• Crédito: Swiss-Image.ch

    Matterhorn

  • Crédito: Swiss-Image.ch

    Matterhorn

  • Crédito: Swiss-Image.ch

    Zermatt

  • Crédito: Swiss-Image.ch

    Zermatt

3 DIAS EM ZERMATT


QUERIDINHA DOS BRASILEIROS DURANTE O INVERNO SUÍÇO, ZERMATT É FARTA EM CARTÕES-POSTAIS

1 º dia +

Mapa da sua rota

Zermatt

Centro

  • Explore o centrinho de Zermatt, que é pequeno e fácil de ser visitado em uma curta caminhada. Pare para ver o cemitério dos alpinistas, a bela catedral e o Matterhorn Museum, que conta a história da conquista do Matterhorn, expondo objetos de época, inclusive os equipamentos utilizados durante a primeira ascensão ao topo, em 1865.
  • Aproveite para visitar as muitas lojas de lembrancinhas e esportes das ruas principais e fazer paradas estratégicas nos gostosos cafés dali. Se for inverno, uma paradinha para um drink ou chocolate quente no adorável lounge externo do hotel Mont Cervin Palace é uma boa pedida. Um dos après-ski mais badalado é o do hotel Cervo, a poucos passos do centro.
  • A noite de Zermatt é uma criança na região conhecida como “Triângulo das Bermudas”, no coração do centro, que reúne bar, pub com música ao vivo (o ótimo GramPis) e disco.
* Todos os roteiros indicados foram visitados pela equipe de reportagem do Rota de Férias.
2 º dia +

Mapa da sua rota

Zermatt

Matterhorn Glacier Paradise

  • Reserve o segundo dia para subir ao Matterhorn Glacier Paradise, a montanha mais alta da região de esqui de verão dos Alpes e local mais alto da Europa alcançado por um teleférico (3.883 metros). A atração, aberta o ano todo e com acesso a um centro de esqui que funciona até o auge do verão, tem vista panorâmica dos Alpes suíços, italianos e franceses e seus glaciares e picos nevados. O local tem também um “Palácio de gelo”, museu esculpido literalmente sob uma geleira.
  • Na volta a Zermatt, aproveite para visitar o bairro histórico, que é tomado por lindas casas originais em madeira, construídas sobre palafitas para afastar os ratos e outros animais que vinham atrás dos alimentos estocados ali.
* Todos os roteiros indicados foram visitados pela equipe de reportagem do Rota de Férias.
3 º dia +

Mapa da sua rota

Zermatt

Gornergrat

  • Tome o trem que sobe a ferrovia de cremalheira até o Gornergrat, a 3.089 metros de altitude. Além do próprio percurso até o topo ser lindo, a vista lá do alto para o Matterhorn (bem em frente, desobstruído), o Monte Rosa e os glaciares alpinos é sensacional.
  • Junto do mirante, funcionam uma cafeteria e um restaurante, propícios para fazer uma refeição por ali mesmo, admirando a beleza do Matterhorn.
  • Se for temporada de inverno, é possível começar a encarar as pistas locais esquiando literalmente desde a saída da estação de trens. E vários passeios de snowshoeing (raquetes de neve) saem dali também.
  • Jantar em Zermatt é sempre um programão, já que a cidade conta com diversos restaurantes estrelados no Gault Millau e no Michelin.

Na hora de montar um roteiro para Zermatt, consulte também o site oficial de turismo da cidade.

* Todos os roteiros indicados foram visitados pela equipe de reportagem do Rota de Férias.

Serviços

Restaurantes+

Stafelalp (http://www.julen.ch/en/stafelalp/welcome/)

Literalmente nas montanhas, este restaurante em princípio simples ganhou uma ala luminosa e moderna, perfeita para o almoço, que lhe deu outra cara. O terraço conta com música ao vivo durante a primavera.

Walliserhof Grill (http://www.walliserhof-zermatt.ch/en/)

Tem cozinha internacional, sem abrir mão dos clássicos suíços. O salão, super aconchegante, tem pedras expostas e muita madeira. Ali, é possível ser surpreendido literalmente pedindo o "menu surpresa do chef". Durante o verão, abre também um adorável terraço para a rua principal.

1818 Zermatt (http://www.1818zermatt.ch/en)

O conceito original do antigo restaurante Heimberg, que contava com uma estrela Michelin, até continua presente. Mas o novíssimo restaurante está nascendo com mais charme e aconchego e ainda mais inovador.

Hotéis+

The Omnia (http://www.booking.com/hotel/ch/the-omnia.pt-br.html)

Este hotel vem ganhando anualmente o "Traveler's Choice" do Trip Advisor e diversas publicações internacionais. Localizado nas montanhas, conta com excelente serviço, ótimo restaurante e vistas incríveis para a cidade de Zermatt e os arredores.

Cervo (http://www.booking.com/hotel/ch/cervo-restaurant.en-gb.html)

Sem dúvidas, o hotel boutique mais charmoso de Zermatt. Com decoração alpina super aconchegante e ao mesmo tempo cheia de toques contemporâneos, está dividido em três chalés que compõem um total de 36 quartos. Tem excelente restaurante e o mais badalado après-ski durante o inverno na cidade.

Mont Cervin Palace (http://www.booking.com/hotel/ch/mont-cervin-palace.pt-br.html)

O hotel mais clássico da cidade tem também algumas das melhores vistas: de vários dos seus quartos é possível ver o Matterhorn bem em frente, desobstruído. Quartos super espaçosos e luxuosos, excelente serviço e restaurante estrelado no Michelin. A localização em pleno centro da cidade é perfeita para os passeios diurnos e as saídas noturnas – e tem ski lounge novinho em folha, completíssimo.

Dicas e curiosidades+

Trem panorâmico

Zermatt está conectada à cidade de St. Moritz por meio do Glacier Express. O trem, que se orgulha de ser "o trem expresso mais lento do mundo", faz a jornada entre as duas cidades em quase oito horas de viagem diurna. Tem imensas janelas panorâmicas que dão vista a picos nevados, lagos congelados, glaciares e outras lindezas da paisagem do itinerário, considerado uma das mais belas viagens em trem do mundo.

Eco-friendly

Em Zermatt, os carros são proibidos e só circulam pela cidade pequenos veículos elétricos que fazem o transporte de cargas, passageiros e malas. Mas nem precisaria, a cidade é mesmo gostosa de caminhar. Alguns hotéis oferecem também carruagens para o itinerário de seus hóspedes entre a estação de trens e a propriedade.

Cinema nas alturas

Fica em Zermatt o cinema mais alto da Europa, o Cinema Lounge, dentro do túnel Breithorn do Matterhorn, a nada menos que 3.883 metros de altitude.

Pistas com pedigree e festival de música

Inúmeras equipes nacionais de esqui treinam na cidade durante o verão (nos locais com neve perene) por causa da qualidade das pistas locais. Torneios de curling, campeonatos de tênis e golfe, copa de free riders e free stylers acontecem ao longo do ano na cidade. O evento mais concorrido é o festival de música Zermatt Unplugged, que ocorre em abril.

Booking.com