• Crédito: Shutterstock.com

    Cidade Antiga de Split

  • Crédito: Visualhunt.com

    Litoral

  • Crédito: Shutterstock.com

    Split

  • Crédito: Shutterstock.com

    Split

2 DIAS EM SPLIT


CONHEÇA A SEGUNDA MAIOR CIDADE DO PAÍS EM VIAGEM PARA A CROÁCIA. SPLIT COSTUMA SER PONTO DE PARTIDA PARA ILHAS DOS SONHOS

1 º dia +

Mapa da sua rota

Viagem para a Croácia – Split Histórica

— A cidade antiga de Split se confunde com o palácio romano de Diocleciano, o mais notável entre os imperadores da Dalmácia durante o Império Romano. Seu palácio de mais de 31 mil metros quadrados, hoje parte incorporado à cidade e parte aberto à visitação, foi construído com pedras da ilha de Brac, que pode ser vista do litoral de Split. Diocleciano também mandou trazer esfinges do Egito — uma delas ainda pode ser vista. Para descobrir a história desse monumento, reserve ao menos duas horas.

— Descubra a cidade antiga de Split, de ruelas tortuosas, sorveterias e lojinhas de suvenir vendendo produtos de lavanda. Não deixe de ver a catedral da cidade, construída como mausoléu para Diocleciano; e a sinagoga do século 16, a terceira mais antiga na Europa ainda em uso.

— Se o calor estiver forte corra para uma das praias de Split. A Bacvice tem cara de clube: cimentada e pontilhada de guarda-sóis, tem águas calmas e transparentes, com boa infraestrutura para quem quer só por os pés para cima. Essa região é badaladíssima também durante à noite no verão.

— Outra opção é subir o Monte Marjan para ter uma bela vista da cidade — se estiver muito quente, a caminhada fica pesada — e depois ir direto para uma das praias de pedrinhas ao pé do monte, como a Bene e Jezinac, que também têm guarda-sóis, bares e duchas.

* Todos os roteiros indicados foram visitados pela equipe de reportagem do Rota de Férias.
2 º dia +

Mapa da sua rota

Viagem para a Croácia – Hvar e suas ilhas

— Split tem um dos principais portos da Croácia — é acessível e fácil embarcar numa das inúmeras balsas para descobrir paisagens belas e selvagens. As ilhas de Hvar e Brac são as mais populares. Compre um bilhete saindo cedo para curtir o dia, sabendo que ambas ilhas são opções de hospedagem que podem render mais dias no seu roteiro croata.

— Até Hvar, a balsa leva cerca de uma hora. Reserve ao menos duas horas para explorar a cidade antiga, pequena e repleta de palácios e monumentos góticos.

— Em Hvar, caminhe até o Monastério e Catedral dos franciscanos, no topo de uma colina. Além da arquitetura impressionante e da vista, outra atração ali é a tela retratando a Última Ceia, com 8 metros de extensão, do pintor veneziano Matteo Ingoli.

— De Hvar, muitos pegam ainda outra balsa ou barco até as ilhas Pakleni. São só 15 minutos até Jerolim e Stipanska, que têm áreas dedicadas a naturistas. Mesmo em alta temporada, é possível achar um cantinho de rocha em Jerolim onde se tem a impressão de estar sozinho na ilha.

— Na volta para Hvar, anime-se a conhecer os badalados clubes da ilha, que ganhou fama como destino de verão da juventude europeia.

Na hora de montar um roteiro de viagem para a Croácia, consulte também o site oficial de turismo da cidade.

ROTEIROS E ASSUNTOS RELACIONADOS

* Todos os roteiros indicados foram visitados pela equipe de reportagem do Rota de Férias.

Serviços

Restaurantes+

Konoba Hvaranin (https://www.google.com.br/maps/place/Konoba+Hvaranin/@43.509279,16.43523,15z/data=!4m2!3m1!1s0x0:0x2dccacf0d190c6?sa=X&ved=0ahUKEwjU7YqQzs_JAhWEQ5AKHegJBOwQ_BIIfDAK)

Restaurante familiar, pequeno, ideal para quem quer provar pratos ao estilo local como o cozido de peixe e o risoto branco com mexilhões.

Apetit (http://apetit-split.hr/)

Na cidade antiga, próximo ao Palácio de Diocleciano, este restaurante serve ótima comida mediterrânea num menu com diversas opções de massas, risotos, frutos do mar e carnes.

Giaxa (http://giaxa.com)

Instalado num antigo palácio, com pratos frescos de frutos do mar em receitas croatas e internacionais. Em Hvar.

Hotéis+

Palace Judita Heritage Hotel (http://www.booking.com/hotel/hr/palace-luxury-judita-suits.pt-br.html)

No centro antigo, dentro de um palácio renovado, este hotel butique tem só cinco charmosos quartos, logo, é preciso reservar com antecedência em alta temporada.

Radisson Blu Split (http://www.booking.com/hotel/hr/radisson-blu-resort-split.pt-br.html)

Próximo do centro antigo e das praias, este hotel oferece todas as comodidades das grandes redes de luxo em Split.

Hotel Adriana (http://www.booking.com/hotel/hr/adriana-hvar-marina-and-spa.pt-br.html)

Na esplanada à beira-mar de Split, perto do palácio diocleciano, oferece quartos básicos e bom serviço a preços acessíveis.

Dicas e Curiosidades+

Hospedagem

Como a cidade antiga de Split é mais espalhada que a de Dubrovnik, até vale se hospedar nessa região. Uma segunda opção é Bacvice. Não vale a pena ficar longe do centro.

Outra ilha

Também leva uma hora de Split até Brac — lá, a principal cidade é a simpática Bol e a principal atração é a praia de Zlatni Rat, especial pelo trecho de areia que forma um chifre adentrando o mar. A praia foi apelidada de Cabo Dourado.

Booking.com