• Crédito: Shutterstock.com

    Mostar, capital da Herzegovina

  • Crédito: Shutterstock.com

    Mostar

  • Crédito: visualhunt.com

    Museu do Túnel

  • Crédito: Shutterstock.com

    Sarajevo

3 DIAS EM SARAJEVO E MOSTAR


CAPITAL DA BÓSNIA E HERZEGOVINA E VIZINHA TÊM LINDAS PAISAGENS E MUITO A MOSTRAR

1 º dia +

Mapa da sua rota

O que fazer em Sarajevo e Mostar

Sarajevo central

  • As margens do Rio Miljacka são o melhor ponto de partida em Sarajevo: das pontes que cortam o rio aos grandiosos prédios de diferentes estilos e épocas, nenhum outro trecho da cidade demonstra melhor a bagagem histórica da cidade do que este. Comece pela Biblioteca Nacional, cujo prédio em estilo neomourisco, com fachada listrada nas cores amarelo e terra, foi reinaugurado em 2014.
  • Siga o rio até a Ponte Latina, construção de pedra em três arcos do século 16, período bósnio no Império Otomano. A bela ponte marca uma tragédia: foi assassinado ali o arquiduque Francisco Ferdinando, herdeiro do Império Austro-Húngaro, em 1914 — episódio-chave do início da Primeira Guerra Mundial.
  • Aproveite para visitar, em frente à ponte, o museu Sarajevo 1878-1918, que exibe uma exposição permanente sobre o período em que a cidade esteve sob o domínio do Império Austro-Húngaro.
  • Seguindo adiante no rio, mais monumentos desse período podem ser clicados na beira-rio, como o prédio da Academia de Artes (que parece uma versão menor do parlamento de Budapeste, com a graça de uma moderna ponte à frente).
  • Continue o seu passeio pela história de Sarajevo no Museu de História da Bósnia e Herzegovina, que se concentra principalmente na Guerra da Bósnia (1992-1995), mostrando como a cidade sobreviveu ao cerco do exército iugoslavo por três anos.
  • Logo atrás do museu está o Café Tito, que guarda relíquias do período em que a Bósnia esteve sob o domínio de Josip Broz Tito, líder da Iugoslávia comunista de 1939 a 1980. O jardim do café guarda tanques de guerra originais da época.
* Todos os roteiros indicados foram visitados pela equipe de reportagem do Rota de Férias.
2 º dia +

Mapa da sua rota

O que fazer em Sarajevo e Mostar

Sarajevo de guerra

  • Contrate um tour para visitar pontos relacionados à Guerra da Bósnia. A parada obrigatória é o Museu do Túnel. No quintal de uma casa de família, os bósnios cavaram um túnel de 800 metros por baixo da pista do aeroporto até o território livre. Milhares passaram ali na guerra, em meio a cabos de energia, às vezes com água até as canelas. Cerca de 20 metros do túnel foram preservados e casa se tornou um pequeno museu.
  • Os tours também param na pista de bobsleigh, construída para as Olimpíadas de Inverno de 1984, um evento de que muitos bósnios gostam de recordar. A pista hoje é um destroço de concreto pichado em meio à mata, onde até hoje há minas terrestres. Os buracos na pista mostram os locais usados pelos atiradores sérvios para atingir a população de Sarajevo.
  • As Olimpíadas de Inverno voltam ao assunto na visita ao estádio Olímpico, construção simples que já passou por diversas reformas e, além de jogos de futebol, recebeu as visitas dos Papas João Paulo II e Francisco.
  • Um dos pontos mais trágicos dos tours que recontam a Guerra da Bósnia é, no centro, a Ulica Zmaja od Bosne, apelidada de Ruela dos Atiradores, pois, geograficamente ficava vulnerável ao cerco dos sérvios.
  • A via está próxima do antigo hotel Holiday Inn (hoje Olympic Hotel Holiday Sarajevo), memorável por ter abrigado a imprensa, ainda que em estado precário, durante a Guerra da Bósnia.
  • Os passeios costumam terminar no bairro turco Bascarsija, onde há dezenas de lojinhas e cafés para se passar o tempo. Prove além do café típico,  o cevapi — uma espécie de kafta servida em pão sírio com cebola picada.
  • Reserve algumas horas para conhecer as mesquitas do bairro e o mercado que simula o Grand Bazaar de Istambul em menores proporções. A Praça dos Pombos é marcada por uma bela fonte que dizem dar boa sorte aos que pretendem voltar a Sarajevo.
  • Retorne ao centro pela rua Ferhadija, pontilhada de bares e restaurantes, para descobrir a vida noturna de Sarajevo. No final desta via, uma lembrança de outro conflito, a Segunda Guerra Mundial: o monumento da chama eterna marca o fim dos quatro anos da ocupação nazista na cidade.
* Todos os roteiros indicados foram visitados pela equipe de reportagem do Rota de Férias.
3 º dia +

