• Crédito: Shutterstock.com

    Vista aérea de Vitória

  • Crédito: Shutterstock.com

    Convento Nossa Senhora da Penha, em Vila Velha

  • Crédito: Divulgação

    Vitória e Vila Velha

  • Crédito: Divulgação

    Moqueca capixaba

3 DIAS EM VITÓRIA E VILA VELHA


UM ROTEIRO TEMPERADO A MOQUECA CAPIXABA E COM MUITA HISTÓRIA PARA CONTAR

1 º dia +

Mapa da sua rota

Vitória, Praia de Camburi e Praia do Canto

– Comece o passeio pela Praia de Camburi, a maior de Vitória. A região concentra grande parte dos hotéis e restaurantes da cidade. Caminhe pelo calçadão, sentido Curva da Jurema (o lado direito para quem estiver de frente para o mar).

– Pela orla é fácil encontrar quiosques que servem petiscos típicos de praia.

– Se você não resistir a um mergulho no mar, atenção: muitas vezes as águas de Camburi são consideradas impróprias para banho  – vale sempre olhar a classificação aqui.

– Ainda na mesma direção, você vai passar pelo encontro do Rio Santa Maria com o mar. Ali ficam estacionados pequenos barcos de pescadores locais. É um bom lugar para fotos.

– Termine o passeio caminhando até a Praça dos Namorados. Lá, você terá três ótimas opções: sentar-se em um dos bancos de frente para o mar, estender uma canga e curtir a praia – que é bem estreitinha – ou alugar uma prancha de stand up paddle para passear pelas águas calmas da praia.

– Aos finais de semana a praça recebe feiras de comidas e artesanato, então você pode encerrar o dia por ali mesmo. Mas se quiser fechar com chave de ouro, aproveite para caminhar até o bairro da Praia do Canto.

– Ao longo da Avenida Rio Branco, em um lugar apelidado como Triângulo das Bermudas, você vai encontrar muitos restaurantes e barzinhos.

* Todos os roteiros indicados foram visitados pela equipe de reportagem do Rota de Férias.
2 º dia +

Mapa da sua rota

Cidade Alta, Convento de São Francisco e Enseada do Suá

– Use a manhã para conhecer o centro de Vitória, também chamado de Cidade Alta. O passeio é intenso, cheio de subidas, descidas, ruas estreitas e muita história para contar. Portanto, sapato confortável nos pés e garrafinha de água na mochila.

– Durante o percurso você verá um bocado de prédios e igrejas das mais diferentes épocas e estilos. Comece pelo palácio Anchieta, edificação construída em 1570 pelo Padre José Anchieta que hoje é sede do poder executivo do Espírito Santo. O espaço abriga desde 1922 o túmulo simbólico do padre. A visitação é aberta ao público.

– Siga a caminhada até a Igreja de São Gonçalo. De lá, você terá que encarar uma subida um pouco mais puxada, rumo ao Convento São Francisco. O prédio começou a ser erguido em 1591 e teve diversas funções. No início, recebeu a Terceira Ordem dos Franciscanos. Depois, funcionou como escola e enfermaria e, finalmente, como orfanato. Da construção original, hoje é possível ver a fachada, a torre de sino e as muralhas.

– De lá, desça para a Capela de Santa Luzia. Apesar de a construção ser simples, a visita é válida, já que o prédio foi erguido em 1537 e segue bem preservado, história pura.

– Por fim, você chegará à Catedral Metropolitana de Vitória. A construção do prédio começou em 1920 e terminou 50 anos depois. Hoje, a catedral é tombada pelo Conselho Estadual de Cultura.

– Depois de uma manhã de subidas e descidas, chegou a hora de relaxar na linda Enseada do Suá, para onde você terá que ir de carro ou transporte público. Ali você vai encontrar bons restaurantes com vista para o mar e para o Convento da Penha.

– Depois de comer e descansar, caminhe até um dos centros de visita do Projeto Tamar. No espaço é possível ver diferentes tipos de tartarugas (sempre em tratamento ou recebendo cuidados especiais). Os visitantes podem ver os animais, mas não tocar. Além disso, o local oferece uma das melhores vistas para Vila Velha (mas, de novo, é preciso encarar uma pequena subida para conseguir as melhores paisagens).

– Termine o dia puxado curtindo um fim de praia na Curva da Jurema. Você pode escolher um dos restaurantes ou quiosques da região. O Bar de Cima, por exemplo, tem uma vista linda do mar.

