• Crédito: Shutterstock.com

    Dubrovnik

  • Crédito: Shutterstock.com

    Dubrovnik

  • Crédito: Shutterstock.com

    Cidade Velha

  • Crédito: Shutterstock.com

    Vista de Dubrovnik

3 DIAS EM DUBROVNIK


DESCUBRA ESSA CIDADE AMURALHADA LINDA DE MORRER E CERCADA PELO MAR ADRIÁTICO NA CROÁCIA

1 º dia +

Mapa da sua rota

O que fazer em Dubrovnik, na Croácia

Dubrovnik medieval

  • Já que existem tão poucas muralhas completas na Europa, aproveite para fazer esse programa obrigatório em Dubrovnik. De manhã cedo e ao fim da tarde são os horários mais vazios, e assim também é possível já se situar na cidade. Uma das entradas fica logo depois do portão Pile, diante uma ponte levadiça. Entre e saia por ela.
  • Após clicar todos os pontos mais belos de Dubrovnik do alto, desça para ver de perto o calçadão de mármore polido na cidade antiga e os palácios em estado de conservação inacreditável. Compre um gelatto italiano em uma das várias sorveterias para lhe acompanhar no passeio.
  • Ainda na cidade antiga, retorne ao portão Pile — perto dele, visite o museu do monastério franciscano cuja construção data do século 14. O ponto alto do prédio são os dois claustros, um estilo renascentista e outro em estilo romanesco e gótico.
  • Pelo museu também se tem acesso à antiga farmácia — de acordo com registros históricos, em funcionamento há mais de sete séculos.
  • Procure um café ou restaurante perto de um dos píeres da cidade antiga para ver o pôr do sol no Adriático.
* Todos os roteiros indicados foram visitados pela equipe de reportagem do Rota de Férias.
2 º dia +

Mapa da sua rota

O que fazer em Dubrovnik, na Croácia

Sossego na ilha de Lokrum

  • No verão, há balsas a cada meia hora saindo do porto da cidade antiga para uma ilha coberta de pinheiros, azinheiras e oliveiras, repleta de prainhas onde é fácil ter a impressão de que se está só na ilha. Só cuidado para não perder o horário do último barco: não há acomodações por ali.
  • O ponto principal da ilha são as ruínas do monastério beneditino, construído em partes do século 11 ao 15. Reza a lenda que, quando os monges foram obrigados a deixar Lokrum por ordem de um general francês, amaldiçoaram a ilha — não faltam histórias trágicas relacionadas a Lokrum, e a sangrenta série “Game of Thrones” já usou as ruínas como cenário.
  • Outro ponto popular em Lokrum é a lagoa salgada batizada de Mar Morto. Como algumas das praias ao redor da ilha têm ondas e correnteza forte, o tal Mar Morto é um bom ponto para nadar.
  • No século 19, um arquiduque austríaco comprou a ilha e importou para lá os únicos habitantes de Lokrum: cerca de 150 pavões. O nobre também instalou um jardim botânico com mais de 500 espécies, e cerca de 200 tipos de suculentas que vivem numa estufa.
  • Depois de passar pelos pontos principais da ilha, escolha uma pedra para chamar de sua (não há praias de areia na ilha) e curta o sol do verão. Há uma praia de nudismo em Lokrum também, a quem quiser se livrar das marcas de bronzeado.
* Todos os roteiros indicados foram visitados pela equipe de reportagem do Rota de Férias.
3 º dia +

Mapa da sua rota

O que fazer em Dubrovnik, na Croácia

Lapad e suas prainhas

  • Nos últimos anos, com a recente popularidade de Dubrovnik, a península de Babin Kuk, especialmente o bairro de Lapad, começou a crescer na preferência dos turistas por que é pertinho do centro, com suas próprias praias e calçadão que lembra os balneários brasileiros. Uma trilha cercada de verde leva de praia em praia, todas de pedrinhas.
  • Escolha seu cantinho mas não deixe de conhecer a Copacabana croata. A praia é uma das mais movimentadas da região, dá vista para a ponte pênsil da cidade e também para a ilha de Daksa.
  • No fim de tarde, o calçadão de Lapad — Šetalište kralja Zvonimira —, repleto de restaurantes e lojinhas fica repleto de turistas. Caminhe até o final para encontrar o bar de vinhos More, parte dentro de uma caverna e parte ao ar livre.

Na hora de montar um roteiro em Dubrovnik, consulte também o site oficial de turismo da cidade.

ROTEIROS E ASSUNTOS RELACIONADOS

* Todos os roteiros indicados foram visitados pela equipe de reportagem do Rota de Férias.

Serviços

Restaurantes+

Lokanda Peskarija (http://www.mea-culpa.hr/old-town-dubrovnik-restauran-lokanda)

Em frente a uma das torres de defesa da muralha e de um dos deques da cidade antiga, este restaurante de localização privilegiada cobra caro, para os padrões croatas, por seus pratos de frutos do mar — mas vale a pena cada centavo pelas ostras, mexilhões, camarões e lulas recheadas.

Konoba Ribar (http://www.konoba-ribar.com/)

Restaurante familiar, na cidade antiga, servindo comida balcânica — o que inclui uma boa dose de frutos do mar.

Levanat (http://www.restaurant-levanat.com/)

Depois do calçadão no centrinho de Lapad, este inovador restaurante de frutos do mar fica no topo de uma colina num ambiente sossegado com uma vista belíssima da cidade.

Hotéis+

Hotel Sumratin (http://www.booking.com/hotel/hr/sumratin.en-gb.html?aid=356986;label=gog235jc-hotel-XX-hr-sumratin-unspec-br-com-L%3Aen-O%3AwindowsS7-B%3Achrome-N%3AXX-S%3Abo-U%3AXX;sid=d582239a792827e915ee236b860c2943;dist=0&sb_price_type=total&type=total&)

Em Lapad, hotel confortável, espaçoso e com vista para a praia.

Valamar Dubrovnik President Hotel (http://www.booking.com/hotel/hr/dubrovnikpresident.pt-br.html)

Cinco-estrelas com piscina em frente à praia, todo reformado em 2014, na ponta da península de Babin Kuk.

Hotel Stari Grad (http://www.booking.com/hotel/hr/stari-grad.pt-br.html)

Uma boa opção na cidade antiga, perto do portão principal e com uma vista incrível da região. Só tem oito quartos (sendo metade de solteiro), portanto, é necessário reservar com antecedência.

Dicas e curiosidades+

Hospedagem

Hospedar-se na Cidade Antiga de Dubrovnik nem sempre vale a pena: os prédios antigos costumam ter quartos apertados, sem contar que as melhores praias estão mais distantes dali. A região de Lapad, na península de Babin Kuk, fica perto dali e também tem bons restaurantes e hotéis.

Fanáticos por séries

Lokrum e outras áreas de Dubrovnik foram usadas como cenário para "Game of Thrones". Não faltam opções de tours para os fanáticos pela série.

Booking.com