Mapa da sua rota

O que fazer em Sarajevo e Mostar

Tour até Mostar e o templo de Medjugorje

  • A capital da Herzegovina, Mostar, fica a duas horas de Sarajevo e costuma ser visitada em tours diários desde a capital do país. Alguns tours ainda param em Medjugorje, ponto de peregrinação católico próximo de Mostar. Saia cedo de Sarajevo e curta a paisagem montanhosa cortada por rios verde-turquesa.
  • Mostar também foi ocupada durante as guerras de independência da Iugoslávia. O maior símbolo da cidade, a Ponte Velha (Stari Most), original do século XVI, caiu durante um ataque em 1993. Reconstruída em 2004 e já tombada como patrimônio da humanidade pela Unesco, a ponte hoje é o principal cartão-postal de Mostar.
  • A área ao redor da ponte também passou por um processo de revitalização no pós-guerra. Passeie pelo centro histórico de Mostar atento à multiplicidade religiosa da cidade, que abriga sinagoga, mesquita, catedral católica e igreja ortodoxa.
  • A cerca de 40 minutos de Mostar, descubra o santuário da Virgem Maria na vila de Medjugorje se tornou um dos principais pontos de peregrinação dos católicos na Europa junto de Lourdes, na França; e Fátima, em Portugal. As aparições da Virgem teriam começado a ocorrer na década de 1980 a um grupo de crianças de uma família de lavradores. Outras aparições se seguiram na região, que já recebeu milhões de peregrinos embora não seja reconhecida pelo Vaticano.

Na hora de montar um roteiro visite também os sites oficiais de turismo de Sarajevo e Mostar.

* Todos os roteiros indicados foram visitados pela equipe de reportagem do Rota de Férias.

Serviços

Restaurantes+

Cevabdzinica Zeljo (https://www.google.com.br/maps/place/%C5%BDeljo/@43.8586236,18.4297934,15z/data=!4m2!3m1!1s0x0:0xb07fe0b1352c41a2?sa=X&ved=0ahUKEwjKqYWwzM_JAhVIEZAKHb5zCC8Q_BIIhwEwDw)

Embora se encontre cevapi em todo canto nos Bálcãs, o de Sarajevo é considerado o melhor por unanimidade. E o do Zeljo, em Bascarsija, é o melhor de Sarajevo. O lugar vive cheio, mas serve rápido seus clientes porções com uma espécie de kafta de carne bovina e de carneiro, dentro do pão somun com cebola. Zeljo, aliás, é o nome de um time de futebol local.

To be or not to be (https://www.google.com.br/maps/place/To+Be/@43.8590307,18.4296285,15z/data=!4m2!3m1!1s0x0:0xc7a234e955633cf9)

Em Bascarsija, este simpático restaurante de menu longo e serviço vagarososo (o que costuma ser regra em Sarajevo) serve deliciosas receitas locais como o bife em molho branco de pimenta a preços acessíveis.

Inat kuća (http://inatkuca.ba/)

Em uma casa histórica, à beira do rio e quase em frente ao prédio da Biblioteca Nacional, este restaurante serve pratos como o cevapi e um tipo de cozido do país.

Hotéis+

City Boutique Hotel (http://www.booking.com/hotel/ba/city-boutique.pt-br.html?aid=356986;label=gog235jc-hotel-XX-ba-cityNboutique-unspec-br-com-L%3Axb-O%3AwindowsS7-B%3Achrome-N%3AXX-S%3Abo-U%3AXX;sid=d582239a792827e915ee236b860c2943;dist=0&sb_price_type=total&type=total&)

Quartos com design contemporâneo perto do Teatro Nacional, no Centro.

Isa Begov Hamam Hotel (http://www.booking.com/hotel/ba/isa-begov-hamam.pt-br.html?aid=356986;label=gog235jc-hotel-XX-ba-isaNbegovNhamam-unspec-br-com-L%3Axb-O%3AwindowsS7-B%3Achrome-N%3AXX-S%3Abo-U%3AXX;sid=d582239a792827e915ee236b860c2943;dist=0&sb_price_type=total&type=total&)

Luxuoso hotel a 100 metros da Ponte Latina, com decoração de inspiração otomana, inclui o uso hamman (sauna turca) gratuitamente. O hamman do hotel fica no mesmo local dos antigos banhos turcos do final do século.

Residence Inn by Marriott Sarajevo (http://www.booking.com/hotel/ba/residence-inn-by-marriott-sarajevo.pt-br.html?aid=356986;label=gog235jc-hotel-XX-ba-residenceNinnNbyNmarriottNsarajevo-unspec-br-com-L%3Axb-O%3AwindowsS7-B%3Achrome-N%3AXX-S%3Abo-U%3AXX;sid=d582239a792827e915ee236b860c2943;dist=0&sb_price_type=total&type=total&)

Para curtas e longas estadias em Sarajevo, o Residence Inn da rede Marriott oferece o conforto de uma rede internacional em um prédio em área central.

Dicas e Curiosidades+

O festival

Uma das maiores mostras de cinema no Leste da Europa, o festival de Sarajevo movimenta a cidade e lota os hotéis. Todos os filmes têm legendas em inglês. Vale a pena estar lá durante o festival, mas garanta sua acomodação com antecedência.

Recordações da guerra

A Guerra da Bósnia acabou em 1995, mas sinais do conflito ainda marcam os muros de muitos prédios em Sarajevo, que ficou sitiada por três anos. Vale a pena contratar um tour que leva às áreas relacionadas à guerra, uma vez que na maior parte dos pontos não há contextualização dos eventos históricos. Também porque alguns lugares, como o Museu do Túnel e a pista de bobsleigh, ficam distantes do centro.

No verão

Vale reservar mais do que um tour diário por Mostar para ter tempo de explorar as cataratas de Kravice, a 40 quilômetros da cidade; e outras cachoeiras nos arredores. Não é tão fácil se orientar nas estradas bósnias, portanto, considere contratar um tour.

Booking.com