* Todos os roteiros indicados foram visitados pela equipe de reportagem do Rota de Férias.
3 º dia +

Mapa da sua rota

Vila Velha

– Vila Velha, a antiga capital da capitania do Espírito Santo, é um ótimo destino para quem curte praias e vistas deslumbrantes. A travessia de Vitória para lá pode ser feita por meio da Terceira Ponte, construção imensa que oferece uma vista incrível das duas cidades (não é permitido atravessar a ponte a pé).

– A melhor pedida em Vila Velha é curtir as praias. O trajeto vai depender do seu estilo de turista: dá para escolher apenas um dos lugares para passar o dia descansando ou bater perna explorando as diversas faixas de areia.

– A Praia da Costa é a mais movimentada e uma das que mais recebem turistas. Lá você pode começar bem o dia com um café da manhã completo, ou então um cafezinho preto coado à moda antiga, no Mezanino Café.

– De lá você pode caminhar para a Praia da Sereia, que tem um mar tranquilo, ótimo para crianças e para quem não é fã de ondas.

– Do outro lado da costa você alcança a Beverly Hills. Não, não erramos o roteiro. A Praia de Beverly Hills é também uma das mais badaladas, cheia de espaços para praticar esportes e uma longa faixa de areia para curtir o sol.

– Se você ainda tiver pique, pode seguir andando até a Praia de Itapoã. Ali você vai encontrar um clima mais tranquilo, com barcos de pescadores parados pelas areias.

– Já no fim da tarde, vá para o Convento Nossa Senhora da Penha. Trata-se de um local de peregrinação, mas não importa a religião: todos costumam curtir o passeio.

– A subida, mais uma vez, é pesada, mas vale a vista – o caminho é cercado por árvores nativas. Se você não está no grupo dos adeptos da caminhada, ou já está cansado depois de tanta andança, também é possível subir de van.

– A vista de lá de cima é espetacular. E depois ainda é possível subir mais alguns degraus e ter vistas cada vez mais deslumbrantes de diferentes pontos da região, como as serras que cercam Vitória.

* Todos os roteiros indicados foram visitados pela equipe de reportagem do Rota de Férias.

Serviços

Restaurantes+

Pirão (http://www.piraovitoria.com.br/)

Localizado na região do Triângulo das Bermudas, este é um dos bons restaurantes de Vitória que preparam a típica moqueca capixaba, além de servir ótimos petiscos de frutos do mar.

Papaguth (http://www.papaguth.com.br/)

Fica na Enseada do Suá, oferece uma linda vista e serve pratos típicos da culinária capixaba, quase todos eles baseados em frutos do mar.

Coco Bambu Vila Velha (https://www.facebook.com/cocobambuvv/)

Aqui os pratos costumam ser muito bem servidos, podendo deixar um grupo de três ou até quatro pessoas satisfeitas.

Empada da Caixinha (https://www.facebook.com/SantaEmpadaGourmet/)

Fica no bairro de Itapuã, em Vila Velha, e serve deliciosas empadinhas e bons sucos naturais. É ótimo para recarregar as energias.

Hotéis+

Sheraton Vitória (http://www.booking.com/hotel/br/vitoria-hotel.pt-br.html)

Apesar das instalações um pouco antigas, o hotel oferece uma bela vista da capital do Espírito Santo e oferece bom atendimento.

Sleep In Vitória (http://www.booking.com/hotel/br/sleep-inn-praia-do-canto.pt-br.html)

Com boa localização, tem ótima relação custo-benefício. As acomodações são simples, mais confortáveis, e o café da manhã é gostoso.

Quality Suites Vila Velha (http://www.booking.com/hotel/br/quality-suites-vila-velha.pt-br.html)

Fica bem localizado, na Praia da Costa, próximo a lojas e restaurantes. O café da manhã é farto, e o atendimento, cordial.

Dicas e curiosidades+

Meio Rio, meio Bahia

O litoral capixaba fica entre Rio de Janeiro e Bahia. Dessa forma, tanto Vitória quanto Vila Velha formam uma linda mistura desses dois Estados. O clima nas cidades costuma ser bastante ameno ao longo do ano e esquenta para valer durante o verão.

Moqueca capixaba

A moqueca baiana é mais famosa no Brasil, mas a capixaba tem um toque especial. Mais leve, a receita usa muitos frutos do mar, tomates, óleo de urucum e caldo de peixe, entre outras iguarias. Você não irá se arrepender de experimentar, pois é uma delícia.

Booking.com