destinos para viajar pós-pandemia

Confira a lista de destinos indicados pelo Hurb para viajar pós-pandemia.

Salvador

A capital baiana Salvador, muito famosa pelo Carnaval, é uma das primeiras opções para viajar pós-pandemia. A cidade tem passeios a preços acessíveis e até gratuitos, a partir dos quais é possível conhecer cartões-postais como o Pelourinho, o Elevador Lacerda, o Farol da Barra e a Igreja do Bonfim.

O Mercado Modelo é uma alternativa para quem está com o orçamento apertado na hora de comprar lembrancinhas de presente. Com muitas opções de alimentação, é possível fazer boas refeições a R$ 30 na região.

João Pessoa

O segundo destino indicado é João Pessoa, na Paraíba. Além das praias, há algumas atrações disponíveis gratuitamente, como o Centro Cultural São Francisco e a Casa dos Azulejos.

João Pessoa também tem bons hotéis econômicos, e dá para comer bem na cidade gastando pouco. No Mercado de Artesanato Paraibano, o viajante encontra produtos de qualidade a preços variados.

Ubatuba

O Hurb aponta ainda Ubatuba, em São Paulo, como um destino turístico barato. A capital do surfe tem mais de 100 praias, além de trilhas pela Mata Atlântica que levam a belas cachoeiras.

O local também abriga comunidades caiçaras, indígenas e quilombolas, o que proporciona uma imersão na cultura brasileira.

Cabo Frio

O quarto destino da lista é Cabo Frio, no Rio de Janeiro, vizinho de Arraial do Cabo e Búzios. Os preços por lá costumam ser mais atraentes que em outros balneários famosos do Brasil.

Em relação à hospedagem, a diária em uma pousada três estrelas, com café da manhã, fica em torno de R$ 130 na baixa temporada. Há opções de hostels ainda mais em conta. Além disso, Cabo Frio tem muitos restaurantes com pratos que não pesam no bolso.

Uma vez na região, é possível fazer um passeio diferente a preço baixo: o trajeto de ida e volta à Ilha do Japonês custa em torno de R$ 20 por pessoa.

Caldas Novas

Caldas Novas, em Goiás, é uma das maiores estâncias hidrotermais do mundo. O maior atrativo por lá são os parques aquáticos, mas há pontos turísticos mais econômicos, como o Lago Corumbá e o Parque Estadual da Serra de Caldas Novas, ambos ótimos para os amantes do ecoturismo. Este último tem entrada a R$ 10 por adulto.

A cidade tem um centrinho divertido, com opções de bares, restaurantes e lojinhas para comprar lembranças.

Curitiba

Curitiba, capital do Paraná, tem uma excelente infraestrutura hoteleira. Quem vai à cidade encontra diárias em bons hotéis três estrelas a partir de R$ 110.

Repleta de vilas gastronômicas, parques e praças, Curitiba oferece passeios para quem busca lugares instagramáveis, porém sem gastar muito, como o Jardim Botânico, com entrada gratuita.

Um bom investimento para o viajante que vai à cidade é pegar o ônibus da Linha de Turismo de Curitiba, cujo roteiro passa por 24 atrações. O tíquete com validade de 24 horas custa R$ 50.

Capitais dos estados brasileiros

Rio de Janeiro e São Paulo são algumas das cidades mais visitadas por turistas no País. Quem deseja sair desta ponte aérea e curtir outros lugares pode explorar as capitais dos estados brasileiros. No total, são 26 cidades, além do Distrito Federal. Confira todas aqui.